Plataformas Virtuais Contribuem na Educação para Paz

Plataforma: Justiça Restaurativa e Construção de Paz nas Escolas
https://www.escolamaispaz.org.br/

Construindo Comunidades Escolares Restaurativas no Rio Grande do Sul através do Programa Escola+Paz, integrado ao POD – Programa de Oportunidades e Direitos

O Escola + Paz integra o Programa de Oportunidades e Direitos (POD), em parceria da Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Seu objetivo é buscar a prevenção e resolução de conflitos nas comunidades escolares dos territórios atendidos pelo POD, alicerçado no diálogo.

Esta iniciativa tem como base a Justiça Restaurativa, que utiliza as práticas dos Círculos de Paz. Através de 20 multiplicadores formados e supervisionados pela Escola da AJURIS, serão formados 1.200 facilitadores até o fim da primeira etapa, que abrange comunidades escolares da região metropolitana nos territórios da Restinga, Cruzeiro, Lomba do Pinheiro, Rubem Berta, Alvorada e Viamão.

Plataforma: Círculos em Movimento
https://www.escolamaispaz.org.br/circulosemmovimento/


Construindo uma Comunidade Escolar Restaurativa
Sobre o Manual Gratuito: O Manual “Círculos em Movimento – Construindo uma Comunidade Escolar Restaurativa” foi lançado nos EUA em 2014. Escrito por Carolyn Boyes-Watson e Kay Pranis, atualmente é adotado por Escolas de vários Estados americanos, e traduzido para diversos países.

Plataforma: Educação Livre
https://www.edulivre.org.br/

Eles são um projeto que oferece educação gratuita, divertida e aplicada ao mundo real, especialmente para jovens que procuram oportunidades de trabalho e estudo. Veja a plataforma EduLivre e seu números:

Veja o que o Juiz Leoberto Brancher Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do RS, que ajudou a criar e implantar seus conteúdos da plataforma Círculos em Movimento, compreende que esta plataforma pode contribuir e complementar os trabalhos e ações na construção de uma cultura de paz.

Fonte Parceiros https://www.edulivre.org.br/partners

“O Edulivre tem uma proposta emancipatória, libertadora. Atrai os jovens pela linguagem das redes sociais e promove uma aprendizagem dinâmica e fluida. De forma quase despercebida, lúdica como quem brinca na tela do celular, o cara vai se divertindo e aprendendo.”