17° Coletânea – Livro Pazeando 2019

VEJA O LIVRO LONDRINA PAZEANDO 2019 (clique aqui)

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é logo_arma_compaz_pazeando_ods_2016-1-1024x173.jpg
17° Coletânea – Livro Pazeando 2019

Publicado 22/janeiro/2019

17°COLETÂNEA
LONDRINA PAZEANDO 2019

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Word_logo-1024x1005.png

Ficha de Inscrição no Word do Livro 2019

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é icon_pdf.jpg

Regulamento completo para impressão em PDF

19° Semana Municipal da Paz de Londrina.

“Nossa Proposta para Pazearmos na Comunidade Escolar”
(Práticas e Justiça Restaurativa /ODS 16)

Significado do verbo Pazear: Estabelecer paz ou harmonia

1-APRESENTAÇÃO

Seguindo os ODS – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável do Milênio propostos pela ONU (Organização das Nações Unidas), a publicação do Livro Londrina Pazeando tem como objetivo provocar reflexões sobre a importância da Construção de uma Cultura de Paz e promover ações que possam contribuir para o estabelecimento da não-violência na sociedade, construindo assim, uma nova geração de cidadãos pacifistas.

          O livro composto por uma coletânea de textos e desenhos é sistematizado anualmente e contempla alunos da Educação Básica da rede pública municipal e estadual e da rede privada de ensino, bem como, professores e pais ou responsáveis pelos educandos.

           Pautados nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 2015-2032 e na Lei Municipal nº 12.467, de 6 de dezembro de 2016, que cria o Programa Municipal de Práticas Restaurativas no município de Londrina, no ano de 2019 trabalharemos com o tema:

“Nossa Proposta para Pazearmos na Comunidade Escolar” (Práticas e Justiça Restaurativa).

2– REGULAMENTO DO LIVRO LONDRINA PAZEANDO

2.1-Tema: “Nossa Proposta para Pazearmos na Comunidade Escolar”.

2.2– Formatos dos Livros: LIVRO PAZEANDO VIRTUAL e LIVRO PAZEANDO IMPRESSO

2.3– Composição do Livro Pazeando: O Livro Pazeando será composto por 95 trabalhos, sendo:

– 30 melhores TEXTOS DE ALUNOS (10 estaduais, 10 municipais e 10 particulares)

– 30 melhores DESENHOS DE ALUNOS (10 estaduais, 10 municipais e 10 particulares)

– 5 melhores DESENHOS DE ALUNOS Centros de Educação Infantil e Educação de Jovens e Adultos Municipais

– 15 melhores TEXTOS DE PAIS (5 estaduais, 5 municipais e 5 particulares),

– 15 melhores TEXTOS DE PROFESSORES (5 estaduais, 5 municipais e  5 particulares)

– +10 melhores RELATOS DE EXPERIÊNCIA.

2.4– Quantidade de Trabalhos por Escola: cada escola poderá encaminhar, dentre os trabalhos realizados e selecionados, somente:

– 01 texto de alunos de Ensino Fundamental ou Médio

– 01 desenho de alunos de Ensino Fundamental ou Médio

– 01 texto de professor

– 01 texto de pai ou responsável

– 01 texto relato de desenvolvimento da proposta

2.4.1– A escola NÃO poderá entregar um texto e um desenho do mesmo aluno em duas equipes. Ou seja, um aluno não poderá participar em duas equipes, no caso, uma de texto e uma de desenho.

2.5– Produção do trabalho: como primeira etapa do trabalho, propõe-se um estudo dialético do tema e posteriormente a produção de desenhos e de textos que apontem alternativas às três dimensões da Paz: Paz Ambiental, Paz Social e Paz Interior. É muito importante que os 17 ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) do Planeta Terra com metas até 2032 propostos pela ONU sejam apresentados aos alunos. Sugere-se trabalhar em sala de aula com a temática desde o início do ano, sistematizando as atividades de acordo com os critérios de cada escola. Para facilitar esta abordagem, segue texto de fundamentação com informações no final deste regulamento.

2.6-Textos e Desenhos de Alunos: os textos e os desenhos dos alunos deverão ser desenvolvidos em EQUIPE formada por quatro alunos.  Para tanto, deverão pesquisar sobre a Lei Municipal nº 12.467 e os ODS da ONU e refletir sobre: “Nossa Proposta para Pazearmos na Comunidade Escolar”. Em seguida, fazer uma ou mais propostas de ação, individuais e ou coletivas, para serem implantadas na escola.

2.6.1- Os desenhos deverão ser produzidos em tamanho A4 e construídos à mão livre, onde serão observados os seguintes critérios: criatividade, originalidade, concordância com o tema, uso adequado do material e técnica empregada. Poderão ser coloridos com giz de cera, lápis de cor, tinta guache, tinta a óleo ou qualquer outra técnica. Deverão ser identificados na ficha de inscrição anexada a este regulamento contendo: escola, nome completo do aluno, idade, série e nome completo do professor orientador do trabalho. Os desenhos deverão ser digitalizados. Não serão aceitos desenhos produzidos por computadores.  

2.6.2– Os textos, com título, deverão ser digitados no Word (fonte Arial tamanho 12) e ter de 20 a 30 linhas, ou ainda, conter no máximo 3.800 caracteres e no mínimo 1.500 caracteres.

2.6.3 – Os textos devem estar devidamente identificados na ficha de inscrição em anexo (escola, nome completo do aluno, idade do aluno, série e nome completo do professor orientador do trabalho).

2.7-Textos de Professores e de Pais e ou Responsáveis: seguindo a mesma proposta apresentada aos alunos, os textos de professores e de pais e ou responsáveis serão realizados individualmente. Os textos devem estar identificados na ficha de inscrição com os seguintes dados: nome da escola, nome completo do professor/pai e ou responsável, nível de escolaridade e categoria.

 2.8– Relato de Desenvolvimento: cada escola encaminhará somente um relato sobre a produção escolar em suas categorias.

2.9– Comissão Julgadora: cada escola deverá nomear uma comissão julgadora, incluindo professores de Língua Portuguesa e de Arte, que apontarão os 04 melhores trabalhos e 01 relato sobre o desenvolvimento da atividade.

3–INSCRIÇÃO

Os trabalhos deverão ser inscritos pelo professor coordenador do trabalho na escola através da FICHA DE INSCRIÇÃO que, juntamente com os trabalhos, deverá ser encaminhada à diagramação do livro para identificação dos respectivos autores até 30/MAIO/2019 através do e-mail londrinapazeando@gmail.com

3.1– As escolas que se inscreverem antes desta data, terão seus trabalhos (textos e desenho) publicados no site do Londrina Pazeando  www.londrinapazeando.org.br, o que permitirá compartilhar nas Redes Sociais.

3.2– Para maiores esclarecimentos ou dúvidas, entrar em contato com a Comissão Organizadora responsável pela seleção dos textos e desenhos que comporão o LIVRO PAZEANDO IMPRESSO.

– Escolas Públicas da Rede Estadual – NRE de Londrina – fone 3371-1300

– Escolas Públicas da Rede Municipal – Secretaria Municipal de Educação/Diretoria Pedagógica/Gerência de Ensino Fundamental – fone 3375-0113

– Escolas da Rede Particular – SINEPE – fone 3342-1990

– Londrina Pazeando – Luis Claudio (43) 99996-1283

3.3– Os textos e desenhos produzidos que não forem selecionados pela respectiva comissão na escola, deverão ser guardados, pois se constituem em material para exposição durante a 19ª Semana da Paz em setembro/2019, na própria escola ou em outras instituições.

4- CONSIDERAÇÕES FINAIS

4.1– A Comissão julgará e poderá desclassificar o candidato se considerar que o trabalho inscrito não atende os objetivos ou requisitos desta seleção.
4.2– A Comissão Organizadora poderá reproduzir e divulgar os trabalhos, premiados ou não, no todo ou em parte, através de quaisquer meios de comunicação, sempre que o objetivo for contribuir para a construção da Paz.
4.3– Os autores devem estar cientes de que os direitos autorais ficarão para a OSC Londrina Pazeando e que possíveis lucros obtidos com a venda de exemplares serão revertidos para a causa em questão.

4.4– Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Organizadora.

5-SOLENIDADES

5.1- ENTREGA DO LIVRO IMPRESSO: cada autor, membro da equipe, (no caso de alunos) será presenteado com o seu livro em Ato Cívico realizado no dia 23 de setembro de 2019 (segunda-feira) das 14 às 16 horas em local AINDA A SER DIVULGADO posteriormente.

5.2– NOITE DE AUTÓGRAFOS: de posse do seu livro impresso, os autores irão participar da Noite de Autógrafos que acontecerá na Livraria Curitiba no Shopping Catuai no dia 25 de setembro de 2019 (quarta-feira) das 19 às 21 horas.

FICHA DE INSCRIÇÃO

COLETÂNEA 2019 LONDRINA PAZEANDO

Nossa Proposta para Pazearmos na Comunidade Escolar
Práticas e Justiça Restaurativa e Paz – ODS 16”.

Escola:____________________________________________________________________

Endereço:_____________________________________________________________

Bairro _______________________________   CEP _______________________________

Telefone:________________________ WhatsApp _______________________________

Nome do Diretor(a) _________________________________________________________
E-Mail da Escola ___________________________________________________________

Professor coordenador dos trabalhos

Nome____________________________________________

Fone WhatsApp___________________________    E-Mail ___________________________

Membros da comissão julgadora

1- Nome: ___________________________________disciplina que leciona:_______________
Fone WhatsApp___________________________    E-Mail ____________________________

2-Nome:_________________________________ disciplina que leciona:_________________

Fone WhatsApp___________________________    E-Mail ____________________________

3-Nome:________________________________disciplina que leciona:___________________                                                   

Fone WhatsApp___________________________    E-Mail ____________________________

1-Desenho- Equipe de quatro alunos

Nome do aluno 1º aluno:_________________________________________________

Idade:_____________________Série:____________________________________

Nome do aluno 2º aluno:_________________________________________________

Idade:_____________________Série:____________________________________

Nome do aluno 3º aluno:_________________________________________________

Idade:_____________________Série:____________________________________

Nome do aluno 4º aluno:_________________________________________________

Idade:_____________________Série:____________________________________

Professor orientador da equipe

Nome _____________________________________________________________

e-mail _________________________________Fone WhatsApp:__________________

2-Texto – Equipe de quatro alunos

Nome do aluno 1º aluno:_________________________________________________

Idade:_____________________Série:____________________________________

Nome do aluno 2º aluno:_________________________________________________

Idade:_____________________Série:____________________________________

Nome do aluno 3º aluno:_________________________________________________

Idade:_____________________Série:____________________________________

Nome do aluno 4º aluno:_________________________________________________

Idade:_____________________Série:____________________________________

Professor orientador da equipe:____________________________________________

e-mail _________________________________Fone WhatsApp:__________________

3-Texto de Professor

Nome do Professor:_______________________________________________________
Disciplina que leciona:______________________________________________________

E-Mail _________________________________Fone WhatsApp:____________________

4-Texto de Pai (ou responsável)

Nome:_____________________________________________________________

Nível de escolaridade:__________________________________________________
E-Mail ___________________________Fone WhatsApp :_____________________

5-Texto de relato de experiência

Nome do professor relator:_____________________________________________

Nível de escolaridade:__________________________________________________
E-Mail ___________________________Fone WhatsApp :_____________________

ROTEIRO PARA O RELATO DA EXPERIÊNCIA

COLETÂNEA 2019 LONDRINA PAZEANDO


Nossa Proposta para Pazearmos na Comunidade Escola Práticas e Justiça Restaurativa e Paz – ODS 16”.


A comissão organizadora selecionará os 10 melhores relatos que serão publicados na versão impressa do livro de 2019.

Cada relato deverá conter 20 linhas (no máximo) e ou, 3.800 caracteres  (no máximo) e 1.500 (no mínimo) descrevendo como o trabalho foi realizado. Para tanto, segue abaixo algumas perguntas que auxiliam/orientam descrever o relato. Não precisa respondê-las. Somente as utilize para relatar o desenvolvimento do trabalho realizado na escola.

Como os alunos, pais e professores foram convidados para participarem das produções?

Como trabalhou o tema para desenvolverem o texto e o desenho (aula, oficina, orientando pesquisa bibliográfica, reunião de pais, reunião de professores etc.)?

Como foi a participação e o envolvimento dos alunos, pais e professores?

Como foi realizada a seleção dos trabalhos?

Que critérios utilizou para a seleção dos trabalhos?

Quais os resultados imediatos e a longo prazo desta ação?

Já participou desta atividade em outros anos?

O que você acha deste projeto? Tem contribuído?

Você já participou da entrega do livro na Prefeitura? Foi só o autor ou toda a turma? O que você achou? O que poderia melhorar neste evento?

Você participou da Noite de Autógrafos no Shopping Catuai? Foi só o autor ou toda a turma? O que achou? O que poderia melhorar neste evento?

Qual sua sugestão para o aprimoramento geral do projeto?

Outros comentários: 

FUNDAMENTAÇÃO – Cultura de Paz/ONU

O que é Cultura de Paz e qual sua relação com os ODM Objetivo de Desenvolvimento do Milênio e agora a partir de 2016 com os ODS Objetivos de Desenvolvimento Sustentável?

               O ano de 1999 foi proposto pela ONU como Ano Internacional da Cultura de Paz e 2000-2010 a década para a superação da violência para as crianças do mundo, pela UNESCO. A ONU definiu cultura de paz na Declaração e Programa de Ação sobre uma Cultura de Paz, em 13 de setembro de 1999, da seguinte maneira:

            “Uma Cultura de Paz é um conjunto de valores, atitudes, tradições, comportamentos e estilos de vida baseados:

  • No respeito à vida, no fim da violência e na promoção e prática da não-violência por meio da educação, do diálogo e da cooperação;
  • No pleno respeito aos princípios de soberania, integridade territorial e independência política dos Estados e de não ingerência nos assuntos que são, essencialmente, de jurisdição interna dos Estados, em conformidade com a Carta das Nações Unidas e o direito internacional;
  • No pleno respeito e na promoção de todos os direitos humanos e liberdades fundamentais;
  • No compromisso com a solução pacífica dos conflitos;
  • Nos esforços para satisfazer as necessidades de desenvolvimento e proteção do meio-ambiente para as gerações presente e futura;
  • No respeito e promoção do direito ao desenvolvimento;
  • No respeito e fomento à igualdade de direitos e oportunidades de mulheres e homens;
  • No respeito e fomento ao direito de todas as pessoas à liberdade de expressão, opinião e informação;
  • Na adesão aos princípios de liberdade, justiça, democracia, tolerância, solidariedade, cooperação, pluralismo, diversidade cultural, diálogo e entendimento em todos os níveis da sociedade e entre as nações e animados por uma atmosfera nacional e internacional que favoreça a paz.”

ANO DE 2000

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é nos_podemos_londrina_com_ODM-1.jpg
logo dos ODM

Também em 2000 propõe-se então um documento histórico para o novo século que reflete as preocupações de 147 Chefes de Estado e de Governo e de 191 países -os 8 Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, que são:

1 – Erradicar a pobreza extrema e a fome

2 – Educação Básica de qualidade para todos

3 – Promover igualdade de gênero e dar poder às mulheres

4 – Reduzir a mortalidade infantil

5 – Melhorar a saúde das gestantes

6 – Combater HIV/AIDS, malária e outras doenças

7 – Assegurar sustentabilidade ambiental

8 – Desenvolver uma parceria global para o desenvolvimento sustentável (menos armas e mais investimentos nos ODM)

ANO DE 2016 os ODS

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é ods_onu.jpg
ODS

Os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio mostram que metas funcionam. Eles ajudaram a acabar com a pobreza, mas não completamente.

As Nações Unidas estão agora em um progresso de definição dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) como parte de uma nova agenda de desenvolvimento sustentável que deve finalizar o trabalho dos ODMs e não deixar ninguém para trás.

Essa agenda, que foi lançada em setembro de 2015 durante a Cúpula de Desenvolvimento Sustentável, foi discutida na Assembleia Geral da ONU, onde os Estados-membros e a sociedade civil negociaram suas contribuições, com uma agenda para 2030.

Essa agenda, que foi lançada em setembro de 2015 durante a Cúpula de Desenvolvimento Sustentável, foi discutida na Assembleia Geral da ONU, onde os Estados-membros e a sociedade civil negociaram suas contribuições, com uma agenda para 2030.

O processo rumo à agenda de desenvolvimento pós-2015 foi liderado pelos Estados-membros com a participação dos principais grupos e partes interessadas da sociedade civil. A agenda refletiu sobre os novos desafios de desenvolvimento e está ligada ao resultado da Rio+20 – a Conferência da ONU sobre Desenvolvimento Sustentável – que foi realizada em junho de 2012 no Rio de Janeiro, Brasil.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é ods_todas004-1024x214.jpg

Bibliografia Justiça Restaurativa

Material disponível sobre Movimento pela Paz e Não-Violência em Londrina

Internet site  www.londrinapazeando.org.br

Palestras no You Tube https://www.youtube.com/channel/UCdqbjLL7EN8opar4rp1EuVA/videos?view=0

-Palestra Profª Lia Diskin “Redes de Convivência” (2010)

-Mídia e Violência – Mesa Redonda com editores dos veículos de comunicação de Londrina

(UNOPAR 2009/2010/2011/2012 UEL 2013 e SENAI 2014 e 2015/2016)

– Palestra com Sociólogo Rangel Bandeira da Rede Desarma Brasil e ONG Viva Rio (2011)

– Palestra com Prof. Nei Salles do Núcleo de Estudos e Formação de Professores em Educação para a Paz e Convivências – NEP/UEPG durante a Conferência Municipal (2012 e 2014).

– Programa Cidades e Soluções da Globo News 2011 – Documentário de 22 minutos

– Documentário de entrega do 1ª Selo para as Lojas de Londrina que não vendem armas de brinquedo

– Inúmeras Reportagens sobre a campanha “Está provado por A+B arma não é brinquedo.”

Bibliografias Sobre Cultura de Paz

GUIMARÃES, Marcelo Rezende. Cidadãos do presente: crianças e jovens na luta pela paz. SP: Saraiva, 2002. Palestra (2004) https://www.youtube.com/watch?v=P9eKvzhwvPA&t=11s
GUIMARÃES, Marcelo Rezende. Um Novo Mundo é possível. São Leopoldo/RS: Sinodal, 2004.
GUIMARÃES, Marcelo Rezende. Educação para a Paz – sentidos e dilemas. Caxias do Sul RS: Ed. da Universidade de Caixas do Sul, 2005.
MAGALHÃES, Dulce (org). A Paz como Caminho, São Cristóvão: RJ, Editora Qualitymark, 2006.
VON, Cristina. Cultura de Paz – o que os indivíduos, grupos, escolas e organizações podem fazer pela paz no mundo. Ed. Fundação Peiropólis, 2006.

Sites

www.londrinapazeando.org.br – ONG Londrina Pazeando. Muitas as reportagens das televisões de Londrina, que tratam de assuntos do movimento pela paz e não-violência desde 2002 estão publicadas.

http://www.siteantigo.londrinapazeando.org.br/index.php/programa-embaixadores/1128  PESQUISAR DOSSIÊ DO EMBAIXADOR DA PAZ: É um documento de compromisso do ALUNO e da ESCOLA em que está inserido, de participarem das atividades distribuídas ao longo do ano, propostas pelo Movimento Pazeando e o COMPAZ Conselho Municipal de Cultura de Paz.

http://www.siteantigo.londrinapazeando.org.br/index.php/gibis GIBI em PDF história da J.R. em Londrina
www.midiadepazparana.org.br– Mídia de Paz – banco de release de boas práticas
www.nospodemoslondrina.org.br – Nós Podemos Londrina/  Nós Podemos Paraná
www.comitepaz.org.br – Comitê Paulista para a Década da Cultura da Paz muitas palestras em áudio e vídeo sobre cultura de paz publicadas.
www.educapaz.org.br – ONG Educadores para a Paz
www.unesco.org.br – UNESCO
www.unipaz.org.br – UNIPAZ
www.soudapaz.org.br – SOU DA PAZ
www.vivario.org.br – Viva Rio
www.agenciaculturadepaz.com.br – Agência Cultura de Paz
www.gentequefazapaz.org.br – Gente que faz Paz
www.ive.org.br  IVE imagens e vozes de esperança
www.ipaz.org – Mídia para a Paz
www.jovemdapaz.com.br – Prêmio Jovem da Paz
www.participacaopolitica.ning.com   Rede Desenvolvimento Local SESI/FIEP
www.deolhonoestatuto.org.br Rede Desarma Brasil
http://g1.globo.com/platb/globo-news-cidades-e-solucoes  Programa Cidades e Soluções (out/2011)
http://nacoesunidas.org/pos2015/ site da ONU no Brasil
https://www.youtube.com/user/unicrio vídeos da ONU no You Tube
https://www.facebook.com/ONUBrasil/videos facebook da ONU

A Comissão Organizadora da Coletânea Londrina Pazeando é composta pelos seguintes membros/instituições:

  • Londrina Pazeando

Gestor: Luis Claudio Galhardi

 paz@londrinapazeando.org.br

  • COMPAZ Conselho Municipal de Cultura de Paz

 Representante Presidente Maria Aparecida Prandini Pereira

cidinhaprandinipereira@gmail.com  

Eliana Cristina Scheuer 

eliana_srl@hotmail.com

  • Secretaria Municipal de Educação

Secretária  Maria Tereza Paschoal de Moraes

edu.projetos@londrina.pr.gov.br

Representante: Carla Fernanda Paiva Cordeiro

carlafpcordeiro@gmail.com

  • Secretaria Municipal de Cultura

Secretário: Caio Júlio Cesaro
Representante: Charleston Luiz da Silva

mestrediz@hotmail.com

  • Núcleo Regional de Educação de Londrina

Chefia: Profª. Luzia Maria de Jesus Alves
Representante: Maria Elena Melchiades Salvadego de Souza Lima

 mariaelena@seed.pr.gov.br

  • SINEPE- Sindicato das Escolas Particulares de Londrina

Presidente: Maria Antônia Fantaussi

Representante: Sinepe

sinepe.eventos@sercomtel.com.br

A ONG Londrina Pazeando e o COMPAZ desde já enviam saudações a todos aqueles que estarão inscrevendo seus trabalhos para a Coletânea Londrina Pazeando 2019.

Significado de Pazear
verbo transitivo direto
Estabelecer paz ou harmonia: Pazear os Espíritos
Etimologia (origem da palavra pazear) Paz + ear

Definição de Pazear
Classe gramatical: verbo intransitivo
Tipo do verbo pazear: regular
Separação silábica: pa-ze-arTabParágrafo

CONJUGAÇÃO DO VERBO PAZEAR
Tipo do Verbo: regular
Infinitivo: pazear
Gerúndio: pazeando
Particípio Passado: pazeado

Presente do Indicativo

eu pazeio
tu pazeias
ele pazeia
nós pazeamos
vós pazeais
eles pazeiam

Realizado sempre em março de cada ano, os Embaixadores aGENTES da Paz é um dos programas do Movimento Pela Paz e Não-Violência de Londrina, organizado pelo Clube Aventureiros do Amanhecer, que reúne alunos de 5º ano que estão cursando as Escolas Municipais, (são mais de 6.000 alunos na cidade). A seleção é realizada através do preenchimento de 2 pranchas, um tem um caça palavras e a outra é para colorir. Assim todos podem participar da seleção. Os alunos selecionados, são convidados para irem numa tarde a um local de recreação que tenha uma piscina. Nesta tarde eles nadam, lancham, recebem brindes, realizam o abraço pela paz, assistem uma palestra, junto com os professores que os acompanham, com explicações do Programa, orientações sobre a Política Pública de restrição a armas de brinquedo pela lojas de Londrina, e são empossados como os EMBAIXADORES DA PAZ e recebem uma carteirinha. O título lhes dá atribuição de levar aos colegas de turma e de toda a Escola que frequenta, a mensagem da Construção de uma Cultura de Paz. Recebem o convite para todos sábados participarem das atividades da ONG Clube Aventureiros do Amanhecer, que realiza atividades de campismo e educação ambiental, sempre de forma lúdica, todos os sábados. Também são convidados a participarem do ACAMPAZ que é o Acampamento da Paz em setembro, que é uma das atividades da Semana da Paz, ou seja se comprometem com o documento DOSSIÊ EMBAIXADORES DA PAZ, onde são convidados durante o ano a participarem de outras atividades que o movimento realize publicamente, é lógico, sempre com o compromisso de divulgar e convidar seus colegas de Escola. Os professores dos alunos selecionados, que acompanham todo processo, e apoiam os alunos em sua “missão”, concorrem a um prêmio (vale compras) e são também homenageados no dia deste evento. Os patrocinadores ajudam com o lanche, brindes, vale compras, material didático etc.

Charleston  e-mail  mestrediz@hotmail.com   Fone 43.99995-8939

AGENDA 2019

VEJA NO SITE DA ASSOCIAÇÃO MÉDICA  LINK  http://www.aml.com.br/amlnovo/gdi/index.php

Inserido no calendário anual do GDI-LD

Movimento pela Paz e Não-Violência em Londrina 2019

 3ª TERÇAS A CADA 2 MESES                                        AGENDA 2019 SEMPRE AS 19:30 h
Janeiro19/janeiro/2019 – 4ª Londrina Religiões Unidas pela Paz e em Pról da Tolerância Religiosa
Concha Acústica

Fevereiro19/fevereiro 19:30h TERÇA
AML Associação Médica de Londrina – Av. Harry Prochet, 1055 – São Jorge, Londrina – PR, 86076-140

Março
Abril16/abril 19:30h TERÇA
Bahá’í de Londrina Av. Amintas de Barros, 119 – Ipanema, Londrina – PR, 86015-170

Maio 
Junho18/junho 19:30h TERÇA
Igreja Adventista do Sétimo Dia – Rua Natal, 42 – Jardim Agari, Londrina – PR, 86020-230

Julho
Agosto20/agosto 19:30h TERÇA
Mesquita Islâmica londrina – Rua São Marcos, 125 – Vl Siam, Londrina – PR, 86039-040

Setembro22/setembro Domingo Abraço no Lago (11° abraço no Igapó)

Outubro05/outubro 6º Manifesto Pela Paz e Pelo Desarmamento Infantil
15/out 19:30h TERÇA
Igreja Católica Apostólica Romana – Ainda será agendado o endereço

Novembro21/novembro(QUINTA) 4ª quinta feira (22) e 4º sábado (23) de novembro
Dia Internacional do protesto contra os brinquedos de guerra
9ª ENTREGA DO SELO aos Lojistas.

Dezembro13/dez 19:30h TERÇA 5ª Noite de Confraternização. GDI Grupo de Diálogo Inter Religioso de Londrina.
Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias -Mórmons – Rua Belo Horizonte, 1236 – Centro, Londrina – PR, 86020-060

As atividades do GDI em Londrina tem sido as seguintes:

  1. Uma agenda de encontro a cada 2 meses na sede da AML. As religiões tem apresentado quais são suas proposta. Tem sido um momento de partilha e de conhecimento mutuo entre os que participam. * a partir de 219 iniciamos um rodizio de local, sendo de 2 em 2 mese uma das igrejas ( sede e ou templos) de cada participantes do grupo.
  2. Realização nos janeiros de cada ano do Londrina Religiões Unidas pela Paz e em Prol da Tolerância Religiosa. Celebração do “Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa”, proposta pelo Ministério da Justiça e Cidadania – Secretaria Especial de Políticas de Promoção de Igualdade Racial, sempre nos  dias vinte e um de janeiro de cada ano.
  3. No(s) agosto(s) o GDI convida que todas a Religiões trabalhem nas suas atividades regulares o “Tema Paz em Londrina”
  4. No(s) setembro(s) participam com a cidade do(s) Abraço no Lago Pela Paz, evento tradicional da cidade.
  5. Já realizamos com bastante sucesso e a participação de 17 religiões a campanha de doação de sangue ao Hemocentro do HU
  6. Apresentação na Câmara Municipal aos Vereadores de Londrina a proposta do GDI
  7. OS CONVITES, quando as religiões têm alguns eventos “especiais” (bem todos são) convidam os membros do GDI para participarem juntos. Foram dezenas já
  8. Inaugurado o Espaço Pacificar – Programa Pacificar é Divino – Foi inaugurado no último dia 23/fev/18, o Espaço Pacificar, na sinagoga congregação Israelita se Londrina- uma iniciativa do TJPR Tribunal de Justiça do Paraná afim de promover a pacificação da sociedade por meio da mediação de conflitos. Varias igrejas participaram do curso do Tribunal
  9. No(s) dezembro(s) fazemos uma palestra ( e ou outro formato) e uma confraternização, onde cada membro leva alimentos e bebidas (sucos e refrigerantes).

História Londrinense: Religiões Unidas pela Paz em Londrina

A Associação Médica de Londrina AML, preocupada com o distanciamento entre as pessoas, com o crescente pensamento individualista de muitas pessoas, com o aumento da agressividade, com a corrupção crescente (individualismo), e com a falta da moral, promoveu uma reunião com as entidades religiosas de Londrina, para propor a realização de “Um Dia pela Paz”. Um dia que celebre a união entre as pessoas, e que seja marcada pela valorização da moral, pelo fim da corrupção. Com a participação do COMPAZ Conselho Municipal de Cultura de Paz e a OSC Londrina Pazeando, instituições que trabalham pela Construção da Cultura de Paz, convidaram as religiões. Assim no dia  23 de junho de 2015 estavam presentes muitos líderes de várias religiões de Londrina em um diálogo inter-religioso. A Proposta de união pelos pontos em comum, principalmente a PAZ. Foi proposto que o dialogo continue, e que fosse criado um “Fórum Permanente de Diálogo Inter-Religioso”. Também se tirou que no dia 02 de agosto (domingo) cada religião trabalhasse com o “Tema Paz em Londrina” e em uma próxima reunião, marcada para o dia 04 de agosto, faríamos uma avaliação das ações nas igrejas e outros locais religiosos. Neste dia foi proposto uma Caminhada pela Paz. Foi pensada, “talvez” terminando no horário do 7º Abraço no Lago (20/setembro). A grande conclusão foi a de que existe uma necessidade de estabelecer um canal de diálogo entre as religiões, e que neste dialogo possamos através do respeito a diversidade de pensamentos construirmos juntos uma Cultura de Paz e nossa comunidade.

Desde o início dos encontros em Londrina, tiveram presentes as reuniões os líderes e ou participantes das seguintes instituições e religiões da cidade:

  1. Associação Médica de Londrina
  2. Prefeitura Municipal de Londrina
  3. COMPAZ -Conselho Mun. de Cultura de Paz de Londrina
  4. ONG Londrina Pazeando / COMPAZ
  5. ISLAMISMO
  6. Conselho de Pastores (Luterana)
  7. Conselho de Pastores Evangélicos de Londrina
  8. Comunidade Evangélica Cidade de Refúgio 
  9. Igreja Pentecostal Deus é Amor
  10. Igreja Universal do Reino de Deus
  11. Igreja Católica – Arquidiocese de Londrina
  12. Igreja Presbiteriana Independente de Londrina
  13. FEP Federação Espírita do Paraná – URE 16ª região
  14. MEL Movimento Ecumênico de Londrina
  15. Umbanda de Londrina
  16. Candomblé – Associação de Ogans de Londrina
  17. Umbanda – Ilê Axê Estrela Guia
  18. Igreja Messiânica
  19. Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias
  20. Igreja Adventistas do 7º Dia
  21. Associação Brasil SGI – Budismo
  22. Budismo – HBS
  23. Budismo – Comunidade Zen Londrina
  24. FÉ BAHA’I Assembleia Espiritual dos Baha’is
  25. Seicho No Iê
  26. Sukyo Mahikari
  27. Igreja Episcopal Anglicana
  28. Comunidade 12 Tribos
  29. Congregação Cristã do Brasil
  30. Grupo de Estudantes de Cultura Racional
  31. Igreja Assembleia de Deus de Londrina
  32. Movimento dos Focolares
  33. Congregação Israelita de Londrina

OBS: nos eventos da Concha Acústica foi convidado e participaram a Comissão de Promoção de Igualdade Racial e das Minorias da OAB de Londrina

VEJA REGISTROS playlist https://www.youtube.com/playlist?list=PLh7V0uXjecwctlIRaFtwalqeHflS9D14E

20 janeiro 2015 https://www.youtube.com/watch?v=z1iNrnebo20&list=PLh7V0uXjecwctlIRaFtwalqeHflS9D14E&index=6&t=45s

20 janeiro 2015 https://www.youtube.com/watch?v=XVPsMuQu000

09 setembro 2015 https://www.youtube.com/watch?v=FUVbjq5d8IU&list=PLh7V0uXjecwctlIRaFtwalqeHflS9D14E&index=5&t=35s

21 janeiro 2017 https://www.youtube.com/watch?v=gZjgSp8fQ20

21 janeiro 2018 https://www.youtube.com/watch?v=r_nn4L4If2U&t=82s

24 julho 2018 https://www.youtube.com/watch?v=_pOEINgc_RE&t=1s

19/janeiro/2018 – 3ª Londrina Religiões Unidas pela Paz e em Pról da Tolerância Religiosa


janeiro/2019 – 4ª Londrina Religiões Unidas pela Paz e em Pról da Tolerância Religiosa

HISTÓRIA RECEBEMOS EM 13/DEZ/2018GDI Grupo de Diálogo Inter Religioso de Londrina, convida GDI de MaringáMaringá e Londrina – Religiões Unidas pela Paz

As cidades vizinhas vão trocar experiências de como tem realizado “O Diálogo Inter Religioso” nas suas comunidades. Maringá já tem este movimento há 15 anos, e vem em um grupo de sete pessoas participantes das religiões Budista, Candomblé, Católica, Espírita, Evangélica, Muçulmana e Religião de Deus (LBV). Em Londrina o grupo está no seu terceiro ano de atividades.

PROGRAMAÇAO:

DATA:  13 de dezembro de 2018 QUINTA -FEIRA
LOCAL: Av. Harry Prochet, 1055 – São Jorge. O encontro é aberto e acontecerá na sede da A.M.L Associação Médica de Londrina.

18h Recepção dos nossos convidados 18h
19h Aberto a Comunidade:  Tema será “A Unidade na Diversidade e a Construção da Cultura de Paz. – E um diálogo de perguntas e respostas aos convidados.
20:30 Confraternização (*todos nós participantes levaremos alimentos/suco naturais ou refri. e faremos uma partilha no salão – levar talheres) 
21:30 // 22h Término da Confraternização.

Visita do GDI Maringá em dez/2018

Campanha Arma Não é Brinquedo


como foi em 2016/2017


Lançamento da CAMPANHA 2019 (período – de 15 até 30 abril)
“ Arma não é Brinquedo 2019”

Material para veiculação da Campanha 2019 *** Para as TVs a PROMIDIA  já mandou VTs nos formatos das emissoras.Caso não tenha recebido falar com Tadeu ou Érica da Promidia 3347-1705: Ver VT  no

You Tube VERSÃO FILME
https://www.youtube.com/watch?v=HF7fWSK_qkM

You Tube VERSÃO DESENHO
https://www.youtube.com/watch?v=v7f0wR-tf5U

Arte aberta – Solicitar por e-mail para Luis Claudio (43.9.9996-1283 tim  ou 43.9.9144-5276 vivo) paz@londrinapazeando.org.br

Veja o resumo de todos os anos no site da Câmara Municipal

(Fotos, Vídeos, Relação das lojas, Lei, Requerimento  CLIQUE AQUI)

SITE DA CÂMARA MUNICIPAL DE LONDRINA

Tem o fale com os Fiscais da Prefeitura.Na página principal aparece a logo “arma não é brinquedo”

Veja no site da Prefeitura Municipal CLIQUE AQUI

SITE DA PREFEITURA MUNICIPAL DE LONDRINA

CONASP Pública Monçao de Apoia a PL 5057/2013

PL  2413/2015 Dep. Marcelo Belinati e Dep. Erika Kokay

VT para televisões 2016

VT para televisões 2012 (várias redes)

41% das Armas utilizadas em crimes em São Paulo são de Brinquedo (reportagem)

PESQUISA DO INSTITUTO SOU DA PAZ ( clique aqui)

PUBLICAÇÕES IMPRESSAS e VIRTUAIS : Campanha “Arma não é Brinquedo” 2018

PUBLICAÇÕES IMPRESSAS e VIRTUAL: Campanha Vamos Desconstruir a Cultura da Violência 2019

2018

Pablo Dreyfus

( traduzido do ingles) Aprendemos que três membros do movimento mundial contra a violência armada estavam em vôo da Air France que desapareceu em 1 de Junho 2009, enquanto voar do Brasil para a França.

Marido e mulher Dr. Pablo Dreyfus e Ana Carolina Rodrigues estavam entre os 228 passageiros que se presume terem morrido. Pablo foi o Gerente de Pesquisa da Viva Rio, no Rio de Janeiro. Ana Carolina também trabalhou no Viva Rio, coordenar as Crianças em Violência Armada Organizada projecto. Dr. Ronald Dreyer, um diplomata suíço, também esteve no avião. Ele era o coordenador da Declaração de Genebra sobre Violência Armada.

Enviamos nossas mais profundas condolências às respectivas famílias, amigos e colegas.

Centenas de nossos membros da rede tenham cumprido Pablo Dreyfus nas reuniões internacionais relacionadas com armas de pequeno calibre. Ele era um especialista mundial em violência armada e à exportação de armas eo tráfico de drogas, bem como contramedidas incluindo corretor regulamentação, detecção, identificação de armas e sistemas de registo. Sua pesquisa foi de fundamental importância para o Brasil na campanha da nova arma lei, o Estatuto do Desarmamento 2003, e na criação da Comissão Permanente do Tráfico de Armas sobre o Congresso brasileiro. O Estatuto já salvou dezenas de milhares de vidas. Embora o foco da Pablo estava na América Latina, ele aconselhou os governos de Angola e Moçambique, entre outros.

Um muito activa e empenhada IANSA membro, Pablo foi um generoso, conhecimentos e boas-humorado fonte de informação para outras pessoas na rede global. Ele representou IANSA em muitas ocasiões em reuniões técnicas e, em 2008, foi um dos oradores da IANSA na reunião bienal de Estados. Pablo era um perito filiadas com o Small Arms Survey, em Genebra, e com a Universidade Latino-Americana FLACSO.

Clique aqui para assistir um vídeo de Pablo falando em uma mesa redonda.

Por favor, compartilhe suas memórias para comemorar os nossos colegas enviando-pablo@iansa.org.Obrigado.

Relatório da CPI do Tráfico de Armas foi o maior rastreamento de armas da América Latina

Relatório da CPI do Tráfico de Armas é aprovado

30/11/2006 – 20:17

 * por Mayra Jucá e Antônio Rangel Bandeira

A derradeira queda de braço entre os deputados da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre Tráfico Ilícito de Armas terminou hoje em consenso. Antes da votação, um acordo já garantia a aprovação do Relatório final com 18 propotas, uma a menos das que o documento continha no início das negociações. A proposta vetada, por pressão do Exército, foi a transferência da fiscalização do comércio de armas, munições e explosivos do Exército para a Polícia Federal.


Entre as 18 propostas mantidas, porém, há mudanças significativas como a retirada do dispositivo de disparo das armas de coleção; a manutenção da Resolução 17 da CAMEX, que estabelece a alíquota de 150% para as exportações de armas para os países da América Latina e Caribe; a integração do Sistema Nacional de Armas (Sinarm) ao Sistema de Gerenciamento Militar de Armas (Sigma); o registro das armas das polícias pelo Sinarm; e a marcação da munição vendida para civis.


A reunião que decidiu o texto final a ser votado aconteceu a portas fechadas. Do lado de fora, representantes de diversas religiões, ONGs e parentes de vítimas da violência armada manifestavam-se em favor da aprovação do relatório. A pressão contrária ficou por conta dos deputados ligados ao lobby da indústria de armas e munições e das corporações policiais e militares.

Baseado em dados oficiais, comprovados pela Polícia Federal, o documento da CPI demonstra a falta de controle do Estado sobre suas próprias armas, e a falta de fiscalização do comércio doméstico de armas, e aponta medidas para solucionar o problema. A íntegra do relatório, com mais de 400 páginas, deve ser divulgada amanhã. O relatório incorpora 10 sub-relatórios, entre eles o que foi apresentado no último dia 27 pelo Deputado Raul Jungmann (PPS-PE), sub-relator da Sub-Relatoria de Indústria, Comércio e C.A.C. – Colecionadores, Atiradores e Caçadores.

Maior rastreamento da AL gera dados alarmantes


A Comissão Parlamentar de Inquérito sobre o Tráfico Ilícito de Armas durou quase dois e concluiu sua tarefa fazendo denúncias graves e surpreendentes sobre o desvio de armas para o crime organizado no país. Usando seus plenos poderes de investigação, a Comissão conseguiu que os fabricantes de armas do Brasil (sexto exportador de armas pequenas do mundo) rastreassem 10.549 armas apreendidas na ilegalidade. Foi o maior rastreamento já realizado na América Latina. Para realizar esse trabalho, a Comissão contou com a colaboração do Exército brasileiro e com a assessoria técnica da ONG Viva Rio.

Os resultados são alarmantes: 68% dessas armas foram vendidas pela indústria brasileira para o comércio legal e 18% para o Estado. Das armas vendidas para o comércio, 74% foram vendidas para cidadãos e 25% para empresas de segurança privada (o Brasil conta com 4.264 empresas legalizadas, e 3 vezes mais clandestinas). Isto é, a maioria das armas usadas pelos criminosos vieram de lojas legais, através de “cidadãos honestos” ou de empresas de segurança privada. A investigação comprovou o que diziam os que lutavam pela proibição do

comércio de armas durante o referendo popular de outubro passado, e que foram derrotados: que a maior fonte de armas para a delinqüência provêm do comércio legal.

Quanto aos 18% de armas vendidas ao Estado, 71% foram vendidas para as forças de segurança pública, e 27% para as Forças Armadas. Comprovou-se o que já se suspeitava: policiais corruptos vendem armas para o crime organizado no Brasil, como o filme “Cidade de Deus” já mostrava.

Outra descoberta da Comissão de Inquérito foi que grande número das armas apreendidas com bandidos foi originariamente vendido para militares e policiais para uso privado. Descobriu-se que uma lei, da época do regime militar, dá a militares e policiais o privilégio de comprar, de 2 em 2 anos, até 3 armas, diretamente das fábricas, a preço de custo, além de farta munição. Ao final de 6 anos, um militar ou policial acumula até 12 armas novas e grande quantidade de munição, comprada a preço de custo. Muitos acabam vendendo, e esse armamento vai armar a criminalidade. A Comissão considera essa lei incompatível com a democracia, e exige sua revogação.

A Comissão comprovou que 14% das armas brasileiras apreendidas pela polícia no Brasil tinham sido previamente exportadas para o Paraguai, e daí voltaram para o crime organizado no Rio de Janeiro.

A Comissão também levantou o perfil de 146.663 armas apreendidas no Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, e concluíu que 83% das armas apreendidas na ilegalidade são de fabricação brasileira, e não armas importadas, demonstrando a importância decisiva de controlar os desvios de armas dentro do país. Quanto ao contrabando, revelou-se que se faz principalmente por 3 rotas: armas vindas do Paraguai, passando pela Argentina e entrando pelo sul do Brasil; armas vindas da Europa pelo porto holandês de Roterdam, passando por Suriname, ex-colônia holandesa, e daí penetrando no Brasil; e armas vindas dos Estados Unidos, via Panamá e México.

A combinação entre a proliferação de armas e a corrupção policial explica em grande parte porque o Brasil tem a maior taxa absoluta de mortes por arma de fogo do mundo: cerca de 100 mortos por dia, mais que nas guerras do Iraque e do Afeganistão.

100 motivos para entregar sua arma

1)           O Brasil é a nação em que mais se mata e mais se morre por arma de fogo do Planeta.

 2)           No Brasil, morrem por dia uma média de 108 pessoas e 53 ficam feridas por arma de fogo.

 3)           Arma de fogo mata mais que acidente de trânsito.

 4)           67% das mortes de homens entre 15 e 34 anos é causado por arma de fogo.

 5)           Só no ano passado, foram 36 mil mortos a tiros. É uma pessoa a cada 15 minutos.

 6)           O Brasil é o país em que mais se morre e mais se mata com arma de fogo no mundo.

 7)           O Brasil tem 2,8% da população mundial, mas responde por 7% dos homicídios com arma de fogo em todo o mundo.

 8)           No Brasil morre-se mais por arma de fogo (29,6%) do que por acidente de trânsito (25,1%).

 9)           A arma de fogo é a primeira causa de morte de homens jovens no Brasil.

 10)       No Brasil a probabilidade é 2,5 mais alta de um jovem morrer por arma de fogo (34%) do que num acidente de trânsito (14%).

 11)       O homem que se arma tem a ilusão de que está protegido. Isso só acontece no cinema. Na vida real, o bandido tem a iniciativa do assalto e vai escolher o momento em que você está distraído. Se você tentar pegar sua arma, provavelmente vai morrer.

 12)       Uma pessoa com arma em casa tem 57% mais chance de ser assassinada do que quem está desarmado.

 13)       Se o criminoso encontrar sua arma no carro ou na sua casa, vai usa-la contra você e sua família e ainda leva-la consigo.

 14)       A maioria dos homicídios é cometida por desentendimentos e agressões entre parentes ou conhecidos: brigas em boates, bares, trânsito, torcidas de futebol ou mesmo em casa. São momentos onde agressões físicas são substituídas por tiros.

 15)       Para ser ter uma idéia, só na Zona Sul de São Paulo em 46% dos homicídios vítima e autor se conheciam.

 16)       Qualquer um pode perder a cabeça e, com arma ao alcance da mão, se transformar num assassino!

 17)       Ao contrário do que a maior parte das pessoas pensa, entre todas as mortes por armas de fogo apenas 10% são o resultado de latrocínio (roubo seguido de morte).

 18)       Mais de 70% das armas apreendidas com bandidos são de fabricação nacional.

 19)       A cada três pessoas internadas em hospitais por ferimentos a bala, uma foi acidente com arma. E as crianças acabam sendo as principais vítimas.

 20)       A cada dia morrem em média quatro brasileiros por suicídio com arma de fogo.

 21)       O Rio Grande do Sul é um dos estados mais armados do Brasil e ocupa o segundo lugar em suicídios por arma de fogo no país. Pesquisa feita pelo Dr. David Hemenway, da Universidade de Harvard, conclui que em todo mundo “onde tem mais armas de fogo, tem mais suicídios”.

 22)       Involuntariamente o “homem de comum” que compra uma arma na loja acaba abastecendo o crime quando a sua arma é roubada num assalto, perdida ou revendida a terceiros.

 23)       A cada ano, só no Estado de São Paulo, 11 mil armas legais são roubadas ou furtadas e passam para as mãos de criminosos.

 24)       Desarmar os criminosos é trabalho para a polícia. Quase todos (90%) os artigos do novo Estatuto do Desarmamento tratam de dar meios para a polícia melhor combater o crime organizado (penas altas para contrabando de armas, marcação de arma e munição, banco nacional de dados, etc).

 25)       É um mito achar que as armas que nos ameaçam são armas de cano longo, estrangeiras, contrabandeadas. Pesquisas feitas com a Polícia Civil no Rio de Janeiro revelou que 74% das armas apreendidas em situação ilegal são brasileiras e 78% são pistolas e revólveres.

 26)       As armas estrangeiras e de cano longo são usadas nos enfrentamentos entre quadrilhas, entre criminosos e a polícia. O que nos ameaça nos assaltos são pistolas e revólveres, na maioria produzidas na Brasil. Daí a importância do controle sobre essas armas legais, como prevê o Estatuto do Desarmamento.

 27)       Os crimes cometidos com arma de fogo são muito mais letais do que os cometidos com armas brancas.

 28)       A chance de morrer numa agressão com arma de fogo é de 75%, enquanto com arma branca é de 36%.

 29)       As armas de fogo podem atingir várias pessoas em poucos segundos, como acontece em massacres coletivos, e provocam mortes por balas perdidas. Segundo a Polícia Civil, há 40 vítimas de balas perdidas por mês no Rio de Janeiro.

 30)       O sistema de saúde pública gasta cerca de R$ 12.000 com cada vítima de arma de fogo. Valor que poderia ser utilizado para tratar de inúmeros doentes, comprar remédios, melhorar hospitais…

31)       A Campanha de Desarmamento já reduziu o número de homicídios e de ocorrências com arma de fogo. Em Maringá, o número de assassinatos por arma de fogo caiu 30%.

 32)       No estado de São Paulo, o número de homicídios já caiu 18,5% e a quantidade de armas nas ruas 24%.

 33)       Onde há uma arma e duas pessoas, há um homicídio em potencial.

 34)       O objetivo da Campanha do Desarmamento não é tomar armas de bandidos – função que deve ser exercida pelas polícias – mas sim fazer com que o cidadão de bem não tenha armas de fogo em casa, para evitar homicídios decorrentes de discussões banais, com brigas em família, no trânsito, em bares, e brincadeiras de crianças com revólver, que muitas vezes acabam em tragédias.

 35)       O importante é criar novos paradigmas de negação da violência, paradigmas de uma vida melhor para todo mundo. “Viver melhor significa ter um país mais seguro.”

 36)       Cada dez vezes que um cidadão de bem saca uma arma, em nove o bandido leva vantagem.

 37)       Segundo o relatório da Control Arms, existem por volta de 650 milhões de armas de pequeno porte no mundo hoje, a maioria nas mãos de homens, e nesse cenário, as mulheres sofrem diretamente e indiretamente de violência por armas de fogo.

 38)       Um estudo feito nos Estados Unidos mostra que a presença de uma arma de fogo em casa aumenta o risco de alguém naquela residência ser assassinado em 41%; e o risco para as mulheres aumenta 272%.

 39)       Na África do Sul uma mulher morre a cada 18 horas assassinada pelo marido ou ex-marido.

 40)       Entre 1995 e 2003, quando o Canadá intensificou as leis sobre armas de fogo, o índice de homicídio de mulheres caiu 40%.

 41)       Cinco anos depois que a Austrália intensificou as leis sobre armas de fogo, em 1996, a taxa de homicídio de mulheres diminuiu pela metade.

 42)       A vítima de um ataque com uma arma de fogo tem 12 vezes mais chances de morrer do que a vítima de um ataque por facas, agressões físicas, etc.

 43)       As mulheres quase nunca compram armas, usam armas ou possuem uma arma, mas elas continuam sofrendo as conseqüências das armas de fogo.

 44)       Um cidadão armado tem 57% mais chance de ser assassinado do que os andam desarmados.

 45)       A cada 13 minutos cai alguém fulminado por um tiro.

 46)       9 entre cada 10 homicídios são praticados com arma de fogo no país.

 47)       Em São Paulo, quase 60% dos homicídios são cometidos por pessoas sem histórico criminal e por motivos fúteis.

 48)       No Rio de Janeiro, um em cada dois jovens que morrem, é vítima de arma de fogo. As armas de fogo provocam um custo ao SUS de mais de 200 milhões de reais.

 49)       A violência consome 10,5% do PIB na América Latina.

 50)       Nos EUA, para cada vez que um cidadão usa uma arma de fogo para matar em legítima defesa, houve 131 casos de assassinatos, suicídios e acidentes envolvendo armas.

 51)       A chance de  uma mulher morrer assassinada com arma pelo marido ou amante é duas vezes maior do que por um desconhecido. Quem tem arma em casa tem quase 3 vezes mais chances de morrer em um assalto do que os que estão desarmados.

52)       As grandes cidades, onde estão concentradas as armas de fogo, detém a maioria dos homicídios.

 53)       As armas representam muito mais risco do que a segurança para quem as porta.

 54)       Defender uma sociedade menos armada é muito mais do que uma visão ideológica ou romântica, mas definitivamente uma opção por uma sociedade mais pacífica e onde todo nós possamos estar de fato mais seguros.

 55)       A imensa maioria dos crimes é cometida com armas brasileiras e de calibre permitido!

 56)       Das armas apreendidas pela polícia no Rio de Janeiro, mais de 80% eram brasileiras e 90% de calibre permitido, ou seja, mesmo que o bandido não compre armas em uma loja, são armas que entram de forma legal as mais utilizadas para roubar e matar em nosso país. A figura do traficante usando um fuzil ou metralhadora é assustadora, mas representa um número ínfimo de mortes se comparados às vítimas dos tradicionais revólveres calibre 38.

 57)       Muitas armas chegam nas mãos dos bandidos depois de roubadas de pessoas que as compram achando que vão se defender, ou então são desviadas por empresas de segurança ou até pela polícia. Só em São Paulo, em cinco anos, mais de 70.000 armas registradas foram roubadas. Proibir a venda de armas no país teria, portanto, efeito significativo na queda do número de armas nas mãos dos criminosos.

 58)      Quase metade dos homicídios são cometidos por pessoas que não são ligadas ao crime, que não tem antecedentes criminais e que não têm porque terem armas ilegais.

 59)      Ao contrário do que muitos pensam, cerca de metade dos homicídios não são cometidos por bandidos em assaltos ou chacinas. Centenas de pessoas morrem todas as semanas assassinadas por indivíduos sem antecedentes criminais e que se conhecem. São aquelas que perdem a vida em situações banais: brigas de trânsito, em bares ou ainda assassinadas dentro de casa pelos familiares. É muito difícil evitar que este conflitos ocorram, mas, se conseguirmos reduzir o número de armas, o que poderia ser agressão não se tornará mais um assassinato.

 60)       Uma pesquisa realizada em São Paulo alerta para a queda das lesões corporais e o aumento dos homicídios na capital e situação inversa na interior. Percebe-se que a maior facilidade na obtenção e no uso de armas nas grandes cidades tem transformado brigas em assassinatos, feridos em mortos, discussões em tragédias, todos os dias. Já no interior, onde a presença de armas de fogo é menor, o aumento da violência se reflete em um crescimento das lesões corporais ou seja, agressões que são graves, mas não causam a morte.

 61)       Mesmo que a lei do desarmamento só consiga reduzir uma parte dos homicídios, já terá prestado um grande serviço à nação, podendo salvar milhares de vidas anualmente. Poucos atos do Congresso Nacional podem ter tanto efeito prático em tão pouco tempo.

 62)       Nos últimos vinte anos o número de brasileiros assassinados aumentou 273%, sete vezes mais do que o crescimento populacional. Só no ano de 1998 quase 50.000 pessoas foram mortas, sendo que cerca de 45.000 vítimas do uso de armas de fogo.

 63)      Devido aos tristes dados do Brasil em relação a homicídios, a ONU nos deu o título de país que mais mata com armas de fogo no mundo. Para se ter uma idéia, a chance de um brasileiro morrer por arma de fogo é 3 a 4 vezes maior do que a média mundial.

 64)       Nossa realidade se torna ainda mais assustadora por sabermos que os jovens as maiores vítimas da violência que nos assola. Só em 1998, 6.876 jovens, entre 10 e 19 anos, foram assassinados no Brasil. Apenas no Rio de Janeiro, 8 pessoas entre 15 e 24 anos perdem a vida todos os dias, vitimados por armas de fogo. Nesta faixa etária, a chance de uma pessoa ser morta com arma de fogo é 4,5 vezes maior do que o restante da população.

 65)       Os índices brasileiros de homicídios retratam de forma fria os milhares de rostos de vítimas e a tristeza de familiares inconsolados diante da violência causada por revólveres e pistolas em todo o país.

 66)       Não devemos assistir inertes que mais vidas se percam todos os dias até que se proíba, de uma vez por todas, a venda de armas em nosso país.

 67)       A violência armada não é só um problema de aplicação de lei, ou um problema de segurança nacional. Esta forma de violência tem gerado uma enorme crise na saúde pública mundial.

 68)       A violência produzida por armas pequenas causa um sofrimento imenso a amigos e familiares de milhares de mortos e de mais de um milhão de feridos no mundo a cada ano. Além dos efeitos imediatos, há as lesões físicas e psicológicas permanentes, e destruição de famílias, a perda de produtividade econômica e o desperdício de recursos dos serviços de Saúde Pública, fatores difíceis de serem avaliados.

 69)       A classe média internacional se depara com grandes desafios ao tentar atender às necessidades imediatas das vítimas de armas de fogo, devido ao alto custo da reabilitação física e psicológica imprescindíveis a tantas delas.

70)       O próprio desenho das armas pequenas, fácil de portar e de esconder, resistente e duradouro, com preço baixo e um grande poder letal, dificulta muito a apreensão, prejudicando sistemas de Saúde Pública e desenvolvimento ao redor do mundo.

 71)       Cerca de 500 mil pessoas morrem no mundo todo a cada ano, vítimas de ferimentos causados por armas pequenas usadas para solucionar conflitos, no crime e em outros eventos violentos.

72)       O custo das mortes com armas de fogo consome 14% do Produto Interno Bruto (PIB) da América Latina, 10% do PIB do Brasil e 25% do PIB da Colômbia.

 73)       Armas pequenas atuam com um vírus contagioso, que atravessa fronteiras políticas e econômicas com facilidade, causando danos às populações vulneráveis, em particular as localizadas em áreas pobres, politicamente instáveis e sob o domínio de conflitos políticos.

 74)       As mulheres são vítimas armada duas vezes. Elas sofrem os efeitos negativos da violência armada como vítimas e como mães, esposas, namoradas e irmãs dos que foram mortos e feridos por armas de fogo.

 75)       Com freqüência, as mulheres têm que suportar o peso de sustentar uma família, e conforta-la emocionalmente depois que o chefe da família é morto ou ferido com gravidade a ponto de não poder mais trabalhar.

 76)       As mulheres são vítimas freqüentes de crimes violentos, ataques domésticos, violência sexual, suicídios e acidentes com armas de fogo graças à pronta disponibilidade de armas – sejam elas possuídas de forma legal ou ilegal.

 77)       Ao contrário da crença popular, as armas não protegem as mulheres em casos de violência doméstica.

 78)       A presença da arma em casa aumenta a possibilidade de que uma relação abusiva acabe se tornando fatal.

79)       Casos de agressão doméstica e violência sexual envolvendo armas de fogo têm chance muito maior de resultarem em morte do que aqueles que não envolveram armas.

 80)       Segundo estudo do New England Journal of Medicine (Estados Unidos, 1993), lares com armas de fogo correm mais risco de homicídios entre familiares do que lares sem armas.

 81)       As mulheres têm uma noção bastante diferente sobre a segurança daquela dos homens. Em termos gerais, as mulheres consideram a presença de armas de fogo em casa como uma ameaça, enquanto os homens se sentem mais seguros. Com freqüência, as armas se tornam um símbolo do poder masculino e são usadas para promover o uso da violência para solucionar conflitos.

 82)       Homens que trazem armas para casa tentando garantir a segurança da família estão na verdade pondo estas pessoas em maior risco. Dados do Violence Policy Center (Estados Unidos, 1999) revelam que uma arma de fogo em casa aumenta em cinco vezes o risco de suicídio para mulheres, enquanto o risco de homicídios de mulheres triplica.

 83)       A idéia de que ter uma arma em casa é um modo efetivo de proteção contra criminosos é errada. Vários estudos revelam que é muito mais provável que o indivíduo use uma arma contra seu parceiro ou parceria, ou ainda contra um membro da família, do que a use contra um estranho.

 84)       A violência está demais. A taxa de homicídios por arma de fogo no Brasil é cinco vezez mais alta do que nos EUA, um país violento.

 85)       O jovem é uma grande vítima. No Rio de Janeiro, morrem por arma de fogo 24 vezes mais homens do que mulheres na população de 14 a 24 anos.

 86)       O jovem carioca corre 55 mais de chances de ser morto por arma de fogo do que um jovem nos Estados Unidos, país que também é violento.

 87)       Ter arma em casa é um perigo. Todas as pesquisas sérias sobre o uso de arma concluem que ela é muito mais um risco do que uma boa defesa, o alegado “direito de defesa” de o homem ter uma arma para proteger sua casa, na verdade viola o direito de sua família à segurança.

 88)       Segundo pesquisa feita nos Estados Unidos, uma arma de fogo em casa têm 22 vezes mais chances de ser usada em homicídios, acidentes ou suicídios do que para defesa.

 89)       O assassino por ser você.

 90)       Nos Estados Unidos, 14% das vítimas de armas de fogo entre 1976 e 2000 foram mortas por familiares, 37,3% por conhecidos, e apenas 15% por estranhos, segundo o Ministério da Justiça daquele país. No Rio, um em cada três crimes com vítimas de arma de fogo envolve uma pessoa conhecida, como parente, amigo, colega, vizinho ou empregado.

 91)       Armas causam graves acidentes. No Brasil, os acidentes são a principal causa de internação de crianças com lesões por arma de fogo. Crianças sentem grande atração por armas.

 92)       Armas são usada em suicídios. A cada dia morrem em média quatro brasileiros pro suicídio com arma de fogo.

 93)       “Quem reage morre”. Na maioria dos casos em que o cidadão tente reagir com uma arma a um assalto, o resultado é trágico para a vítima.

 94)       Tirar armas de circulação ajuda a desarmar o bandido. No Rio, um terço (33%) das armas do crime foi comprado legalmente, por “homens de bem” e posteriormente acabou caindo nas mãos erradas.

 95)       As armas de fogo matam mais. Quando a agressão é feita com arma de fogo, a vítima corre duas vezes mais risco de morrer do que quando se usa outro tipo de arma.

 96)       As mulheres são a favor do desarmamento. As mulheres não gostam de arma porque, quando o homem mata ou morre pelo uso de arma, a mulher assume a dor e o sustento da família. A violência armada é um problema criado por homens mal-informados ou inseguros. Cabe às mulheres convencer os homens das trágicas conseqüências do uso de armas. Daí o slogam feminino “Arma Não! Ela ou Eu!”

 97)       No município do Rio, 94 dos que morrem por arma de fogo são homens.

 98)       O risco de um homem de 20 a 24 anos morrer por arma de fogo no município do Rio é 30 vezes mais alto do que de uma mulher na mesma faixa etária.

 99)       A Campanha do Desarmamento já faz efeito: No Paraná, a Campanha já reduziu em 20% o número de homicídios e em 34 as ocorrências com arma de fogo.

 100)  A campanha de entrega de armas é a oportunidade que você tem de se desfazer de sua arma e ser remunerado pelo governo, dentro da lei. Você pode receber de R$100 a R$300 de indenização. A partir de Outubro, quem tiver arma não registrada poderá ser preso. Quem tem uma arma, tem um problema. Essa campanha está aí para ajudar você a resolve-lo.

Referendo documentário sobre o desarmamento no Brasil.

Este filme estreia em: 21 de Setembro de 2012 Documentário sobre a questão do desarmamento em nosso país, um tema polêmico por tocar em questões muito delicadas. No dia 23 de outubro de 2005, o Brasil votou em uma eleição incomum. Não se tratava de eleger partidos ou representantes para cargos legislativos ou executivos. A questão era responder “sim” ou “não” a uma única pergunta: “O comércio de armas e munição deve ser proibido no Brasil?” A discussão, que teve início na época, perdura até hoje, pois diz respeito a cada um de nós. FICHA TÉCNICA Diretor: Jaime Lerner Elenco: Produção: Ismael Moraes Roteiro: Jaime Lerner Fotografia: Jaime Lerner Trilha Sonora: Daniel Sá Duração: 90 min. Ano: 2012 País: Brasil Gênero: Documentário Cor: Colorido Distribuidora: Não definida Estúdio: Manga Rosa Filmes, Usina Ideias, Visom Digital Classificação: Livre

Veja o filme ARMADOS documentário TV Futura 

O Brasil, uma nação que não está em guerra e não tem nenhum conflito interno, está entre os países onde mais se mata e morre por armas de fogo. Esta foi a surpreendente conclusão da Organização Mundial da Saúde em seu último estudo sobre o tema e que nos faz refletir no documentário sobre o impacto dessas armas na saúde e nos direitos humanos do brasileiro. “Armados” é uma co-produção do Canal Futura e da TVa2 Produções e estreia na grade do Canal Futura no dia 19/04, às 21h

VENCEDORES:  Mostra Curta Tudo sob a ótica de júri popular

Em 3º lugar: Cabeça Papelão de Quiá Rodrigues

Em 2º lugar: Antônio e Maria de Sandoval Dourado

Em 1º lugar: Aquém das nuvens de Renata Martins

Mostra Principal sob a ótica de júri popular

Melhor filme de curta duração documentário: Praça do Skate de Paulo China

Melhor filme de curta duração ficção: Nuestra arma es nuestra lengua de Cristian Cartier Ballve

Melhor filme de longa duração documentário: Belo Monte anúncio de uma guerra de André D’Elia

Melhor filme de longa duração ficção: Farts of fury (Peidos de fúria) de Andres Maimik e Rain Tolk

Mostra principal sob a ótica do júri oficial

Melhor filme brasileiro de curta duração documentário: Praça do Skate de Paulo China

Melhor filme brasileiro de curta duração ficção: A Libélula e o Sapinho de Carlos Avalone

Melhor filme estrangeiro de curta duração documentário: Meu nome é Bongo de Cecília Engels

Melhor filme estrangeiro de curta duração ficção: Nuestra arma es nuestra lengua de Cristian Cartier Ballve

Melhor filme brasileiro de longa duração documentário: Armados de Rodrigo Mac Niven

Melhor filme brasileiro de longa duração ficção: Ritos de passagem de Chico Liberato

Melhor filme estrangeiro de longa duração: Farts of fury (Peidos de fúria) de Andres Maimik e Rain Tolk

O Júri Oficial do Festival concede a título de menção honrosa o troféu Esquina do Mundo para os filmes:

 Belo Monte anúncio de uma guerra de André D’Elia

Luminaris de Juan Pablo Zaramella

Não deixe Joana só de Cecília Engels

” 7º ABRAÇOS GRATIS”

Intervenção do Movimento pela Paz e Não-Violência na av Saul Elkind

Neste SÁBADO 31 AGOSTO  2013 (das 10:30 ás 13 h), integrantes do Movimento pela Paz e Não-Violência (COMPAZ , Movimento Nós Podemos Londrina, ONG Londrina Pazeando e outros, realizarão uma intervenção na av Saul Elkind 790 – no 5 conjuntos – em frente ao Centro Cultural Lupércio Luppi.

Cada participante do “abraço” levará um cartaz “escrito com sua própria letra”, com os dizeres “Abraços Grátis”. A proposta é mostrar este cartaz ao londrinense que estiver passando pela av Saul Elkind neste horário, e com sua concordância… abraçá-lo.

Com o gesto, o movimento quer resgatar valores humanos como o “cumprimentar” as pessoas na rua, “dar a mão”, abraçar, sorrir, balançar a cabeça em cumprimento.

Atitudes simples mas muito humanas e que nos dias atuais estão sendo pouco “cultivadas” pelas pessoas, e que muitas vezes andam pelas calçadas com desconfiança e medo do “outro transeunte”.

GENTE vem com a GENTE !!!

FONTE: http://noticias.br.msn.com/mundo/jovens-s%C3%A3o-presos-por-dar-abra%C3%A7os-gr%C3%A1tis-na-ar%C3%A1bia-saudita-1

Atualizado: 21/11/2013 19:34 | Por BBC, BBC Brasil

Jovens são presos por dar ‘abraços grátis’ na Arábia Saudita

Dois homens foram presos na Arábia Saudita por oferecer ‘abraços grátis’ nas ruas de Riad.

A polícia religiosa saudita deteve os dois jovens pelos crimes de ‘incentivar práticas exóticas’ e ofender a ordem pública.

O movimento de abraços grátis propõe ‘iluminar’ as vidas das pessoas ao oferecer abraços a estranhos.

O jovem saudita Bandr al-Swed publicou um vídeo no YouTube no qual aparece oferecendo abraços a homens desconhecidos que passam na rua. Mais de 1,5 milhão de pessoas assistiram ao vídeo.

‘Após ver a ‘Campanha de Abraços Grátis’ em muitos países diferentes, decidi fazer isso em meu próprio país’, disse Swed à TV al-Arabiya. ‘Gostei da ideia e pensei que ela poderia levar felicidade à Arábia Saudita.’ Sharia

Segundo o jornal britânico Independent, o vídeo inspirou outros dois jovens sauditas: Abdulrahman al-Khayyal e um amigo.

A dupla então foi a uma das principais ruas de Riad e começou a oferecer abraços, anunciando o ‘serviço’ em um letreiro.

Os dois foram rapidamente presos pela polícia religiosa local, órgão da Comissão para a Promoção da Virtude e Prevenção do Vício encarregada de assegurar o cumprimento da sharia (lei islâmica) no país.

Os dois suspeitos foram libertados após assinar um documento prometendo que não voltariam a oferecer abraços na rua.

A polícia religiosa atraiu críticas por seu papel em um incêndio, em 2002, em uma escola em Mecca, no qual 15 meninas morreram. A polícia foi acusada de manter as crianças na escola durante o incêndio por elas não estarem adequadamente vestidas para sair.

VEJA TODOS OS REGULAMENTOS DAS NOITES (clique aqui)

Conforme reunião do COMPAZ Conselho Municipal de Cultura de Paz, em 02/agosto/2017 ficou determinado a PRORROGAÇÃO PARA NOVAS INSCRIÇÕES até o dia 25/agosto/2017 SEXTA feira às 24h.

VEJA AS MÚSICAS NO YOUTUBE (clique aqui)

Regulamento da 13ª Noite de Cultura de Paz FESTIVAL DE MÚSICA

Baixe o Regulamento em PDF (clique aqui) O COMPAZ E A ESCOLA CAMINHANDO JUNTOS NA CONSTRUÇÃO DA CULTURA DE PAZ  (publicado em 02/02/2017)

(CLIQUE AQUI)

1- REGULAMENTO (abaixo)
2- CANAL DE MÚSICAS (clique aqui)
3- VIDEOCLIPE em construçao – áudio (clique aqui) 

17ª Semana Municipal da Paz (de 23/set até 01/outubro)TEMA: “Em 2017 temos os 17 Jeitos de Mudar o Mundo – Paz e Justiça Restaurativa ODS 16” 

 OBJETIVO:

Art. 1º Mobilização de MUSICOS e POETAS para produção de MUSICAS e LETRAS para evento que reúna diversos ritmos musicais (forro, hap, sertaneja, pop, roque entre outros) com o sentido de promoção da Cultura de Paz e Justiça Restaurativa, tendo como referência aos ODS Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que tem como origem dos ODM Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ano de 2000) e sua relação com Cultura da Paz, propiciando integração, crescimento e conscientização sobre as muitas formas de melhorar o Mundo.Como diretrizes para as letras fazem parte deste regulamento os seguintes textos encontrados no linkhttp://www.siteantigo.londrinapazeando.org.br/index.php/unesco

  1. Manifesto 2000
  2. Declaração sobre uma Cultura de Paz, 13 de setembro de 1999
  3. Campanha Global de Educação para a Paz, lançada em Haia em 1999
  4. Manifesto de Sevilha
  5. Conferência do Apelo de Haia pela Paz, celebrada nos dias 12 a 15 de maio de 1999
  6. Declaração Universal dos Direitos Humanos 10 de dezembro 1948
  7. Declaração de Princípios sobre a Tolerância aprovada pela Conferência Geral da UNESCO em sua 28ª reunião Paris
  8. Também temos referencias de letras e melodias no link http://www.siteantigo.londrinapazeando.org.br/index.php/audio

§ 1º – Esta mobilização está integrada com a 15ª coletânea de textos e desenhos para publicação do livro Londrina Pazeando 2017 cujo tema deste ano é “Em 2017 temos os 17 Jeitos de Mudar o Mundo – Paz e Justiça Restaurativa no ODS 16” e a contextualização e fundamentação teórica está em ANEXO no final deste regulamento.

DO LOCAL, DATA E HORÁRIO:

Art. 2º O evento será realizado na data de 28/set/2017, Quinta-Feira, das 19:00 às 21:00 horas. Com o incêndio do Teatro Ouro Verde, transferimos evento, até sua nova construção, para Igreja Nova Aliança (endereço é Rua Cuiabá, 48 esquina com Rio Grande do Norte – Centro.)

DAS INSCRIÇÕES:

Art. 3º Participarão da 13ª Noite de Cultura de Paz – FESTIVAL DE MÚSICA,
§ 1º – A inscrição será efetuada até o dia 31/julho/2017, através do seguinte procedimento:
a- FICHA DE INSCRIÇÃO (abaixo) constante neste regulamento, e de um
b- VÍDEO DA APRESENTAÇÃO que poderá ser gravado por celular ou outro aparelho qualquer, uma versão na íntegra, como será apresentada no festival.

DAS FAIXAS ETÁRIAS DOS ARTISTAS:

1.    Infantil até 12 anos
2.    Adolescentes de 12 a 18 anos
3.    Adultos acima de 18 anos

Até 18 anos as INSCRIÇÕES serão aceitas através das ESCOLAS através da Secretaria Municipal de Educação, NRE – Núcelo Regional de Educação e SINEPE.
Acima de 18 anos serão realizadas pelo COMPAZ no SINCOVAL Rua Gov. Parigot de Souza, 220 em Londrina Pr fones 43.99996-1283 Luis e ou Charleston 43.99995-8939

A Ficha de Inscrição preenchida no Word e o VÍDEO deverão ser gravados em um CD e ou MÍDIA DVD e entregue nos locais a seguir:

1- Escolas Públicas da Rede Estadual – NRE de Londrina – fone 3371-1346/44/45
2- Escolas Públicas da Rede Municipal – Sec. Municipal de Educação/ Diretoria Pedagógica/ Gerência de Ensino Fundamental – fone 3375-0113
3- Escolas da Rede Particular – SINEPE – fone 3342-1990

*** os candidatos selecionados serão convidados a postar seus VÍDEOS  no You Tube e mandar para comissão organizadora o link 

§ 2º – Os candidatos selecionados para participarem da 13ª Noitede Cultura de Paz -FESTIVAL DE MÚSICA receberão da comissão organizadora um “e-mail de confirmação” e um telefonema até15/agosto/2017.
§ 3º – Os candidatos selecionados inscritos deverão guardar estreita relação com a temática:“Justiça Restaurativa e a Construção da Cultura de Paz” – ODS 16 Paz e Justiça. ”
§ 4º – As composições deverão ser inéditas, originais e ter duração de até 05 minutos por MÚSICA
§ 5º – As inscrições via Escolas no máximo 3 MUSICAS inscritas e respeitado o tempo limite 05 minutos.
§ 6º – Para efetivar a inscrição será exigida Ficha de Inscrição (anexo a este regulamento) devidamente preenchida, não sendo cobrada qualquer taxa de inscrição.

Obs.: É de total responsabilidade da Escola a autorização dos pais para a participação de seus alunos na Noite de Cultura de Paz e FESTIVAL DE MÚSICA representando a Escola no Festival, 

DA ORGANIZAÇÃO:

Art. 4º A organização do evento é responsabilidade do COMPAZ – Conselho Municipal de Cultura de Paz de Londrina.

§ 1º – Os músicos (e letristas) poderão contar com equipamentos de luz e som conforme estrutura disponível no local da apresentação. Qualquer outro recurso de seu interesse será de sua responsabilidade e previamente combinado e autorizado pela equipe técnica do local.
§ 2º – Será agendada reunião com todos os coordenadores (ou representantes) das apresentações inscritas no início de setembro de 2017, dia 13/setembro/2017 QUARTA-FEIRA de TARDE ( *vamos ligar para confirnar) , na qual serão acertados os detalhes finais das atividades. O material multimídia a ser utilizado no evento deverá ser entregue à equipe organizadora nesta data, para instalação e testes prévios. Não havendo participação nessa reunião a Escola e ou Candidato será afastado do programa dada a impossibilidade de improvisar recursos.
§ 3º – A possibilidade de uso do espaço para ensaio será discutida e organizada na reunião final de organização, com os Coordenadores.
§ 4º – A ordem de apresentação no evento será decidida pela comissão organizadora e anunciada pelo cerimonial no decorrer do espetáculo. Os músicos/BANDAS deverão estar atentos a chamadas. Todos deverão estar trinta minutos antes do espetáculo prontos para se apresentarem, e será vedada a participação aos que chegarem atrasados, cabendo a comissão sempre avaliar os casos.
§ 5º – Todos os participantes deverão permanecer até o final do evento, independentemente de sua ordem de apresentação, para receber a premiação – primeiro, segundo e terceiro por cada categoria.1.Infantil até 12 anos2.Adolescentes de 12 a 18 anos3.Adultos acima de 18 anos 

Art. 5º – Serão entregues Certificados de Participação para cada músico que se apresente na 13ª Noite de Cultura de Paz 2017 -FESTIVAL DE MÚSICA ao final de TODAS as apresentações. 

DAS DISPOSIÇÕES GERAIS:

Art. 6º – Transporte e alimentação, ou qualquer outro elemento que seja necessário aos inscritos, serão de responsabilidade das respectivas Escolas e ou de seus pais (ou responsáveis) . E dos músicos/banda no caso de maiores

Art. 7º – Os participantes renunciam a qualquer pagamento a título de direitos autorais dos trabalhos inscritos e autorizam o COMPAZ e a Organização Londrina Pazeando a divulgá-los. Todas as apresentações musicais serão gravadas (coletivamente e também individual) e postada em Canal da Organização Londrina Pazeando no You Tube, e utilizadas pelo Movimento Pela Paz para divulgar em suas atividades de Construção da Cultura de Paz.

Art. 8º – O participante que fizer qualquer tipo de manifestação político-partidária ou que ataque a integridade moral ou física de qualquer cidadão ou entidade será impedido de dar continuidade à sua apresentação e convidado a se retirar.

Art. 9º – Os casos omissos no presente regulamento serão resolvidos pela Comissão Organizadora do COMPAZ.

Art. 10º– A comissão organizadora poderá apresentar no máximo 2 vídeos (reportagem/ institucional ) de no máximo 2 minutos cada no início e ou no transcorrer do evento.

Art. 11º – Este regulamento entrará em vigor a partir de 02/02/2017.

Art.12ª– Será apresentado ao final do FESTIVAL DE MÚSICA um VT VÍDEO CLIP produzido pelo COMPAZ e PAZEANDO com um grupo cantores músicos e compositores de Londrina, sobre os 17 Anos do Movimento pela Paz e Não-Violência em Londrina, com o título “Londrina Cidade da Paz”. É proposta que o grupo esteja presente e também se apresentem ao VIVO. 

Comissão Organizadora – COMPAZ Conselho Municipal de Cultura de Paz

ANEXO ao regulamento 13ª Noite de Cultura de Paz – FESTIVAL DE MÚSICA FUNDAMENTAÇÃO – Cultura de Paz /ONU

O que é Cultura de Paz e qual sua relação com os ODM Objetivo de Desenvolvimento do Milênio e agora a partir de 2016 com os ODS Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

O ano de 1999 foi proposto pela ONU como Ano Internacional da Cultura de Paz e 2000-2010 a década para a superação da violência para as crianças do mundo, pela UNESCO.
A ONU definiu cultura de paz na Declaração e Programa de Ação sobre uma Cultura de Paz, em 13 de setembro de 1999, da seguinte maneira:        

“Uma Cultura de Paz é um conjunto de valores, atitudes, tradições, comportamentos e estilos de vida baseados:
No respeito à vida, no fim da violência e na promoção e prática da não-violência por meio da educação, do diálogo e da cooperação;
No pleno respeito aos princípios de soberania, integridade territorial e independência política dos Estados e de não ingerência nos assuntos que são, essencialmente, de jurisdição interna dos Estados, em conformidade com a Carta das Nações Unidas e o direito internacional;
No pleno respeito e na promoção de todos os direitos humanos e liberdades fundamentais;
No compromisso com a solução pacífica dos conflitos;
Nos esforços para satisfazer as necessidades de desenvolvimento e proteção do meio-ambiente para as gerações presente e futuras;
No respeito e promoção do direito ao desenvolvimento;
No respeito e fomento à igualdade de direitos e oportunidades de mulheres e homens;
No respeito e fomento ao direito de todas as pessoas à liberdade de expressão, opinião e informação;
Na adesão aos princípios de liberdade, justiça, democracia, tolerância, solidariedade, cooperação, pluralismo, diversidade cultural, diálogo e entendimento em todos os níveis da sociedade e entre as nações;
e animados por uma atmosfera nacional e internacional que favoreça a paz.” 

ANO DE 2000

Também em2000 propõe-se então um documento histórico para o novo século que reflete as preocupações de 147 Chefes de Estado e de Governo e de 191 países -os 8 Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, que são:1 – Erradicar a pobreza extrema e a fome2 – Educação Básica de qualidade para todos3 – Promover igualdade de gênero e dar poder às mulheres4 – Reduzir a mortalidade infantil5 – Melhorar a saúde das gestantes6 – Combater HIV/AIDS, malária e outras doenças7 – Assegurar sustentabilidade ambiental8 – Desenvolver uma parceria global para o desenvolvimento sustentável (menos armas e mais investimentos nos ODM) 

ANO DE 2016 os ODS 

Os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio mostram que metas funcionam. Eles ajudaram a acabar com a pobreza, mas não completamente.



 As Nações Unidas estão agora em um progresso de definição dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) como parte de uma nova agenda de desenvolvimento sustentável que deve finalizar o trabalho dos ODMs e não deixar ninguém para trás. Essa agenda, que foi lançada em setembro de 2015 durante a Cúpula de Desenvolvimento Sustentável, foi discutida na Assembleia Geral da ONU, onde os Estados-membros e a sociedade civil negociaram suas contribuições, com uma agenda para 2030.O processo rumo à agenda de desenvolvimento pós-2015 foi liderado pelos Estados-membros com a participação dos principais grupos e partes interessadas da sociedade civil. A agenda refletiu sobre os novos desafios de desenvolvimento e está ligada ao resultado da Rio +20 – a Conferência da ONU sobre Desenvolvimento Sustentável – que foi realizada em junho de 2012 no Rio de Janeiro, Brasil. 

CONTEXTUALIZAÇÃO: O QUE É JUSTIÇA RESTAURATIVA– É uma proposta de aplicação da justiça na qual se busca o atendimento das necessidades da vítima ao mesmo tempo em que o agressor é convocado a participar do processo de reparação do dano, visando um processo produtivo e de reintegração à sociedade, em lugar da simples pena punitiva. Para definir o que é a justiça restaurativa, nada melhor do que a sugestão presente na resolução 2002/12 do Conselho Econômico e Social das Nações Unidas, quando este faz a recomendação da justiça restaurativa a todos os países. De forma bastante tautológica, define que: 

“Programa de Justiça Restaurativa significa qualquer programa que use processos restaurativos e objetive atingir resultados restaurativos.” e avança, dizendo que esses Processos Restaurativos são quaisquer processos onde vítima e ofensor, bem como demais outros indivíduos ou membros da comunidade que foram afetados pelo conflito em questão, participam ativamente na resolução das questões oriundas desse conflito, geralmente com a ajuda de um facilitador. Fonte http://pt.wikipedia.org/wiki/Justi%C3%A7a_restaurativa

CIRCULO RESTAURATIVO: – É um encontro entre pessoas diretamente envolvidas em uma situação de violência ou conflito, seus familiares, seus amigos e a comunidade. Este encontro, orientado por um coordenador, segue um roteiro pré-determinado, proporcionando um espaço seguro e protegido onde as pessoas podem abordar o problema e construir soluções para o futuro.O procedimento como um todo se divide em três etapas: o pré-círculo (preparação para o encontro com os participantes); o círculo (realização do encontro propriamente dito) e o pós-círculo (acompanhamento). O Círculo não se destina a apontar culpados ou vítimas, nem a buscar o perdão e a reconciliação, mas a percepção de que nossas ações nos afetam e afetam aos outros, e que somos responsáveis por seus efeitos. Fonte  http://justica21.web1119.kinghost.net/

PRÁTICAS RESTAURATIVAS: As práticas restaurativas compreendem um conceito ampliado de justiça, e, assim, transcendem a aplicação meramente judicial de princípios e valores da Justiça Restaurativa. Além do campo da justiça institucional, as reflexões propostas pelo modelo Restaurativo permitem visualizar e reconfigurar a forma como atuamos nas atividades judicativas que exercemos quotidianamente, em nossos relacionamentos, nas instâncias informais de julgamentos, em ambientes como a família, escola ou trabalho.Por isso, embora partindo do âmago do Sistema Jurídico e confrontando concretamente as práticas da Justiça Institucional, os princípios e métodos da Justiça Restaurativa podem ser estendidos aos mais diversos campos de aplicação, revelando grande potencial na resolução de conflitos e pacificação social. Fonte http://justica21.web1119.kinghost.net/ 

Bibliografia Justiça Restaurativa 

1. Site da Instruindo Práticas Restaurativas, Justiça para o Século 21 http://justica21.web1119.kinghost.net/
2. Conexão Cidadania #17 – Justiça Restaurativa – Canal do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Vídeo com 23 minutos. No tempo 19 minutos tem um circulo com alunos em Escola Pública de Caxias do Sul https://www.youtube.com/watch?v=MBrpIuoiDOA#t=123
3.Programa exibido na TV Justiça em 24 de fevereiro de 2014 sobre o trabalho da Justiça Restaurativa. Dentre os projetos, estão os desenvolvidos pela Coordenadoria da Infância e da Juventude do Tribunal de Justiça de São Paulo, idealizadora da Justiça Restaurativa no âmbito do Tribunal e no Estado. A Coordenadoria, por meio de seu Grupo Gestor da Justiça Restaurativa, implementou quatro projetos-piloto como “polos irradiadores”. A Justiça Restaurativa, algo revolucionário, tem real e efetiva força para mudar os paradigmas de convivência na sociedade e nas instituições, de forma a reverter o atual quadro de violência. VÍDEO https://www.youtube.com/watch?v=C0mSid0LVzg
4. TV BRASIL – Criada em dezembro de 2007, a TV Brasil é gerida pela Empresa Brasil de Comunicação (EBC), também responsável pela Agência Brasil, Radioagência Nacional, TV Brasil Internacional, Rádios MEC AM e FM, além das Rádios Nacional do Rio de Janeiro, Nacional AM e FM de Brasília, Nacional da Amazônia e Nacional do Alto Solimões. Repórter Brasil explica princípios da justiça restaurativa – VÍDEO 1 minuto e 25 segundos bem didático https://www.youtube.com/watch?v=BiuwK7Fy4ms
5. Na fala do rap, no passo do hip-hop e na estética do grafite, este vídeo mobiliza os jovens para os conceitos de justiça e mediação de conflitos. Apresenta o projeto “Jovens e seu potencial criativo na resolução de conflitos” — que capacita 750 jovens para atuarem como mediadores de conflitos nas escolas do Rio. Mais do que uma peça de divulgação do projeto, o vídeo tem grande potencial como ferramenta educativa, para mobilizar jovens, escolas, comunidade e todas as pessoas interessadas em participar da Justiça Restaurativa — uma nova forma de resolver situações de conflitos e violência. “Na Justiça Restaurativa o poder é com o outro, e não sobre o outro. É uma Justiça libertária, realmente libertária, devolvendo para a comunidade o poder que sempre foi dela, em parceria com o sistema de Justiça e em sintonia com o Estado democrático de direito. O juiz, o promotor, o defensor ressignificam suas atuações profissionais”, explica o juiz Egberto de A. Penido, um dos parceiros dos projetos de Justiça Restaurativa do CECIP em São Paulo. O vídeo entrevista especialistas em justiça e educação e pessoas envolvidas com círculos restaurativos em Heliópolis (SP), onde o CECIP atua desde 2006. Professores, pais, alunos e mediadores contam como foi a experiência de enfrentar uma situação grave de conflito — uma bomba que feriu pessoas na escola — a partir do diálogo e da tentativa de restauração dos danos causados. No lugar da punição pura e simples, o processo resultou em aprendizado e em melhoria geral da convivência na escola. “É preciso ouvir o outro lado”, reforçam os artistas que conduzem a narração/rap. O CECIP incentiva a utilização deste vídeo como instrumento de sensibilização em círculos restaurativos e capacitação de agentes de paz. Se você utilizar este material em seu projeto, relate sua experiência para nós!  Vamos trocar informações para aprimorar cada vez mais a Justiça Restaurativa no Brasil! Comunique-se com a gente pelo e-mail cecip@cecip.org.br. VÍDEO15’:22” CECIP Centro de Criação de Imagem Popular (www.cecip.org.br  ) https://www.youtube.com/watch?v=6DFlow8P1xA
6. Cultura de Paz e Justiça Restaurativa nas Escolas Municipais de Porto Alegre. – Esta publicação surgiu do desejo de compartilhar práticas educativas que promovam os valores da Cultura de Paz e da Justiça Restaurativa na Rede Municipal de Ensino. A exposição que se segue está estruturada em uma apresentação e quatro partes. Na apresentação, descrevemos, brevemente, os valores da Cultura de Paz, e contextualizamos esta publicação. Na primeira parte, apresentamos as produções referentes a Justiça Restaurativa, inicialmente com o título Educação e Justiça Restaurativa como possibilidade de uma radical novidade, e há um relato da parceira institucional com o projeto Justiça para o Século 21 – Instituindo Práticas Restaurativas, dando destaque a produção de singularidades ao propor outro olhar sobre a questão da resolução de conflitos; em “Repensando as relações pessoais na EMEF Nossa Senhora de Fátima”, a Coordenadora do projeto na escola Fabíola Albuquerque, narra a realização de Círculos Restaurativos neste ambiente; em A Justiça Restaurativa e a Cultura de Paz, a professora Ana Paula Araújo Gomes refere a adoção de práticas de prevenção – Cultura de Paz e Justiça Restaurativa – 7 da violência, na EMEF Migrantes, reflexões de seus alunos e da professora Elenir Tassi Cordeiro; em Reflexões sobre a paz de um Guarda Municipal na Escola, o guarda municipal Rosalvo da Cunha Bastos, conta sobre facilidades e dificuldades de conviver em comunidade; em A Orientação Educacional e a Justiça Restaurativa: aproximações e possibilidades, a professora Angélica Silva Sonntag, delineia suas questões sobre as possibilidades da utilização da Comunicação não-violenta e dos valores da Justiça Restaurativa no Serviço de Orientação Educacional. Fonte http://justica21.web1119.kinghost.net/

Material disponível sobre Movimento pela Paz e Não-Violência em Londrina

Internet site  www.londrinapazeando.org.br
Palestras  no YouTube https://www.youtube.com/channel/UCdqbjLL7EN8opar4rp1EuVA/videos?view=0
-Palestra Profª Lia Diskin “Redes de Convivência” (2010)
-Mídia e Violência – Mesa Redonda com editores dos veículos de comunicação de Londrina(UNOPAR 2009/2010/2011/2012 UEL 2013 e SENAI 2014 e 2015/2016)
– Palestra com Sociólogo Rangel Bandeira da Rede Desarma Brasil e ONG Viva Rio (2011)
– Palestra com Prof. Nei Salles do Núcleo de Estudos e Formação de Professores em Educação para a Paz e Convivências – NEP/UEPG durante a Conferência Municipal (2012 e 2014).
– Programa Cidades e Soluções da Globo News 2011 – Documentário de 22 minutos
– Documentário de entrega do 1ª Selo para as Lojas de Londrina que não vendem armas de brinquedo
– Inúmeras Reportagens sobre a campanha “Está provado por A+B arma não é brinquedo.” 

Bibliografias Sobre Cultura de Paz
GUIMARÃES, Marcelo Rezende. Cidadãos do presente: crianças e jovens na luta pela paz. SP: Saraiva, 2002. PAESTRA (2004) https://www.youtube.com/watch?v=P9eKvzhwvPA&t=11s
GUIMARÃES, Marcelo Rezende. Um Novo Mundo é possível. São Leopoldo/RS: Sinodal, 2004.
GUIMARÃES, Marcelo Rezende. Educação para a Paz – sentidos e dilemas. Caxias do Sul RS: Ed. da Universidade de Caixas do Sul, 2005.
MAGALHÃES, Dulce (org). A Paz como Caminho, São Cristóvão: RJ, Editora Qualitymark, 2006.
VON, Cristina. Cultura de Paz – o que os indivíduos, grupos, escolas e organizações podem fazer pela paz no mundo. Ed. Fundação Peiropólis, 2006. 

Siteswww.londrinapazeando.org.br – ONG Londrina Pazeando. Muitas as reportagens das televisões de Londrina, que tratam de assuntos do movimento pela paz e não-violência  desde 2002 estão publicadas.
http://www.siteantigo.londrinapazeando.org.br/index.php/gibis GIBI em PDF história da J.R. em Londrina
www.midiadepazparana.org.br – Mídia de Paz – banco de release de boas práticas
www.nospodemoslondrina.org.br – Nós Podemos Londrina/  Nós Podemos Paraná
www.comitepaz.org.br – Comitê Paulista para a Década da Cultura da Paz muitas palestras em áudio e vídeo sobre cultura de paz publicadas.
www.educapaz.org.br – ONG Educadores para a Paz
www.unesco.org.br – UNESCO
www.unipaz.org.br – UNIPAZ
www.soudapaz.org.br – SOU DA PAZ
www.vivario.org.br  – Viva Rio
www.agenciaculturadepaz.com.br – Agência Cultura de Paz
www.gentequefazapaz.org.br  Gente que faz Paz
www.ive.org.br  IVE imagens e vozes de esperança
www.ipaz.org – Mídia para a Paz
www.jovemdapaz.com.br – Prêmio Jovem da Paz
www.participacaopolitica.ning.com   Rede Desenvolvimento Local SESI/FIEP
www.deolhonoestatuto.org.br Rede Desarma Brasil
http://g1.globo.com/platb/globo-news-cidades-e-solucoes  Programa Cidades e Soluções (out/2011)
http://nacoesunidas.org/pos2015/  site da ONU no Brasil
https://www.youtube.com/user/unicrio  vídeos da ONU no You Tube
https://www.facebook.com/ONUBrasil/videos  facebook da ONU  

O COMPAZ E A ESCOLA CAMINHANDO JUNTOS  NA CONSTRUÇÃO DA PAZ

13ª NOITE DE CULTURA DE PAZ – FESTIVAL DE MÚSICA – SETEMBRO/2017

FICHA DE INSCRIÇÃO (e-mail paz@londrinapazeando.org.br)

*** OBS: ANEXAR A LETRA NO WORD DA MÚSICA, digitar a letra da musica abaixo.

I – Dados do Grupo:
Título da música: ………………………………………………………………………………………………
Número de cantores: ………………………..Tempo da apresentação ……………………….
Responsável pelo Grupo/individual: …………………………………………………………………
Telefone: ……………………….. Email: ……………………………………………………………………….
Telefone Celular : ………………………Email particular:…………………………………………..
Recursos utilizados: ……………………………………………………………………………………………

II – Dados da Escola Participante:
Nome:…………………………………………………………………………………………………………………..
Endereço:…………………………………………………………………………………………………………….
Bairro:………………………………………………..Cidade…………………………………………………….
Fone:…………………………………..  Email: …………………………………………………………………..
Diretor(a):…………………………………………………………………………………………………………….

TEXTO COM NO MÁXIMO 10 LINHAS:este texto será lido pelo cerimonial no dia da apresentação e deverá (poderá) falar da escola, do grupo (do músico e poeta letrista) que se apresenta. Texto complementará a compreensão das pessoas que estarão assistindo. Este texto também será publicado no site da programação da 17ª Semana Municipal de Paz de Londrina e Região
1…………………………………………………………………………………………………..
2…………………………………………………………………………………………………..
3…………………………………………………………………………………………………..
4…………………………………………………………………………………………………..
5…………………………………………………………………………………………………..
6…………………………………………………………………………………………………..
7…………………………………………………………………………………………………..
8…………………………………………………………………………………………………..
9…………………………………………………………………………………………………..
10………………………………………………………………………………………………… 

*** OBS: ANEXAR A LETRA NO WORD DA MÚSICA, digitar a letra da musica abaixo.

____________________________________________________
Local, data, responsável
enviar para o e-mail paz@londrinapazeando.org.br


10° Abraço no Lago pela Paz – Vista Aérea

2019 AGENDEM-SE PARA PARTICIPAR DA ORGANIZAÇÃO

PRIMEIRA – 26/julho Reunião de trabalho ampliada (11º abraço no lago) 
SEGUNDA – 31/julho Reunião de trabalho ampliada (11°abraço no lago) 
TERCEIRA – 28/agosto Reunião de trabalho ampliada (11°abraço no lago)
ÚLTIMA 11/setembro Reunião de trabalho ampliada (11°abraço no lago)  

*Local: Museu Histórico de Londrina, na Rua Benjamin Constant, 900 – Centro, antiga estação ferroviária em Londrina Pr

ABRAÇO NO LAGO IGAPÓ II   2019

FILOSOFIA  DO EVENTO ABRAÇO NO LAGO :

A INTENÇÃO É ABRAÇAR LONDRINA E REGIÃO  DESEJANDO MUITA PAZ PARA TODOS !

Utilizando as bandeiras  do COMPAZ,  do PAZEANDO, Internacional da PAZ, dos ODS Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis do Milênio (ONU)  “os 17 jeitos de mudar o mundo”, bem como faixas, cartazes, camisetas brancas,  ou camisetas coloridas.

Todas as pessoas PODEM  “manifestar sua  paz” livremente. Também as pessoas que pertençam a um grupos em uma  empresa,  no governo, nas  associações, nos sindicatos e outros segmentos.  
Quem pode participar do abraço?
– quem quiser manifestar seu sentimento de Paz para Londrina e Região  e para o Mundo. 
Quem pode ajuda/r a organizar?
 – todos que estiverem sentindo a necessidade de um Planeta com mais Paz e harmonia e sustentabilidade.Eu vou com  guarda-CHUVA  ou com guarda-SOL manifestar minha paz no ABRAÇO NO LAGO PELA PAZ EM 2018
VENHA PARTICIPAR EM 2018 coloque seu nome na lista, CONVIDE SEUS AMIGOS !!!

DOMINGO 22 de SETEMBRO 2019  9h

Eu vou com  guarda-CHUVA  ou com guarda-SOL manifestar minha paz no ABRAÇO NO LAGO.

INSCRIÇÕES INDIVIDUAIS:>>>NÃO É NECESSÁRIO INSCRIÇÕES INDIVIDUAIS – É SÓ IR E PARTICIPAR

FAÇA PELO FACEBOOK  e veja quem já confirmou presença
 https://www.facebook.com/events/1849043018558265

FRONTPAGE https://www.facebook.com/Abraconolago/

INSCRIÇÕES DE GRUPOS: para os grupos como escolas, empresas, associações e ou outros – os grupos musicais, corais, artísticos.  Vamos marcar um ponto para seu grupo de te avisar por e-mail. (ENTRAR NO BOTÃO INSCRIÇÃO)

MAPA DE LOCALIZAÇÃO E HORÁRIOS DOS GRUPOS QUE IRÃO SE APRESENTAR
Concentração a partir das 07:30hs (organizadores) no dia 22/setembro/2019 DOMINGO

1- INÍCIO APRESENTAÇÕES:09:30 hs ás 10:00hs ( todos os grupos que se apresentarão iniciarão suas apresentações às 09:30 hs tendo 30 minutos para isto)

2- ABRAÇO NO LAGO : 10:00 ás 10:30 hs (neste horário as pessoas vão se posicionar no entorno do lago “NEM TODOS” farão a volta completa, assim as pessoas poderão permanecer nos pontos de apresentação dos grupos musicais. O evento consistirá em darmos as mãos lado-a-lado. JUNTOS vamos pactuar um acordo de PAZ, nos comprometendo coletivamente a vivenciarmos em nossas relações sociais com mais tolerância e harmonia.

3- CAMINHADA COMPAZ COM BANDEIRAS ( 10:30 ás 11:00 hs) Os Grupos de música e outros voltarão a cantar (se apresentar) e as pessoas poderão “IR PASSANDO” em uma caminhada e vendo as várias apresentações “pelo caminho” gerando uma grande integração. TODOS QUE QUISEREM CAMINHAR para ver os  grupos cantando deverão iniciar a caminhada do ponto em que estiverem FAZENDO VOLTA  no sentido HORÁRIO.

MARCAÇÃO DOS PONTOS DE ENCONTRO:

No dia do evento estarão marcados os pontos de encontro dos grupos que se apresentarão e TAMBÉM das escolas que marcarem de se encontrar no lago. Aqui no site a foto ilustra aproximadamente o local de encontro. Procure seu “grupo” ou “escola” e no dia já chegue no seu ponto de encontro.  

META PARA 2019

A CADA 40 METROS UM GRUPO SE APRESENTANDO ( serão 60 grupos)

Veja resumo detalhado de todas as REUNIÕES de organização (clique aqui) 

VEJA FOTOS NO FLIKER (clique aqui)

Regulamento para Escolas, Empresas, Associações e outros grupos

2019 – Inscrição de grupos abraço no lago (escolas, empresas, associações, corais, artistas TODOS OS GRUPOS)

ABRAÇO NO LAGO IGAPÓ II – SETEMBRO/2019 

Lago Igapó II – 22/setembro/19 DOMINGO – início 09h30 / encerramento 11h00.
Os grupos deverão estar no local com antecedência de 30 minutos, ou seja ás 9:00h 

FICHA DE INSCRIÇÃO para GRUPOS

(   ) ESCOLAS 
(   ) EMPRESAS
(   ) ASSOCIAÇÕES DE BAIRROS(   ) CORAIS, MUSICAS, ARTISTAS
(   ) Outras Organizações _______________________________  

[SIM serão válidas inscrições por e-mail,  COPIE E COLE AS PERGUNTAS ABAIXO ]
E-mail paz@londrinapazeando.org.br  

Para os grupos “tipo corais” ou “de música” ou artistas, deverão “se apresentarem” das 09:30 às10:00h e também podem se apresentarem depois do abraço novamente.No caso dos grupos como uma escolas, empresas, associações e outros NÃO É NECESSÁRIO apresentarem-se, cantando, dançando, ou fazendo qualquer atividade. Mas podem se quiserem levar uma faixa, ir com camiseta do grupo, ou outra forma de manifestar paz e o manter a identidade do grupo.

Dados do Grupo:

 Nome do grupo: ……………………………………………………………
Entidade/Instituição a qual pertence: …………………………………
Responsável pela inscrição: ……………………………………………..
N° aproximado de participantes:…………………………………………
Fone(s) para contato:……………………………………………………….
Celular : …………………..E-mail:………………………………………….
OUTRAS INFORMAÇÕES………………………………………………. 

Mantivemos os inscritos de 2018 e vamos receber as confirmações ao longo do tempo! 

1- Confirme a participação de seu grupo por e-mail paz@londrinapazeando.org.br
2- Se alguma informação mudou mande a atualização

  2019 DÚVIDA LIGUE PARA: Luis Cláudio Galhardi Telefone: 3294-5200 /9.9996-1283 Leozita Baggio Vieira Telefone: 3322-1788 / 9.8408-7463 Maria Aparecida Prandini Pereira 9.9919-6000  
01 CONFIRMADO >>>> Nome do grupo: ACIL – Associação Comercial e Industrial de Londrina, CME – Conselho da Mulher Empresária – CONJOVE Entidade/Instituição a qual pertence: ACIL Responsáveis: Marisol Chiesa Endereço correio: Rua Minas Gerais, 297. Edifício Palácio do Comércio CEP 86010 Bairro: Centro   Cidade: Londrina N° aproximado de participantes: 30 pessoas. Fone (s) para contato: 3374-3000 Telefone Celular: 43.99988-1701 E-mail instituição (s): marisol1701@gmail.com
02 CONFIRMADO >>> Nome do grupo: Fórum Desenvolve Londrina Responsáveis: Presidente Ary Sudan 3324 – 2034  Endereço correio: Rua João XXIII, 265 Cidade: Londrina N° aproximado de participantes: 30 pessoas E-mail instituição: forumdesenvolve@sercomtel.com.br   AGUARDANDO CONFIRMAR >> Nome do grupo: Capitulo DeMolay União Londrinense nº 176 Entidade Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil Responsável pela inscrição: Leonardo Almeida Paci Nº Aproximado de participantes: 10 pessoas Fone para contato: (14) 99755-5558 E-mail: Leonardo.paci@hotmail.com  
03 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: Grupo Capoeira Nagô Responsável pela inscrição: Jones Marcelo N° aproximado de participantes: 15 pessoas Fone(s) para contato: (43) 99117-4765 Celular :99101-7676 E-mail: rossanaroveri@hotmail.com  e  e-mail gomesmcrispim@hotmail.com  
04 Reservado para Rede do 3° Setor de Londrina   AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: SOMA Responsável pela inscrição: LEONICE VICENTE MATTOS n° aproximado de participantes:.03 Fone(s) para contato: 43- 3341-0136 Celular :43 9988-6533 E-mail: leonicevmattos@gmail.com  
05 Reservado para Rede do 3° Setor de Londrina   AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: Casa Acolhedora Responsável pela inscrição: Valéria Espinosa N° aproximado de participantes: 10 Fone(s) para contato: 3327-1326 Celular: 98418-4127 E-mail: valeria.casaacolhedora@yahoo.com.br  
06 Reservado para Rede do 3° Setor de Londrina   CONFIRMADO >>> Nome do grupo: Projeto Caridade no Domingo Responsável inscrição: Jorge Maldonado e Ana Leticia Accorsi N° aproximado participantes: 15 Fone: 33236453 / Celular: 998297375 E-mail: analeticiaaccorsi@gmail.com
07 Reservado para Rede do 3° Setor de Londrina

08 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: UNICESUMAR
Entidade/Instituição a qual pertence: Centro de Ensino Superior de Maringá Ltda
Responsável: Wagner Balaguer
Endereço correio: Av. Santa Mônica, 450 – CEP: 86027-610
Bairros: Santa Terezinha – Cidade: Londrina
N° aproximado de participantes: 10 colaboradores e aproximadamente 50 alunos.
Fone(s) para contato: (43) 3027-6361 Telefone Celular :  43 99166 0311
E-mail instituição (s): londrina@unicesumar.edu.br  
09 Nome do grupo: Associação Espaço Thalita Cumi Entidade/Instituição a qual pertence: Filantrópica  Responsável: Cleuza Souza Assis Oliveira  Endereço correio: Rua José Alceu Gimenez n°174 CEP:86040740  Bairros: Monte Carlo Cidade: Londrina N° aproximado de participantes: 40 Telefone(s) para contato: 984525726
Telefone Celular : 984525726 E-mail particular: thalitacumiprojeto@gmail.com E-mail instituição (s): thalitacumiprojeto@gmail.com   CONFIRMADO >>> Nome do grupo: Centro de Apoio ao Paciente com Câncer CAPCBRASIL Entidade/Instituição a qual pertence: Filantrópica 
Responsável 2017: João Batista Gomes Simão E-mail  gestaoss@alapar.com.br    Endereço correio: Av. Harry Prochet, 1055 JD Mediterrâneo Londrina-Pr  
10 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: CVV – SOVIDA Associação Voluntários da Vida Responsável 2016: Valdete Ramanauskas E-mail vnauskas@gmail.com
Responsável 2017: Deoclecio Moraes. E-mail deocleciomsf@gmail.com
Responsável 2018: Aparecido Carlos Beltrami. E-mailacbeltrami2010@hotmail.com Endereço correio: Rua Bahia, 23 – Sala B CEP 86026-020 Bairros Centro Cidade Londrina-Pr N° aproximado de participantes: 20 Fone(s) para contato: 3356-4111Telefone Celular : 9944-6069 E-mail instituição (s):  londrina@cvv.org.br   CONFIRMADO  >>> Amor Exigente de Londrina Responsável Pelo Grupo: Neide Aparecida Barbosa Furtado e Mario Furtado
Londrina-Pr N° aproximado de participantes: 20 Responsável pela inscrição: Marcia Coder Fone: 3028-1812 Celular: 99131-9664 E-mail: ccorder@terra.com.br  
11 CONFIRMADO  >>> Nome do grupo: Colégio Universitário Entidade/Instituição a qual pertence: Grupo Educacional Universitário Responsável: Raquel Calil Ruy (Diretora Educacional) Endereço correio: Rua Anna Moreno de Melo Menezes, 250 CEP 86.060-020 Bairros: Jardim Maringá Cidade: Londrina Número aproximado de participantes: 100 (funcionários, pais e alunos) fone para contato: 3378-6600 ou 3378-6640 Coordenadoras Pedagógicas: Kazuko Watanabe Harano prof.kazuko@uol.com.br Jane Machado jane@cursouniversitario.com.br    
12 CONFIRMADO  >>> Nome do grupo: Pais, amigos, professores e alunos do Planeta Encantado Entidade/Instituição a qual pertence: Escola Planeta Encantado Responsável: Jacqueline e Juliana Endereço correio: Rua: Francisco Antônio Galhardi, 940  CEP 86033-410 Bairros Jardim Monte Belo. Cidade: Londrina N° aproximado de participantes:40 Fone (s) para contato: 43 3341-6293
fone Celular: 43 99617 0356 E-mail particular: jacque_hartmann@hotmail.com E-mail instituição (s): planetaencantado@ymail.com   AGUARDANDO CONFIRMAR   >>> Nome do grupo: NAPPS – Núcleo de Estudos do Assoalho Pélvico, Postura e Sexualidade Entidade/Instituição a qual pertence: Grupo particular Responsável pela inscrição: Tayse Watermann N° aproximado de participantes: 5 Fone: 43.99632-4000
E-mail: tayse.fisiopelvica@gmail.com  
13 CONFIRMADO   >>> Nome do grupo/artista: Orquestra Londrinense de Viola Caipira São Domingos Sávio Entidade/Instituição a qual pertence: IVC – INSTITUTO VIOLA CAIPIRA Responsável: Mastro Edson Murari Lima Endereço correio: Rua Santa Catarina, 158 sala 10 CEP 86010-470 Bairro: Centro Cidade: Londrina – PR Números apresentados: 01 Participantes: 25 integrantes Telefone(s) para contato: 3323-0857 Telefone Celular 98417-8691 E-mail particular: sosviola@hotmail.com E-mail instituição (s): sosviola@hotmail.com   CONFIRMADO >>> Nome do grupo: Grupo Escoteiro Verde Vale 03/PR Alcateia Cruzeiro do Sul Entidade/Instituição a qual pertence: União dos Escoteiros do Brasil Responsável: Rafael Pericelli (diretor)
e Adriana da Fonseca (chefe escoteira – resp. pela inscrição) Endereço correio: Rua do Escoteiro, 320   CEP:  86020-130 Bairro: Jardim Los Angeles Cidade: Londrina/PR N° aproximado de participantes:   25 Fone para contato:(43) 3329-0699 (Adriana) Fone Celular: 99983-0567 (Adriana) E-mail particular: adriafonseca@yahoo.com.br  E-mail instituição:  gevv.londrina@gmail.com   CONFIRMADO >>> Nome grupo: Seção Escoteira Autônoma do Ar Órion 352 pr Responsável: Gustavo Henriques Marconi Endereço correio: Rua Hikoma Udihara 541 CEP..86.040-340 Bairros Jardim San Fernando Cidade Londrina  – PR N° aproximado de participantes: 30 participantes fone(s) para contato:..43 99834-4955 \ 98852-3737
E-mail instituição (s):  saearorion352pr@gmail.com

14 AGUARDANDO CONFIRMAR  >>> Nome do grupo: Consystem Consultoria e Sistemas Ltda Responsável: Lucio Kamiji 3336-1817 ou 99996-0097
Endereço correio: Rua Porto Alegre, 653 Jardim Agari  Londrina
N° aproximado de participantes: 40 participantes
E-mail instituição lucio@consystem.com.br  
15 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: Projeto Nadar Entidade/Instituição a qual pertence: Nadar Fitness Aquático Responsável pela inscrição: Iracelis Goncalves N° aproximado de participantes: 20 pessoas Fone(s) para contato: 43 3356 4309
Celular: 43 98827 1083 E-mail: iracelisvarea@gmail.com Outras informações: Grupo de 3 idade  
16 Reservado para Rede do 3° Setor de Londrina

17 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: Quality Clinica do Movimento Responsável pela inscrição: Cristiana Rizzi Valença. N° aproximado de participantes:20 PESSOAS Fone 3027-7001 Celular 99952-5342 
E-mail: oficina_dosaber@yahoo.com.br Oficina do Saber Dr. José Lima e Dra. Cristiana R. Valença

18 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: Gênios pela Paz Entidade/Instituição a qual pertence: Gênios Centro de Educação Infantil Responsável pela inscrição: Alessandra Munhoz N° aproximado de participantes: 80 Fone(s) para contato:43 3341-6060
Celular 43 99958-7616 E-mail: equipegenios@hotmail.com   AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: ISHINDAIKO Entidade/Instituição a qual pertence: Grupo Ishindaiko | Instituto Cultural E Social Ishindaiko CNPJ: 08.049.220/0001-11 Responsável pela inscrição: Matheus Keiji Sato N° aproximado de participantes: 15
Celular 43 9 9918 4408 E-mail: matheus.ishin@gmail.com Outras informações http://www.ishindaiko.com.br/  
19 AGUARDANDO CONFIRMAR >>>  Nome do grupo: JCI Londrina
Entidade/Instituição a qual pertence: JCI
Responsável: Anderson Irikuchi E-mail anderson.irikuchi@gmail.com
Endereço correio: R. Orley Emerson da Silva CEP. 86037-528
Bairros: Portal dos Pioneiros Cidade: Londrina-PR
N° aproximado de participantes: 5 Fone (s) para contato: 3037-9040 / 9955-5200
Telefone Celular: 9955-5200
E-mail instituição (s): jcilondrina@gmail.com  
20    
21 CONFIRMADO >>> Nome do grupo: Maculelê Responsável: Mestre Padeiro Endereço Rua São Vicente, 1041 CEP.86025-040
Bairros Jardim Palmares Cidade londrina N° aproximado de participantes: 70 Fone: (43)33292400 Celular: (43) 99912-1255
E-mail particular: padeiromaculele@hotmail.com  E-mail instituição: padeiromaculele@hotmail.com  
22 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: Universidade em Ação Entidade/Instituição a qual pertence: Universidade Norte do Paraná – Unopar Responsável: Maria Helena Mattosinho Endereço correio: Avenida Paris, 675. Bairros Jardim Piza     Cidade Londrina/PR N° aproximado de participantes: 30 fone para contato: (43) 3371-9861 fone Celular : (43) 9951-2770 E-mail particular: maria.mattosinho@unopar.br E-mail instituição (s): maria.mattosinho@unopar.br  
23 CONFIRMADO >>> Nome do grupo: Faculdade Inesul Responsável: Paola Guariso Crepaldi Endereço correio: Av. Duque de Caxias 1290  CEP 86015-000. Bairros Jardim Londres  Cidade  Londrina-Pr N° aproximado de participantes: Fone: 3379-2000 Celular 43 99123-1760  Email particular: paolaguariso@gmail.com E-mail instituição (s): coord.contabeis@inesul.edu.br  e direcaogeral@inesul.edu.br  
24 CONFIRMADO >>> Nome do grupo Clube Aventureiros do Amanhecer Responsável pela inscrição Charleston Luiz da Silva Número de participantes 20 Fone: 99995-8939 e-mail mestrediz@hotmail.com  
25 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Grupo: PIZZA MAIS Responsável: Eika Takao Takaesu Endereço: Av. Inglaterra 1042 Jd. Igapó CEP 86046_000.  Londrina Número aproximado de participantes: 15 Tel. Contato: (43) 9 9134 7507 Eika. Ou (43)3025-2225 empresa E-mail particular: eika.takaesu@hotmail.com  E-mail empresa: adm@pizzamaislondrina.com.br  
26 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome: Grupos de atividade física NASF Instituição: Secretaria Municipal de Saúde Responsável: Geder e Anne N. Participantes: 40 Fone: 999592426 Geder, 996537653 Anne E-mail: anne_becchi@hotmail.com  
27 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo SICOOB Responsável pela inscrição: Luciane Bizarro N° aproximado de participantes: 10 Fone 3305-0505 Celular 98815-3027 E-mail: luciane.carlos@sicoobnortepr.com.br  
28 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo/artista: Ryukyu Koku Matsuri Daiko – Filial Londrina Entidade/Instituição a qual pertence: Responsável: Celina Tanaka 99950-5262/ Yuzo Shinzato 99655-3078 Números apresentados: aprox. 4 Participantes: aprox. 40 Fone (s) para contato: 3304-0988 Email instituição (s): londrina@matsuridaiko-brasil.com Telefone celular: 99950-5262 E-mail particular: celina.ytanaka@hotmail.com Site: http://matsuridaikolondrina.blogspot.com.br/  
29 CONFIRMADO >>> Nome do grupo: Faculdade Positivo Londrina Entidade/Instituição a qual pertence: Universidade Positivo Responsável: Josemary Morastoni Endereço correio: R. Prefeito Faria Lima, 400 – Jardim Maringá, Londrina – PR Participantes: 50 Telefone(s) para contato: (43) 3031 5029 Telefone Celular: (43) 99998 6113 – professora Valéria E-mail particular: valeria.lopes@up.edu.br E-mail instituição (s):  josimora@up.edu.br  
30 CONFIRMADO >>> Nome do grupo: Projeto Feliz Idade. Entidade/Instituição a qual pertence: Farmácias Vale Verde Responsável: Juliana e Marcos Vieira de Melo  Correio: Ouro 26 Jd São Francisco CEP 86.067-230 Cidade: Londrina N° aproximado de participantes: 200 fone (s) para contato:.(43) 3372 6904 ou fone Celular :(43) 9954-6976 Email instituição: merchan@vverde.com.br  
31 CONFIRMADO >>> Nome do grupo: Projeto Feliz Idade. Entidade/Instituição a qual pertence: Farmácias Vale Verde Responsável: Juliana e Marcos Vieira de Melo  Correio: Ouro 26 Jd São Francisco CEP 86.067-230 Cidade: Londrina N° aproximado de participantes: 200 fone (s) para contato:.(43) 3372 6904 ou fone Celular :(43) 9954-6976 Email instituição: merchan@vverde.com.br  
32    
33 CONFIRMADO >>> Nome do Grupo COMPAZ Conselho Municipal de Cultura de Paz de Londrina  é composto por 24  instituições e ele é  responsável pelas política públicas de promoção para a construção de uma Cultura de Paz no Município. Em 2016 esta organizando a 16° semana Municipal da Paz de 17 a 25 setembro, e o 8º ABRAÇO NO LAGO no dia 18 setembro.  O tema da semana é Justiça Restaurativa e Cultura de Paz – ODS 16 Justiça e Paz    
34 CONFIRMADO >>> Nome do Grupo O Movimento Pela Paz e Não-Violência – Londrina Pazeando – Trabalho para desenvolver uma Cultura de Paz e Não-Violência. O Movimento Pela Paz e Não-Violência, mais conhecido como Londrina Pazeando, é uma organização que foi criada para desenvolver uma Cultura de Paz e Não-Violência. É uma instituição sem fins lucrativos com independência administrativa e financeira, como organização da sociedade civil de interesse público. Grupo de 10 pessoas  
35

36 CONFIRMADO >>> Nome do grupo: Grupo de Voluntários Ciranda do Bem Entidade/Instituição a qual pertence: Grupo de Colaboradores da Triunfo Econorte Responsável: Daniel Victorino Endereço correio: Rua Seimu Oguido, 242   CEP 86075-140 Parque ABC II  Londrina N° aproximado de participantes: 20 participantes Fone (s) para contato: 43 3377 1551 Celular : 43 3377 1551 E-mail particular: daniel@econorte.com.br E-mail instituição (s): cirandadobem@econorte.com.br  
37 CONFIRMADO >>> Nome do grupo: SOS VIDA ANIMAL
Entidade/Instituição a qual pertence: Ong SOS Vida Animal Responsável: Cristina Yuki Tanaka cristinayukitanaka@gmail.com Endereço correio: Av. Bandeirantes 1077, sala 02 N° aproximado de participantes:  10 pessoas com os cães Telefone Celular (43)9994 0726  Email instituição (s): www.sosvidaanimal.org.br  
38 CONFIRMADO >>> Nome do Grupo: GDIL Grupo de Diálogo Inter Religiosos de Londrina http://www.aml.com.br/amlnovo/gdi/index.php   5ª CAMINHADA PELA PAZ do GDIL –  Concentração as 08:00h No ponto “38” e a SAIDA as 08:30h. Uma volta no lago – Roteiro Saída em direção à Higienópolis – Paiquerê – Hospital do Coração – Av. Airton Sena e volta ao ponto “38” e participam do 10º Abraço no Lago.  
39 CONFIRMADO >>> Nome do grupo: Estudantes de Cultura Racional Entidade/Instituição a qual pertence: Cultura Racional Responsável: Silvio/Djalma Endereço correio Rua Ternura 557 CEP 86.077-070 Bairros Cj. Ruy Virmond Cidade Londrina-Pr N° aproximado de participantes: 50(cinquenta) Telefone(s) para contato: (43) 8478-6047 3348-8010 3348-4506 Telefone Celular : 43. 9909-0798 Email particular:  s.scosta@hotmail.com ou djalma240@hotmail.com

40 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: IAPAR – Instituto Agronômico do Paraná Responsável: Forindo Dalberto -Presidente Representante Maria Josaine da Silva. Endereço correio: Rodovia Celso Garcia Cid Km 375…CEP: 86001970 Bairros: Três Marcos Cidade: Londrina-PR. N° aproximado de participantes: 100 fone(s) para contato: 43 3376-2420 fone Celular : 43 9911-9815….E-mail particular: josaine@iapar.br E-mail instituição (s): iapa@iapar.br  ou dre@iapar.br  
41 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do Grupo de Capoeira Estrela do Mar Responsável: Mestre Alex e Professor Calunga Endereço correio: Rua das jabuticabeiras, 130  CEP 86.035-260 Bairros Jardim Morumbi Cidade Londrina-pr Números apresentados: aprox. 60 participantes Participantes: Contando com os familiares, 100 pessoas Telefone 43 99971-9353 E-mail particular: cardozocalunga@gmail.com  
42 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: ESCOLA MAF Entidade/Instituição a qual pertence: Escola Educacional MAF Responsável pela inscrição: Milena Fantaussi Rocha Prata N° aproximado de participantes: 50 Fone 3341-8239 e 3342-0241 Celular 99992-8239 E-mail: educacional@sercomtel.com.br     
43 Reservado EMPRESAS  
44 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: Belagrícola Responsável pela inscrição: Mariane Encinas N° aproximado de participantes: 60 Fone(s) para contato: 3377-8500
E-mail: mariane.encinas@belagricola.com.br  
45 Reservado EMPRESAS  
46 CONFIRMADO >>> Nome do grupo: Moveis Brasília Responsável: Wilsonei Mattos Endereço correio: Rua Santa Catarina 194 CEP-86010-180 Centro Londrina N° aproximado de participantes: 300 Telefone 043 -3334-2626 Celular: 043-9101-4345 E-mail particular: nei@moveisbrasilia.com.br    E-mail instituição (s): francisco@moveisbrasilia.com.br Móveis Brasília a loja da Família  
47 Reservado EMPRESAS  
48 CONFIRMADO >>>  Nome do grupo: Galileo kids pela Paz Instituição a qual pertence: CEI Galileo kids Responsável: Luciana Cristina Moura Zangaro Endereço correio: rua Denis Papin, 450 – CEP: 86063-240 Bairros: Jardim Jamaica       cidade: Londrina – pr N° aproximado de participantes: 100 pessoas Telefone(s) para contato: 43 30391099 Telefone Celular : 43 96489099  Email particular: lucianamoura_z@hotmail.com Email instituição (s): escolagalileokids@hotmail.com  
49 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: Rondopar Energia Acumulada Ltda
Responsável pela inscrição: Filipe Cesco
N° aproximado de participantes: 30 pessoas
Fone(s) para contato: (43) 3377-3713 / 3377-9928
E-mail: marketing@maxlife.com.br  
50 CONFIRMADO >>> Nome do grupo: SICREDI União PR/SP Instituição a qual pertence: Cooperativa de Crédito Sicredi União Londrina Tiradentes Responsável: Carla F. P. Sonoda Gerente de Agência Endereço correio: Av. Tiradentes 537 CEP 86.070-545 Jd Shangrilá Londrina Pr Participantes: 40 participantes fone para contato: 3572-7000 / Ramal 7005 / 8848-9912 E-mail carla_sonoda@sicredi.com.br  ou luana_januario@terceiros.sicredi.com.br  
51 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: CEI Estrelinha Mágica/Escola Máxima Responsável pela inscrição: Isabella Ferro N° aproximado de participantes: 80 Fone(s) para contato: 43 33294529 Celular: 43 999572976 E-mail: escolaestrelinhamagica@gmail.com  
52 CONFIRMADO >>> Nome do grupo/artista:  Associação Portal da Luz Entidade/Instituição a qual pertence:  Associação de Estudos e Práticas Terapêuticas e de Espiritualidade Responsável: Madalena Yabu (presidente)
Endereço correio: Rua Mossoró, 170 CEP: 86020-290
Bairro: Centro   Cidade: Londrina Participantes: 15 pessoas fone(s) para contato:3345.0617  fone Celular:9154.3739 E-mail instituição (s):  secretaria@associacaoportaldaluz.com.br
Silvia Liberatore silvia@livrariadasilvia.com.br  
53 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do Grupo Hikari de Londrina Responsável: Luiz Kuromoto Endereço: Rua Paulo Frontin 142. CEP 86061 260. Jardim Itamaraty. Londrina. Pr Número aproximado de participantes 15 pessoas Site: www.hikarilondrina.com.br Telefone Residencial: (43) 33570057 Celular: (43) 9937 9119 E –mail: luizkuromoto@hotmail.com       kiyomi@sercomtel.com.br   AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: Secretaria Municipal de Educação Responsável: Carla Fernanda Paiva Cordeiro Endereço correio: Rua Mar Vermelho, 35   N° aproximado de participantes: Fone: 43 3375-0113 Telefone Celular : 43 9 88162903  E-mail instituição (s): edu.projetos@londrina.pr.gov.br  
54 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: Núcleo Regional de Educação de Londrina Responsável: Maria Elena e Sandra Mara Endereço correio: Av. Maringá, 290 Bairros: Jardim dom Bosco  Cidade: Londrina N° aproximado de participantes: 20 fone(s) para contato: 3371-1346 fone Celular: 9123-9797  E-mail particular: mariaelena.ms15@gmail.com E-mail instituição (s): mariaelena@seed.pr.gov.br  
55 CONFIRMADO >>> Nome dos grupos: Sindicato Rural Patronal de Londrina / CREDIALIANÇA AER, (Associação das Empreendedoras Rurais) Responsável: Lilian Azevedo Miranda. Endereço correio: Av. Tiradentes, Bairros: Parque Governador Ney Braga Cidade: Londrina                       N° aproximado de participantes: 12 Fone para contato:33740300 Celular :991135767    E-mail particular:   mirandalilian1957@gmail.com  
56 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: COMTUR, CODEL, Selo Qualidade Turismo Paraná Instituição a qual pertence: COMTUR (Conselho Municipal de Turismo), CODEL (Inst. De Des. Londrina), Empresas do Selo Qualidade Paraná
Responsável: Ana Maria, da Boleria Leonardi.
Endereço correio: Rua Raposo Taváres, 977 – Londrina – PR, 86010-580.
Bairros Vila Larsen 1    Cidade    Londrina                       
N° aproximado de participantes: 12
Fone(s) para contato: 984034296
57 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: Rotaract Club Londrina (são 11 Rotary/Rotaract)   1-Rotary Club Londrina 
Responsável: Goreti Ferrari Telefone: 30277097/99335345 Email: goretiferrari@ferrariimobiliaria.com.br   01.Rotary Club de Londrina-Londrinão Presidente: Goreti Ferrari   02.Rotary Club Londrina- Aeroporto Presidente: Itamar Almeida de Souza   03. Rotary Club Londrina – Cinquentenário Presidente: André Fernando dos Reis Trindade   04. Rotary Club Londrina -Alvorada Presidente: Princila Scandelae   05. Rotary Club Londrina-Higienópolis Presidente: Magaly Leonello   06.Rotary Club Londrina -Nordeste Presidente: Beto Ávila   07.Rotary Club Londrina-Ouro verde Presidente: Salvador Biazzono Júnior   08.Rotary Club Londrina-Sudeste/ Internacional Responsável: Alexandre Fujita Endereço correio: Rua Professor João Candido, 108 Sala 10 CEP 86010-000 Bairros Centro Cidade Londrina N° aproximado de participantes: Estimamos 20 participantes Telefone(s) para contato: (43) 3321.2107 ou 9912.0500 E-mail instituição : alexandrefujita@gmail.com   09.Rotary Club-Londrina-Sul Presidente: Renato Ferraz Dias   10.Rotary Club Londrina- Shangri-lá Presidente: Vitor Valério de Souza Campos   11.Rotary Club de Londrina-Universidade Presidente: Monica Regina Marquart Wagner  
58  Reservado  
59 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: BPW Londrina- Associação de Mulheres de Negócio e Profissionais de Londrina Nome do grupo: BPW Londrina Entidade/Instituição a qual pertence: Associação de Mulheres de Negócios e Profissionais de Londrina-BPW Londrina Responsável: Natasha Bacchi Endereço correio: Rua Paranaguá, 921 sl 04 CEP 86020-030 Bairros Centro Cidade Londrina N° aproximado de participantes: umas 20 Fone (s) para contato: 33396751 Celular 9101-7002 E-mail particular: natasha@alcancemarketing.com.br E-mail instituição (s): bpwlondrina@sercomtel.com.br   CONFIRMADO >>> Nome do Grupo Elos Clube de Londrina presidente  Leonardo Salgado 9.9619-3665  leonardosalgado12999@hotmail.com  ou Leozita 3324 3462 9942 6320 e-mail  leozita@yahoo.com.br  quantidade de participantes: 5

60 AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: Associação Nós do Poder Rosa. Entidade/Instituição a qual pertence: Associação Nos do Poder Rosa Responsável: Vilmara Russo Endereço correio: Sala Rosa, sito a Av. São Paulo, 482, apto 602 Centro Cidade Londrina N° aproximado de participantes: 72 pessoas Telefone(s) para contato: 43 9937-5242 (Ana Lúcia) E-mail particular: analuciacondde@hotmail.com E-mail instituição (s): nosdopoderrosa@gmail.com   e   ivaniracarraro@hotmail.com   AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: “Secretaria Municipal de Políticas para as mulheres” Entidade/Instituição a qual pertence: Prefeitura Municipal Responsável: Secretária Municipal Fone (s) para contato:3372-4101 Telefone Celular: 33724106. E-mail particular: dalia.mulher@londrina.gov.pr.br   AGUARDANDO CONFIRMAR >>> Nome do grupo: GMCI- Grupo de Mulheres Corretoras de Imóveis. CRECI Conselho Regional dos Corretores de Imóveis SINCIL Sindicato dos Corretores de Imóveis Responsável: Alzira Elizabeth e Suely Magalhães Endereço correio: Rua Souza Naves, 09 – salas 1007/1008 CEP:86010921. Bairros Centro. Cidade. Londrina – PR. N° aproximado de participantes: 25 Telefone(s) para contato:43-3321-1123 Telefone Celular : 43- 99154-1454 E-mail particular: suelyfatima@hotmail.com   E-mail instituição (s): sincil@sincil.com.br    

11 anos de Abraço no Lago pela Paz

2019 AGENDEM-SE PARA PARTICIPAR DA ORGANIZAÇÃO

No dia 26 de junho de 2019 iniciou-se as 8h, a reunião do COMPAZ Conselho Municipal de Cultura de Paz no Centro de Pastoral na Rua Dom Bôsco, 145 Jardim Dom Bôsco – Araucárias, em Londrina Pr. Estavam presentes à reunião: Leozita Baggio Vieira (BPW Londrina A. Mulheres de Negócios e Profissionais),Luis Claudio Galhardi (Londrina Pazeando),Paulo Cesar (Associação de Moradores do Cj. Milton Gaveti),Leonardo Salgado (Elos Clube e Lions Clube),Kazuko Watanabe Harano (Colégio Universitário),Ângelo Pamplona da Costa (ACIL),Carlos Eduardo Boni (UEL), Agemir Augusto Pereira (Tiro de Guerra/ Exercito), Cristina Yuki Tanaka (ONG SOS animal), Wilson Vieira (Video Graphic Produtora de foto e vídeo em Londrina), Silvia Liberatori (Portal da Luz), Aparecida Santos (Aposentada), Carmem Domingo ( Nós do Poder Rosa), Luiz Gustavo Muniz ( Mais Saúde Ambulância), Vilma A. S. Barbosa ( Cultura Racional), Jacqueline Tramontini (Rotary Distrito 4710), Edelmo da Cruz (Bioconsult Agro), Luciene F. Aranda (Escola Planeta Encantado), Jéssica S. Tomaz (Sicredi), Valeria Espinosa (Casa Acolhedora),Bruno Cardial (Rádio Paiquerê), Gustavo Marconi (Clube Aventureiros do Amanhecer), Charleston Luis da Silva ( Secretaria Municipal de Cultura), Lilian Azevedo Miranda (Sindicato Rural Patronal), Claudines Schincariol Perozin (Secretaria Municipal de Assistência Social), Neusa M. R. Napo (Arquidiocese de Londrina), Maria Aparecida  Prandini Pereira ( Nós do Poder Rosa), Geder Harami (Secretaria de Saúde),  Maria Helena Schwartz (HU/ Universidade Estadual de Londrina UEL), Leonizia L. P. Mattos (Clube Aventureiros do Amanhecer), Mariza Cornélio ( Poder Rosa).

1° Reunião de Organização do 11° Abraço o Lago Pela Paz. Luis Claudio iniciou a reunião solicitando que todos se apresentassem, e propôs um breve relato sobre o Movimento Pela Paz e repassarmos o CHECK-LIST das decisões de 2018, atualizando para 2019 e relacionando as ações de pessoas responsáveis para cada uma delas.

2019 AGENDEM-SE PARA PARTICIPAR DA ORGANIZAÇÃO
PRIMEIRA – 26/julho Reunião de trabalho ampliada (11º abraço no lago)
SEGUNDA – 31/julho Reunião de trabalho ampliada (11°abraço no lago)
TERCEIRA – 28/agosto Inauguração do Totem Trilha da Paz (11°abraço no lago)
ÚLTIMA 11/setembro Reunião de trabalho ampliada (11°abraço no lago)

*Local: Na reunião do COMPAZ Conselho Municipal de Cultura de Paz no Centro de Pastoral na Rua Dom Bôsco, 145 Jardim Dom Bôsco – Araucárias (esquina com Av. Maringá), em Londrina Pr.

CHECK-LIST das decisões de 2019 
Decisões/ Necessidades/ Responsáveis

1- Falar sobre os 20 Anos do Movimento Pela Paz e vinda na 20° Semana da Paz do Prof Mario Sergio Cortella em 25/setembro/2020 http://londrinapazeando.org.br/30-novembro-2018-o-londrinense-cortella-recebendo-do-livro-londrina-pazeando/

2- Abraços realizados pela Cidade VT 6 do Lago Norte https://www.youtube.com/watch?v=Zr-p9S-THgA&t=7s

3- COMPAZ de Campinas VT início das discussões https://www.youtube.com/playlist?list=PLvMYyoJU15dS8dH_QRMnS-JGqCU9k2tDf   4- Inauguração do Totem Trilha da Paz em 28 agosto http://londrinapazeando.org.br/o-projeto-living-peace-international-e-um-percurso-de-educacao-para-paz/   5- VISTA AEREA do 10° https://www.youtube.com/watch?v=WLGabzMBnHU&t=4s  
Luis
Lei nº 11.289, de 12 de agosto de 2011 propõe Recursos da Prefeitura para Semana da Paz – SOLUÇÃO PRIVADA SOM MÓVEL – Carros e Motos. Contratados pela ONG Pazeando com recursos próprios. Teremos uma Central Emissor de FM que transmitira o som do evento. A Rádio Paiquerê FM transmitira das 10 às 10:15. Luis Claudio, Nei ok Bruno Cardial ok
Visitar as Empresas de Londrina e convidar para o Abraço no Lago. Grupo de RH 01  e Grupo de RH 02 Comissão: Luis e Nei e Marisol e Prandini ?
O Paulo Cesar (Tio Paulão) da Associação de Moradores do Milton Gaveti, e dos Bombeiros vai convidar seus colegas para serem voluntários e cooperar com a Mais Saúde na Ambulância (eventuais atendimentos) e da Segurança no entorno do Lago.   Paulo Cesar Luiz Gustavo ok  
TRIUNFO/ECONORTE vai fazer propaganda em RÁDIO paga por eles para divulgar o 11° Abraço no Lago pela Paz Daniel ok
TRIUNFO/ECONORTE Ônibus da Cidadania nas Estradas -Paz no Trânsito (dúvida) Daniel ??
MAIS SAUDE Luiz Gustavo/Daiane 3322-8379 maissaudelondrina@gmail.com  Confirmado 2019 Luis ok
Banheiro químico. Todos os domingos têm os da CMTU. Carlos vai ver com o setor de banheiros se para o evento de Educação no Trânsito no aterro conseguirá mais alguns (não será possível). Solicitar para Carla Cordeiro Secretaria de Educação Carlos Eduardo e Luis ???
Evento SEMANA NACIONAL DO TRÂNSITO. Dia 21 de setembro CMTU vai fazer o evento Mundial “Um dia Sem meu Carro” (das 8h às 12h) Será Fechada a Av Higienópolis entre Rua Sergipe e JK. Terá palco, som, stands. O COMPAZ fara a ABERTURA da 19° Semana Municipal da Paz e panfletagem convidando as pessoas para o 11° abraço no dia seguinte. Carlos Eduardo Ok
Convidar o 5° batalhão da polícia militar para participar do evento. NÃO permitir manifestação com SOM sobrepondo o nosso som. Fazer ofício a PM para estar presente. Carlos Eduardo Ok
Contatar secretária municipal do Idoso e convidar para participar do evento os Idosos. Carlos Eduardo Ok
1-Ofício para CMTU protocolado 07/março/2019 15:36 Nº 219475 aprovado
2-Ofício para SEMA protocolo 07/março/2019 Nº 14.906 aprovado
3-Ofício p/ Diretoria de Gestão de Bens Municipais 07/março/2019 Nº 14.873 aprovado
Luis Claudio OK
1-Alunos (120) da Faculdade Positivo – para levara as Bandeiras COMPAZ, Inter. da Paz, Pazeando e ODM e ODS bem como fixar plaquinhas de números e orientações Luis e Valéria OK
1-Aprendiz Legal Londrina tem menores aprendizes que podem ir Cidinha e Gustavo ??
2-Conseguir Estagiários da PUC (Conselheiro Marcos Roger) para ajudar no abraço Neusa ??
3-Conseguir mais Estagiários da UEL para ajudar no abraço Moli ??
4-Conseguir mais Estagiários da UniFil para ajudar no abraço Neusa ??
4 a- Conseguir mais Estagiários da UTFpr para ajudar no abraço Neusa e Edelmo ??
5-Conseguir alunos Tiro de Guerra para ajudar no abraço para ajudar no plantio de 250 orquídeas e o Agemir Augusto Pereira (Tiro de Guerra/ Exército), disse que se não convocado para Exercícios estará presente dos 140 recrutas Ivani Vaquero ok Tenente Augusto ok
6- Faculdade INESUL – Veio Paola (estagiários/ pessoal de saúde dia/ e mobilização pessoas Ivani Vaquero. Tenente Paola e Cidinha ??
Bioconsult vai ter um colaborador em cada um dos 60 pontos com uma caixa com os Mudball para distribuir LOGO APÓS ao abraço para o arremesso. Se a Prefeitura der o Documento de autorização em TEMPO HÁBIL. Edelmo ??
Banners para colocar no local no dia do evento Luis Claudio ok
Falar com Foto Clube para Registrar Abraço. Charleston e Cidinha ??
Vai convidar todos os síndicos a divulgarem nos Condomínios da Gleba Evento Sidnei ConGP Luis ok
Contato com prédio próximo para fotógrafos subirem e tirarem foto. (Sidinei Amaro) Sidnei ConGP Luis ok
Convidar patrulha das águas para participarem com barcos Gustavo ??
Inauguração do Totem Trilha da Paz em 28 agosto. Chamar autoridades (Prefeito, Secretaria de Educação, Secretário Cultura, Escolas Próximas Norma Prochet e Universitário etc. Se a Prefeitura der o Documento de autorização em TEMPO HÁBIL. Luis ??
Convidar os associados da cooperativa SICOOB. Marisol e Ângelo ??
Manter contato com Sincoval Marisol e Ângelo ??
Manter contato com APP Associação de Propaganda e Publicidade Marisol e Ângelo ??
Manter contato com o Conselho de Pastores + GDI Grupo de Diálogo Inter Religioso de Londrina Gustavo e Neusa ??
  1-Filmagem com Bicicleta – Lú e Campos (Cidinha e Joao e Maria CAPC) 2-Filmar com Drone -Vista Aérea do Evento Wilson Vieira/Felipe 3-Filmar com Câmera ou celulares …todos Comissão: 1-Edelmo ??
2-Joao/Maria?? 3-Wilson Felipe ok 4-Luis
Convidar Grupos de Ciclistas.  Sr Joao e Maria estão negociando com LU do Evento Blindex para conseguir “algumas biques”. Biques para levar bandeiras e Câmera para filmagem acelerada.   João e Maria Montes ??
Convidar Grupos de Corridas (pessoas que correm em grupos) Josaine e Eliana ??
Solicitar para Câmara Municipal de Londrina, colocar no site, levar assunto nas plenárias, pedir para divulgarem por e-mail para lista dos vereadores.
Convidar através de e-mail, publicar no site, publicar no boletim eletrônico intranet da Prefeitura  
Manter contato com Federação de Associação de Moradores MAMOL   Manter contato com FAMEP Paulo Cesar ??
Convidar através de e-mail, publicar no site, publicar no boletim eletrônico da UEL/UNOPAR Unifil UFPR (*Lucas Napo) Radio Alma Helena HU ??
Colocar no site a arquidiocese sobre e evento Neusa Napo ??
Convidar o Rotary para participar da organização e no dia do evento Jacqueline ??
Divulgar através de e-mail do NRE para as autoridades ligadas ao Núcleo Maria Helena e Cidinha ??
Ficou decidido que a camiseta será PADRÃO e as logos destes e OUTROS que surgirem ficarão nas 2 mangas. A ONG Londrina Pazeando fez a “arte” da camiseta aos interessados no patrocínio   TODOS
Convidar as academias de ginásticas (fazer mosquitinhos – foram feitos) Cristina sos animais ?? Josaine Iapar ??
Convidar o movimento dos escoteiros, bandeirantes, desbravadores, para participarem Charleston e Gustavo??
Convidar vários grupos de coral, músicas, para cantar em vários pontos. Deve ser um convite pessoal de cada um dos organizadores. O convite para abraçar o lago “cantando” ou se expressando artisticamente.     TODOS
Guarda Mirim – Kimiko vai participar com os alunos do evento Cidinha e Gustavo??
Contatos para conseguir patrocínios para Busdoors – Helinton/Daniel da TCGL Luis ??
Envolver empresas para patrocinar propaganda de Busdoors com sua logo e do abraço. EMPRESAS podem contratar propaganda acertar direto com eles. Contatos com Luis Galhardi pelo fone 43.9.9996-1283 / 9.9144-5276 Ou direto com a M2 Mídia Urbana Marcia Souza 3334-2233 comercial@m2midiaurbana.com.br   TODOS
ESTADO: Ver a possibilidade da 17ª regional de Saúde/COPOTT participar do evento com alguma atividade INSTITUIÇOES DE ENSINO: Marisol sugeriu fazer um ofício geral para enviar as universidades (e outras) para ele enviarem estagiários de Nutrição, Enfermagem, Fisioterapia e outros para participarem do evento com atividades. Geder e Aline (Secretaria Municipal de Saúde) vão convidar seus alunos idoso para irem no evento junto com eles (eles têm juntos 250 alunos …uma porcentagem devem ir)   Leozita?? e   Aline e Geder??
Convidar Guarda Municipal para participar Cidinha
Convidar a farmácia Vale Verde para incentivar seus “alunos” de ginástica (idosos) para participar do evento. Luis Claudio ok
Convidar o SESC e SENAC e FECOMERCIO para participar do evento e reuniões Neusa ??
Divulgar no Site do SINEPE Luis ??
Midia gratuita mídia para TV Luis e Promidia ??
Divulgar nos CRAS, CREAS etc. Claudines ??
Produzir as plaquinhas que ficarão nos postos amarradas com barbante para indicar locais Luis ok
A distribuição das camisetas patrocinadas … quando conseguirmos os patrocinadores AGUARDANDO
Criação de uma FronPag do abraço no lago 
https://www.facebook.com/Abraconolago 
INSCRIÇÃO INDIVIDUAL  
https://www.facebook.com/events/1849043018558265/
Luis Claudio


icon pdf


REGULAMENTO DO CONCURSO DE DESENHO PARA A CAMISETA OFICIAL DO 10º ABRAÇO NO LAGO PELA PAZ.

1. DO CONCURSO CULTURAL

O concurso cultural “10º ABRAÇO NO LAGO PELA PAZ” promovido pelo COMPAZ – Conselho Municipal de Cultura de Paz e a ONG Londrina Pazeando, destinado à participação pública, especialmente de estudantes de moda, arte e design, conforme as condições previstas neste Regulamento.

1.1.1.Este concurso tem caráter exclusivamente cultural, se desenvolvendo sem operação assemelhada, tendo como único pré-requisito a obediência aos termos expostos no presente regulamento.

1.1.2. Trata-se de um concurso para a escolha do desenho que estampará a nova camiseta comemorativa aos 10 anos do Abraço no Lago pela Paz.

2. A PRÉ- SELEÇÃO

2.1. Todos os desenhos feitos participarão de uma pré-seleção para a escolha dos 5 (cinco) melhores desenhos para camisetas.

2.2. A seleção das cinco camisetas que irão para votação popular será feita por uma comissão julgadora selecionada pelo COMPAZ.

2.3 Os desenhos deverão ser enviados nos seguintes formatos:

            .Imagem JPG (300 dpi)

           . Arquivo aberto (vetorizado), finalizado nos softwares Corel Draw (até versão 17) ou Adobe Illustrator

2.4 Aceitaremos camisetas “brancas” e “azuis” como variações de golas e mangas nestas cores, veja anexo deste regulamento.

2.5 Receberemos o arquivo do desenho no e-mail compazld@hotmail.comou link de transfer neste e-mail caso o tamanho do arquivo seja limitado pelo e-mail.

2.6 O autor do desenho vencedor a partir de sua inscrição aceita e se compromete a realizar as alterações devidas e solicitadas pela comissão julgadora no desenho, em caso de necessidade.

3- A VOTAÇÃO

3.1 – A foto dos cinco melhores desenhos será publicada no Facebook na seção FrontPage do ABRAÇO NO LAGO  https://www.facebook.com/Abraconolago/  A foto do desenho que for mais votada pelo público, será a vencedora do concurso e seu autor levará o prêmio.  

VOTAÇÃO ALBUM FOTOS  https://www.facebook.com/pg/Abraconolago/photos/?tab=album&album_id=1732430736821126

3.2. O prazo para curtir a foto no Facebook será do dia 22/janeiro/2018 até 31/janeiro/2018. Vamos contar quantas curtidas (só botão curtidas, não as outras opções). Exemplo: 4 curtidas!

3.3. O resultado será publicado no Facebook (na FrontPage) no dia 05 de fevereiro de 2018.

4- PREMIAÇÃO

4.1 – O autor do desenho para a camiseta mais votada receberá o valor de R$ 300,00 (trezentos reais).

5 – CONSIDERAÇÕES GERAIS

5.1 E o concurso entrará em vigor a partir do dia 11 de dezembro de 2017 e tem validade até 20 de janeiro 2018 quando encerram-se as inscrições.

5.2. Este “Concurso” é de cunho exclusivamente cultural, sem subordinação a qualquer modalidade de área, pagamento pelos concorrentes, nem vinculação destes ou dos contemplados à aquisição ou uso de qualquer bem, direito ou serviço, realizado com base no art. 3º, II, da Lei 5.768/71 e art. 30 do Decreto 70.951/72.

5.3. Ao inscrever-se para participar neste “Concurso”, nos termos deste Regulamento, o participante estará automaticamente autorizando ao COMPAZ desde já e de pleno direito, de modo expresso e em caráter irrevogável e irretratável:

5.4 O uso gratuito e livre de qualquer ônus ou encargo de seu nome, sua imagem e sua voz em fotos, arquivos e/ou meios digitais ou não, digitalizadas ou não, bem como em cartazes, filmes e/ou spots, jingles e/ou vinhetas, em qualquer tipo de mídia e/ou peças promocionais, inclusive em televisão, rádio, jornal, cartazes, faixas, outdoors, mala-direta e na Internet, para a ampla divulgação da conquista do prêmio e/ou do desenho vencedor;

5.5 O uso, bem como cedendo todos os direitos patrimoniais relativamente ao desenho criado, inclusive, mas sem limitação, os direitos de expor, publicar, reproduzir, armazenar e/ou de qualquer outra forma dela se utilizar, em caráter gratuito e sem qualquer remuneração, ônus ou encargo, podendo referidos direitos serem exercidos por meio de cartazes, filmes e/ou spots, jingles e/ou vinhetas, bem assim em qualquer tipo de mídia e/ou peças promocionais, inclusive em televisão, rádio, jornal, cartazes, faixas, outdoors, mala-direta e na Internet, para a ampla divulgação da história vencedora, deste “Concurso” e/ou de seu desenvolvimento posterior;

5.6  As autorizações descritas acima são com exclusividade e não significam, implicam ou resultam em qualquer obrigação de divulgação nem de pagamento, concordando ainda o vencedor, inclusive, em assinar eventuais recibos e instrumentos neste.

5.7 O presente Regulamento poderá ser alterado e/ou o Concurso suspenso ou cancelado, sem aviso prévio, por motivo de força maior ou por qualquer outro fator ou motivo imprevisto que esteja fora do controle da Promotora e que comprometa o “Concurso” de forma a impedir ou modificar substancialmente a condução deste como originalmente planejado.

5.8 Quaisquer dúvidas, divergências ou situações não previstas neste regulamento serão julgadas e decididas de forma soberana e irrecorrível pela comissão organizadora.

5.9 Os participantes poderão obter todas as informações para participar deste Concurso ligando para Maria Aparecida Prandini Pereira 99919-6000 e ou Charleston Luiz da Silva 99995-8939 ou no e-mail compazld@hotmail.com

5.10 Aplica-se a este Concurso, incluindo, mas sem se limitar à sua divulgação, condução, às participações e às premiações, a legislação brasileira e ficando eleito o Fórum de Londrina para dirimir quaisquer controvérsias oriundas desta, com expressa renuncia aos demais, por mais privilegiados que sejam.

5.11 A promotora não se responsabiliza por nenhum problema de acesso à Internet, serviços prestados pelo Facebook ou qualquer caso fortuito ou de força maior que possam impedir a participação do usuário. Esta é uma Promoção Cultural, conforme especificado no art. 30 do Decreto No. 70.951, de 09 de agosto de 1972. A distribuição do prêmio desta promoção é GRATUITA.

VEJA MODELOS DE CAMISETAS

Está autorizado a produção de camisetas do evento 11º Abraço no Lago e 19ª Semana Municipal da Paz, para as instituições membros da organização do evento, desde que o layout seja mantido e as logos sejam inseridas na 2 mangas. Entrar em contato com a coordenação formalizando o pedido de produção pelo e-mail paz@londrinapazeando.org.br e pelo fone 43.99996-1283 ou 43.99144-5276 (Luis) 

CAMISETA DO 11° ABRAÇO NO LAGO
PARTE DE TRAZ CAMPANHA ARMA NÃO É BRINQUEDO
CAMISETA DADO DA PAZ
PARTE DE TRAZ CAMPANHA ARMA NÃO É BRINQUEDO

MODELO 01 

MODELO 02

MODELO 03

MODELO 04

MODELO PARTE DE TRAZ

CAMISETA DO COMPAZ 2018

Campanha da REDE DO 3º SETOR DE LONDRINA  

OPORTUNIDADE PARA COLABORAR COM A PAZ 2019

Empresários estamos buscando patrocinadores !!

Contribua com o Movimento pela Paz e Não-Violência Londrina Pazeando INSERINDO SUA LOGO na campanha de Bussdoors
Em 2018 tivemos 10 ANÚNCIOS de busdoor patrocinados pela GRANDE LONDRINA.

Se deseja contribuir com o Movimento pela Paz e Não-Violência e TAMBÉM quer PATROCINAR entre em contato com a GENTE: Contatos com Luis Galhardi pelo fone 43.99996-1283 / 99144-5276

Ou Direto com a M2 Mídia Urbana Márcia Souza 3334-2233 comercial@m2midiaurbana.com.br

UMA ÓTIMA OPORTUNIDADE DE COLOCAR SUA EMPRESA NESTE EVENTO !!!

As linhas (este mês) que levam a mensagem de Paz para Cidade ! 

” Não Existe um caminho para Paz. A Paz é o caminho” (Abrahan Johannes Muste)

TODOS OS CAMINHOS LEVAM AO MAIOR ABRAÇO PELA PAZ NO LAGO …VEM COM A GENTE !

(Abrahan Johannes Muste)

“as escolas, empresas, instituições, ONGs, construindo uma Cultura de Paz”

>>> Veja eventos em 2017 todos os calendários <<<<

** em breve receberemos das Empresas, Escolas e Associações outras programações ….

“Cartão Postal Virtual da Paz” 

MURAL MÓVEL INTERATIVO  2017

é um banner de 2,44 X 1,60 metros com possibilidade das pessoas fazerem um cartão postal personalizado (FOTO)  e enviar para seus amigos, familiares de Londrina e de outras cidades.

As pessoas – crianças, adultos – podem participar juntos com, Eupaziano, Seo Pacífico, Justina e o  Eduvidoso de mais esta Semana Municipal da Paz e ajudar na construção da Cultura da Paz.

Estamos na “FAZENDINHA” na  EXPO Londrina 2017 (30 março até 09 abril) VENHA “TIRAR SUA FOTO”

Este ano o tema é “Em 2017 temos os 17 Jeitos de Mudar o Mundo – a Paz e a Justiça Restaurativa ODS 16

VENHA PARTICIPAR !!!

Envie sua foto para o Londrina Pazeando paz@londrinapazeando.org.br  que vamos colocar em NOSSO ÁLBUM.
 

VEJA ÁLBUM DE FOTOS 2016 (clique aqui)

** A partir de dia 08 de setembro 2017 você poderá ir ao Shopping Catuai no estacionamento do Carrefour

“Cartão Postal Virtual da Paz” 

MURAL MÓVEL INTERATIVO  2018

é um banner de 2,44 X 1,60 metros com possibilidade das pessoas fazerem um cartão postal personalizado (FOTO)  e enviar para seus amigos, familiares de Londrina e de outras cidades.

As pessoas – crianças, adultos – podem participar juntos com, Eupaziano, Seo Pacífico, Justina e o  Eduvidoso de mais esta Semana Municipal da Paz e ajudar na construção da Cultura da Paz.

Estamos na “FAZENDINHA” na  EXPO Londrina 2018 (30 março até 09 abril) VENHA “TIRAR SUA FOTO”

Este ano o tema é “A importância do Circulo de Construçao de Paz na Escolas – Justiça Restaurativa e Paz ODS 16

VENHA PARTICIPAR !!!

Envie sua foto para o Londrina Pazeando paz@londrinapazeando.org.br  que vamos colocar em NOSSO ÁLBUM.
 

** A partir de dia 07 de setembro 2018 você poderá ir … 99996-1283 

Desfile Cívico Pela Paz em 07 de setembro de 2018

Desenvolver uma crítica à cultura de violência. Trata-se de fortalecer uma atitude crítica a esta cultura de violência que nos é imposta, fornecendo instrumental para perceber como a violência e o militarismo atuam em diversos canais, como, por exemplo, nos meios de comunicação, brinquedos e jogos de guerra.

Educar para Paz – uma educação para se opor às incitações à guerra, à propaganda bélica e ao militarismo em geral. Uma Educação para Paz pensa em substituição da glorificação do militarismo com modelos de não-violência ativa.

Campanha para eliminar, ou ao menos reduzir, a violência na mídia e na linguagem cotidiana. Por exemplo chamar (e divulgar) o desfile de 07 de setembro de:  – “Desfile Cívico-Militar”?    ou “Desfile Cívico e Comunitário”

VENHA PARTICIPAR  no dia 23/setembro do 10º ABRAÇO NO LAGO

Vamos jogar no Lago 10.000 MundBolls ( microorganismos) que vão despoluir o Lago !! TODOS PODERÃO JOGAR AS BOLINHAS.

VEJA VÍDEO 2018 (clique aqui)


Em 2017


Em 2016