1º Festival de Canto e Dança do Projeto Crescer
Casa do Bom Menino de Arapongas

Luis Claudio, Gestor do Londrina Pazeando esteve presente ao evento, e levou para direção da Casa do Bom Menino de Arapongas o “Jogo Trilha da Paz”

Marisa Bazana, Paulo Pennacchi , Maria Cleide Zanin Pennacch , Luis Claudio Galhardi

FONTE: http://projetocrescerarapongas.org.br/sitebm/noticia.php?id=153&fbclid=IwAR28MrrDssz1pV505ooDrYeAnibF9zUG5ooQPuYaYpjCNMUAFhcH9fiCgB4

CULTURA: Festival de canto e dança do projeto crescer surpreende pela alta qualidade   

Um túnel do tempo, proporcionando uma longa viagem através da música e da dança. Assim pode ser definido o I Festival de Canto e Dança do Projeto Crescer, que lotou o Cine Teatro Mauá na noite desta terça-feira (02). Cantando e dançando, alunos do Projeto Crescer reconstituíram a trajetória da música no Brasil desde os anos 60, num trabalho meticuloso que teve à frente as professoras de canto e coral, Caroline Leal Leite e Cíntia de Oliveira, e a professora de Dança, Barbara Ferreira. A qualidade do espetáculo surpreendeu o público, que aplaudiu de pé.

“Mais uma vez, ficou demonstrado que nossas crianças e jovens têm um potencial extraordinário e que precisam apenas de incentivo e de oportunidade para demonstrar isso”, afirmou o empresário Paulo Pennacchi, presidente da Casa do Bom Menino de Arapongas. Ele fez a abertura do evento, tendo ao lado a esposa Maria Cleide Zanin Pennacchi, que atua como conselheira no Projeto. A dedicação dos alunos, a colaboração dos pais, a orientação atenta dos professores, tudo resultou num esforço conjunto que foi destacado pela diretora Marisa Bazana. Ela também lembrou o envolvimento de toda a equipe do Projeto Crescer. “Temos certeza de que esta é a primeira edição de um festival que vai se repetir muitas outras vezes”, afirmou.

O evento foi realizado pelo Ministério da Cidadania e Casa do Bom Menino, com patrocínio da Lei Rouanet. Desde 2005, mais de três mil meninos e meninas do 6º ao 9º ano já receberam assistência social e educação integrada através do Projeto Crescer. São crianças e adolescentes de famílias com renda mensal de até três salários mínimos. O Projeto Crescer I atende na Casa do Bom Menino e em 2009 foi criado o Projeto Crescer II, atendendo também na Unopar. Só em 2018, o Projeto Crescer atendeu 607 meninos e meninas, com oficinas pedagógicas (Português, Matemática, Cidadania, Informática, Tarefa, Educação Física e Treino Neurocognitivo) e oficinas culturais (Canto, Coral, Capoeira, Culinária, Dança, Flauta Doce, Teatro e Fanfarra), tudo gratuitamente.

São patrocinadoras, através da Lei Rouanet, as empresas Nortox, Pennacchi, Dori Alimentos, Copel, Fast Gôndolas & Check-outs, Ariam Equipamentos, Diefs – Irmãos Avelino, Bid Food Mariusso, Romera, Madetec, Nicioli, Moval, Peccin, Linea Brasil, Expoara, Araplac, FoBras, Reckitt Benckiser, Faber Castel, Codap Brasil, Roma, Eurofral, Mutirão Petróleo, Lubridiesel Petróleo, Pomiagro, Integra, Bic, Harald, Regina, La Serenissima, Eletrofrio, SuperG, Nadir Figueiredo, Verona Supermercados, Moinho Arapongas, Kit’s Paraná, DJ Móveis, Demóbile, Vale das Acácias, Auto Arapongas, Elejor, Aramóveis, Genious Pneus, Cinagawa, Certano, PC Informática, Qualicôco, Açucareira Energy, Niely Cosméticos, Central Ofertão, Molicenter Supermercados, Val, Eficiência Seguros, DKT International, Dr. Geraldo Salomão, Tenda Atacado e Beal Festval.