Gente, vamos organizar juntos o maior Abraço pela Paz no Lago Igapó

Neste dia 03 de julho de 2024 estamos chamando os mais de 60 grupos, Empresas, ONGs, Escolas, Pessoas para organizarmos juntos o 16° Abraço no Lago pela Paz

Este ano o estaremos mais unidos. Vamos juntar todos os grupos na borda do lago com a Av Higienópolis, estaremos mais pertinhos e com muito mais emoção de podermos realizarmos agora há 16 anos o maior Abraço pela Paz de Londrina, do Paraná e do Brasil na beira de uma “Lago”, o NOSSO IGAPO.

Sua presença na reunião é fundamental para mobilizaçao da nossa comunidade. O Abraço não é só no dia do abraço, ele é um processo de mobilizaçao da cidade em prol da Construção de uma Cultura de Paz.

  • DATA: 03 julho QUARTA noite
  • HORA: 18:30 às 19h Network – Das 19 às 20h Reunião em Círculo de Diálogo
  • LOCAL: Rua Dom Bosco 145 no Centro de Pastoral
  • [**] Traga seu Lanche Solidário para Partilharmos

Melhorar ainda mais a Organização no 16° Abraço no Lago Paz  

RESPONDA por favor PESQUISA: https://forms.gle/xeux4a6aqSK6CLdu9

+++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++
VEJA como inscrever grupos

Dados do Grupo:
1- Nome do grupo:
2- Responsável pela inscrição:
3- Celular/WhatsApp:
4- E-mail:
SIM serão válidas inscrições por e-mail e WhatsApp copie e cole as perguntas e resposta
E-mail paz@londrinapazeando.org.br    … ou por WhatsApp 43.9.9996-1283
++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++++

VEJA mais detalhes e o VT de 2024
https://londrinapazeando.org.br/abraco-no-lago/

.

Nesta versão de 2024 nosso Abraço no Lago é temático: ESG, Cultura de Paz e Agenda 2030

VEJA o vídeo https://www.youtube.com/watch?v=XFZQkkci8Bc

ESG, Cultura de Paz e Agenda 2030
Existe uma profunda conexão entre ESG (Governança Ambiental, Social e Corporativa), Cultura de Paz e Agenda 2030 com seus Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), e como essa intersecção pode impulsionar o sucesso e a sustentabilidade dos negócios liderados por mulheres.

Desvendando os Conceitos:

ESG: Mais que siglas, um compromisso com um futuro melhor. Empresas que adotam práticas ESG demonstram responsabilidade com o meio ambiente (reduzindo emissões e consumo de recursos), com a sociedade (promovendo a diversidade e inclusão), e com a governança (aprimorando a transparência e ética).

Cultura de Paz: Mais que a ausência de conflitos, é um ambiente permeado por valores como respeito, diálogo, tolerância e justiça. Essa cultura floresce em empresas que prezam pela resolução pacífica de conflitos, pelo bem-estar dos colaboradores e pela construção de relacionamentos saudáveis com stakeholders.

Agenda 2030: Um plano global ambicioso com 17 ODS e 169 metas, buscando um futuro mais sustentável para todos até 2030. Entre os ODS, destacamos o ODS 5 (Igualdade de Gênero), o ODS 8 (Trabalho Decente e Crescimento Econômico) e o ODS 16 (Paz, Justiça e Instituições Sólidas), pilares para o empoderamento das mulheres no mundo dos negócios.

A Interconexão em Ação:

A relação entre esses três pilares é poderosa e transformadora:

ESG impulsiona os ODS: Empresas ESG contribuem diretamente para os ODS. Ao reduzir a pegada de carbono, combatem as mudanças climáticas (ODS 13). Ao investir em educação e treinamento, promovem sociedades mais justas e inclusivas (ODS 4 e 10).

ESG e Cultura de Paz: Empresas ESG constroem um ambiente de paz. A diversidade e inclusão no local de trabalho reduzem a discriminação e a violência. Programas de resolução de conflitos constroem comunidades mais pacíficas.

Agenda 2030 e Cultura de Paz: A Agenda 2030 reconhece a paz como pilar do desenvolvimento sustentável. O ODS 16 busca sociedades pacíficas, acesso à justiça e instituições eficazes.

Histórico e o Pacto Global da ONU:

A busca por um futuro mais sustentável e pacífico não é nova. Em 1999, a ONU lançou o Pacto Global, uma iniciativa que convida empresas a comprometem-se com dez princípios universais nas áreas de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e combate à corrupção.

O Pacto Global se tornou a maior iniciativa de sustentabilidade empresarial do mundo, com mais de 13.000 empresas de 170 países signatárias. O Brasil, com mais de 700 signatárias, ocupa a terceira posição no ranking global, demonstrando o compromisso do país com os princípios do Pacto Global.

Publicada em 02/06/2016 Site História do Londrina Pazeando
https://siteantigolondrinapazeando.org.br/index.php/noticias/955

aGENTES da Paz tudo bem.
UM PRESENTE PARA LONDRINA

A Dulce Magalhães estará em Londrina fazendo Palestra pela Rádio CBN.

O CONVITE tem que ser pego (gratuitamente) na rádio CBN

DULCE MAGALHÃES é uma das 100 lideranças da Paz no Mundo, de acordo com a Geneve for Peace Foundation. Recebeu o título de Embaixadora da Paz pelo programa Mil Milênios de Paz no Senado Argentino. Ela também integra o comitê de 80 lideranças da Paz, coordenado pelo ex-presidente americano Bill Clinton para elaboração de um Programa Global de Cultura de Paz.

Dia 02/06/2016, às 20h00, no Teatro Marista.

Solicite seu convite: cbn@cbnlondrina.com.br ou 3032-1500

.

Dulce em 22 maio de 2006 esteve em Londrina e Dou toda a Renda de sua Palestra ao Londrina Pazeando, foi um contato e um convite de Paulo Pennacchi

.

Matéria Relacionada, onde Dulce sobre Desafio: 21 dias sem reclamar!
https://londrinapazeando.org.br/01-maio-2018-campanha-por-um-mundo-sem-reclamacoes/

Desafio: 21 dias sem reclamar! Você consegue?
Abaixo a explicação de como funciona a campanha, o método, e porque os 21 dias?
https://londrinapazeando.org.br/01-maio-2018-campanha-por-um-mundo-sem-reclamacoes/

Quer capitar recursos para sua OSC, veja dica da Londrina Pazeando

A OSC Organização da Sociedade Civil Londrina Pazeando é membro fundador do Núcleo Rede do 3° Setor da ACIL desde 2020 o Núcleo tem a seguinte missão “Promover o desenvolvimento sustentável do terceiro setor de Londrina”. A nossa Visão de Futuro é “Ser um núcleo reconhecido nacionalmente por contribuir para o fortalecimento do terceiro setor”.

Estamos provendo junto com as outras organizações do 3° setor de Londrina este evento gratuito, e voce é nosso convidado.

Aprimore suas habilidades e fique por dentro das dicas para captar recursos por emendas parlamentares para o terceiro setor:

Capitação de Recursos por Emendas Parlamentares que será realizada, virtualmente por Dr.h.c Eduardo de Oliveira Filho. Faça sua inscrição no link abaixo.

.

O Núcleo Rede 3º Setor Londrina promove: Captação de Recursos por Emendas Parlamentares realizada por Dr.h.c Eduardo de Oliveira Filho que é referência na gestão de emendas parlamentares para a área da saúde e assistência social, com foco no sistema do Fundo Nacional de Saúde – FNS – InvestSUS e na Plataforma Transferegov.

🗓 25/06/2024

🕘 09h

🔗Inscreva-se: https://forms.gle/YifXVUFAwHVbvKdAA

E evento será transmitido pelo Canal do You Tube do Núcleo Rede 3º Setor Londrina da ACIL. Após sua inscrição você receberá posteriormente , por e-mail, o endereço (link)

Apoio da Rádio CBN >>> ESCUTE ÁUDIO (clique aqui)

VEJA VIDEO NO INSTAGRAM
https://www.instagram.com/reel/C8XGMSJqWo0/?igsh=NTNqbHZoaHJ2cGMy

VEJA álbum de fotos
https://www.flickr.com/photos/luis_pazeando/albums/72177720317906947/

ESG, Cultura de Paz e AGENDA 2030:
Uma Jornada para Pequenas Empreendedoras e Empresárias

DATA: 13 de junho/24 QUINTA
HORA: das16 às 17:30 horas
LOCAL: Auditório do Sicredi Av Tiradentes 537


Inscrições gratuitas vagas limitadas:
https://forms.gle/sXV7uNcfJEzMpWDk8

.

ESG, Cultura de Paz e Agenda 2030: Uma Jornada para Pequenas Empreendedoras e Empresárias

Introdução:

Neste texto expandido, mergulharemos na profunda conexão entre ESG (Governança Ambiental, Social e Corporativa), Cultura de Paz e Agenda 2030 com seus Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), e como essa intersecção pode impulsionar o sucesso e a sustentabilidade dos negócios liderados por mulheres.

Desvendando os Conceitos:

  • ESG: Mais que siglas, um compromisso com um futuro melhor. Empresas que adotam práticas ESG demonstram responsabilidade com o meio ambiente (reduzindo emissões e consumo de recursos), com a sociedade (promovendo a diversidade e inclusão), e com a governança (aprimorando a transparência e ética).
  • Cultura de Paz: Mais que a ausência de conflitos, é um ambiente permeado por valores como respeito, diálogo, tolerância e justiça. Essa cultura floresce em empresas que prezam pela resolução pacífica de conflitos, pelo bem-estar dos colaboradores e pela construção de relacionamentos saudáveis com stakeholders.
  • Agenda 2030: Um plano global ambicioso com 17 ODS e 169 metas, buscando um futuro mais sustentável para todos até 2030. Entre os ODS, destacamos o ODS 5 (Igualdade de Gênero), o ODS 8 (Trabalho Decente e Crescimento Econômico) e o ODS 16 (Paz, Justiça e Instituições Sólidas), pilares para o empoderamento das mulheres no mundo dos negócios.

A Interconexão em Ação:

A relação entre esses três pilares é poderosa e transformadora:

  • ESG impulsiona os ODS: Empresas ESG contribuem diretamente para os ODS. Ao reduzir a pegada de carbono, combatem as mudanças climáticas (ODS 13). Ao investir em educação e treinamento, promovem sociedades mais justas e inclusivas (ODS 4 e 10).
  • ESG e Cultura de Paz: Empresas ESG constroem um ambiente de paz. A diversidade e inclusão no local de trabalho reduzem a discriminação e a violência. Programas de resolução de conflitos constroem comunidades mais pacíficas.
  • Agenda 2030 e Cultura de Paz: A Agenda 2030 reconhece a paz como pilar do desenvolvimento sustentável. O ODS 16 busca sociedades pacíficas, acesso à justiça e instituições eficazes.

Histórico e o Pacto Global da ONU:

A busca por um futuro mais sustentável e pacífico não é nova. Em 1999, a ONU lançou o Pacto Global, uma iniciativa que convida empresas a comprometem-se com dez princípios universais nas áreas de direitos humanos, trabalho, meio ambiente e combate à corrupção.

O Pacto Global se tornou a maior iniciativa de sustentabilidade empresarial do mundo, com mais de 13.000 empresas de 170 países signatárias. O Brasil, com mais de 700 signatárias, ocupa a terceira posição no ranking global, demonstrando o compromisso do país com os princípios do Pacto Global.

Conheça o Pacto Global – Rede Brasil
https://www.pactoglobal.org.br/ods-e-agenda-2030/
VEJA vídeo no Canal deles

Relatórios de Sustentabilidade: A Voz do Compromisso:

Os Relatórios de Sustentabilidade, elaborados de acordo com estruturas como o GRI (Global Reporting Initiative), são ferramentas valiosas para:

  • Demonstrar o compromisso ESG da empresa: Comunicando ações e resultados nas áreas ambiental, social e de governança, as empresas ganham a confiança de partes interessadas (stakeholders) e atraem investimentos.
  • Identificar oportunidades de melhoria: Analisando dados de forma transparente, as empresas podem identificar áreas que precisam de aprimoramento em sua atuação ESG.
  • Prestar contas à sociedade: Os relatórios demonstram o impacto da empresa na comunidade e no meio ambiente, reforçando sua responsabilidade social.

ESG, Cultura de Paz e ODS: Oportunidades para Pequenas Empreendedoras e Empresárias:

Para as mulheres que lideram negócios, essa tríade oferece um caminho de crescimento sustentável e positivo:

  • Acesso a novos mercados: Empresas com práticas ESG e compromisso com a paz atraem consumidores conscientes e responsáveis, ampliando suas oportunidades de mercado.
  • Fortalecimento da marca: Uma imagem positiva e comprometida com valores como sustentabilidade, inclusão e paz reforça a marca e fideliza clientes.
  • Captação de investimentos: Investidores que buscam empresas com impacto positivo no mundo se sentirão atraídos por negócios que adotam estes indicadores e práticas.


Luis Claudio Galhardi
Gestor da OSC Londrina Pazeando
Secretario do COMPAZ Conselho Municipal de Cultura de Paz
texto estruturado com auxílio de IA

VEJA TAMBEM:
MasterPlan Londrina Cidade Educadora para a Cultura de Paz
https://londrinapazeando.org.br/masterplan-londrina-cidade-educadora-para-a-cultura-de-paz/

.

O MasterPlan 2040 é o Planejamento Estratégico de Londrina. Foram levantados 79 projetos estratégicos detalhados, o projeto 49, já em curso é o “Londrina Cidade Educadora para a Cultura de Paz.

Objetivo

Fortalecer ações de prevenção à violência em todas as suas dimensões com educação integral para a cidadania e a cultura da paz transformando Londrina em uma cidade educadora para a cultura de paz.

Escopo

• Reforçar campanhas de prevenção à violência nas escolas e bairros

• Fortalecer o Programa V.I.D.A – práticas restaurativas nas escolas municipais de Londrina, com ampliação para as redes particular e estadual.

• Fortalecer os programas CORRE em família e Parentalidade Positiva.

• Arquitetura contra o crime.

• Integração com ONGS.

• Criação de Banco de Projetos e alinhamento com ODS.

Resultados

Formação de talentos e atletas de alto rendimento.

Atores Intervenientes: COMPAZ Conselho Municipal de Cultura de Paz de Londrina, SME Secretaria Municipal de Educação, IPPUL Instituto de Planejamento Urbano de Londrina, SMPOT Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, SMGP Secretaria Municipal de Gestão Pública, SMGOV Secretaria Municipal de Governança Local e Coordenação Política, SMDS Secretaria Municipal de Defesa Social

OBS atualização: Em abril de 2024 após Planejamento Estratégico realizado pelo SEBRAE Londrina criamos a Governança da Justiça Restaurativa de Londrina
https://londrinapazeando.org.br/criada-a-governanca-da-justica-restaurativa-de-londrina/

.

1-) MASTERPLAN  https://www.2040.londrina.pr.gov.br/

2-) PRODUTOS DO MASTERPLAN https://www.2040.londrina.pr.gov.br/produtos

3-) MacroPlan faz oficina de trabalho com COMPAZ 

https://londrinapazeando.org.br/macroplan-faz-oficina-de-trabalho-com-compaz/
Neste Link no site do Londrina Pazeando tem um resumo com muitos outros links de toda a participação do Movimento de Educação para Cultura de Paz de Londrina na construção do MasterPlan e atualizado com o Projeto 49. Londrina Cidade Educadora para a Cultura de Paz (são 79 projetos detalhados)

MasterPlan

Londrina Saudável e Pacífica …………………………………………… 40
Reduzir criminalidade e violência em todas as suas dimensões

Uma cidade segura e pacífica pressupõe também a redução dos índices de criminalidade e violência. Londrina é descrita pelos entrevistados como uma cidade que tem qualidade de vida e segurança, uma cidade onde se pode “caminhar a pé” sem medo.

Segundo o DataSUS, a taxa de homicídios de Londrina caiu 38,5% na década, com o número de homicídios passando de 140 em 2009 para 96 em 2019. Com 16,8 homicídios a cada 100 mil hab. em 2019, Londrina teve taxa foi inferior à média da região metropolitana e do estado, porém superior a de Ribeirão Preto, Uberlândia e Joinville. Quando comparado aos 100 maiores municípios brasileiros, o município ocupou a 46ª menor taxa de homicídios em 2019.

.

As áreas de resultado estão interconectadas e se retroalimentam, de forma que, ao perseguir a visão de futuro de uma das áreas, ao superar um desafio prioritário ou ao perseguir uma determinada estratégia, isso impactará de forma positiva outros desafios prioritários de outras áreas. Todas as áreas de resultados são complementares e igualmente importantes para a construção do futuro da cidade.

Além disso, pode-se entender cada área de resultado como um “modo de fazer” ou um “modo de proceder” para todas as demais áreas. Por exemplo, deve-se buscar ser inovador e criativo na busca por uma Londrina mais saudável e pacífica, assim como deve-se adotar uma postura educadora e inclusiva na busca por uma Londrina mais dinâmica e conectada. Desse modo, as áreas não são somente “de resultados”, mas cada uma forma as bases da ação de todas as demais. A figura a seguir mostra como as áreas de resultado estão estruturadas.

.

Atualmente, Londrina possui bons índices de qualidade de vida, boa cobertura de saúde, com vida cultural ativa e índices de relativamente bons, especialmente quando se compara com o restante do Brasil. No entanto, as novas condicionantes do desenvolvimento, tais como o envelhecimento populacional e a crescente demanda por serviços públicos mais eficientes causam preocupações quanto à capacidade estrutural de Londrina para atender às expectativas da população em relação à saúde, segurança e bem-estar.

Nos últimos 10 anos, a expectativa de vida no Brasil elevou-se em 2,8 anos, passando de 73,9 para 76,7. Até 2040, espera-se que a população brasileira de mais de 65 anos crescerá batendo recordes de representatividade. Em Londrina, segundo projeções3, espera-se que a quantidade de pessoas de mais de 65 anos representará 20,8% da população em 2040.

Com a saúde no centro das preocupações da população e o aumento das pressões sobre as redes públicas e privadas de saúde, que demandam o crescimento da cobertura e melhoria da qualidade dos serviços, a capacidade e a qualidade de atendimento do sistema precisa sempre ser atualizada e aprimorada.

Outro fator de grande impacto é a segurança pública. Atualmente, em níveis gerais os indicadores de criminalidade e violência de Londrina não são alarmantes e apresentaram queda ao longo dos últimos 10 anos. De acordo com o DataSUS, a taxa de homicídios de Londrina caiu 38,5% na década, com o número de homicídios passando de 140 em 2009 para 96 em 2019. Com 16,8 homicídios a cada 100 mil hab. em 2019, Londrina teve taxa inferior à média da região metropolitana e do estado.

Apesar disso, considerando o horizonte de 2040, é necessário priorizar investimentos nas ações de prevenção e mitigar problemas sociais indutores da violência para melhorar ainda mais a qualidade do sistema de segurança de Londrina e construir uma cidade mais saudável, pacífica e referência em qualidade e bem-estar.

.

Este Levantamento realizado em um Excel para o  Fórum Desenvolve Londrina pelo SEBRAE Londrina, faz cruzando indicadores do Fórum com os projetos do MasterPlan (30/março/2024)

Londrina Cidade Educadora para a Cultura de Paz

.

PÁGINA 47 MasterPlan6- Promover Educação integral para a cidadania e a Cultura

.

Projeto 49. Londrina Cidade Educadora para a Cultura de Paz (são 79 projetos detalhados)

MasterPlan Londrina 2040: Planejamento estratégico tem novo gestor

Cidade Entrevista Rede SBT em Londrina e região!

.

Instagram @masterplanlondrina/

Reunião do Fórum Desenvolve Londrina (23/maio/2024)

Diego Menão MasterPlan e Luis Claudio Galhardi Pazeando

BAIXAR ESTA MATERIA EM PDF

VEJA mais no Blog da Prefeitura de Londrina
https://blog.londrina.pr.gov.br/?p=178039

Turma do período da manhã

ESG & Cultura de Paz – AGENDA 2030 e a Extensão Curricular do Curso de Direito da Unifil

Parceria entre COMPAZ, Pazeando e a Extensão Curricular do Curso de Direito da Unifil

A Extensão Curricular do Curso de Direito da Unifil entrou na noite desta quarta (15/maio) em uma nova fase, agora com a participação direta do COMPAZ Conselho Municipal de Cultura de Paz e a OSC Londrina Pazeando através da ativista e pacifista Luis Claudio Galhardi, fazendo com que houvesse uma reflexão acadêmica da necessidade de salvar nosso Planeta através da Cultura da Paz! Serão 120 alunos que estarão realizando seus aprendizados em suas horas de extensão em prol da Construção de uma Cultura de Paz.

Depois da obrigatoriedade da integralização da Extensão Curricular nos currículos dos cursos superiores, o Curso de Direito da Unifil iniciou seus trabalhos através de pesquisas científicas que comprovaram que a violência só leva mais violência, sendo que a pacificação dos povos humaniza as relações sociais e resgata os ideais da Justiça Restaurativa! No próximo encontro os facilitadores e alunos do Curso formarão Círculos de Construção de Paz visando a propagação da Justiça Restaurativa no Centro Universitário e em Londrina como forma de extensão!

João Ricardo Anastácio da Silva

Turma do período noturno


O Movimento de Educação para a Cultura de Paz, a convite do Prof Joao da Unifil já fez algumas sugestões de ideias para as horas dos alunos do direito.

1-) Participarem do Círculo de Diálogo Restaurativo de Construção de Paz, com os voluntários da JR de Londrina. Serão formados 6 círculos com no máximo 20 alunos em cada. Depois serão convidados para outras rodas de círculos.

2-) Participarem do 16° Abraço no Lago pela Paz, como munitores no dia do evento e divulgadores do evento junto com os organizadores

3-) Estarem presentes no 11º Manifesto Pela Paz e Pelo Desarmamento Infantil

4-) Ações em Londrina da 3° Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência

5-) Promoverem ações dentro da 7° Semana Municipal da Justiça Restaurativa

6-) Participação no Londrina Mais o maior evento de Educação de Londrina no parque de Exposição do Nei Braga

7-) Identificar nas Ações de Extensão que realizarem, a relação entre e os ODS da AGENDA 2030, ESG e a Cultura de Paz

Oitavo (8) Levantar documento histórico do Restaurando Londrina, a uma publicação de E-book (ou outro formato)

9-) Divulgar nas Redes Sociais as ações que estiverem promovendo e participando e compartilhando no Restaurando Londrina e Pazeando.

10-) Contribuir com a Governança da Justiça Restaurativa de Londrina em pesquisa que será realizada em 2024.
11-) Participação de alguns no do GDI.GE Grupo de Diálogo Inter Geracional, que usa a metodologia da Justiça Restaurativa, e convidados para participarem das reuniões administrativas do COMPAZ que acontecem no mesmo horário e local a cada 15 dias.

12-) Participarem e divulgarem o Curso Virtual e com Certificado de Educação para Paz que o movimento tem disponível e gratuito no You Tube.

Outras ideias e ações vão surgir dos próprios alunos nos encontros quinzenais que ocorrerão com a supervisão do Londrina Pazeando e COMPAZ

Luis Claudio Galhardi

ALBUM DE FOTOS DOS ALUNOS E SUAS ATIVIDADES
https://www.flickr.com/photos/luis_pazeando/albums/72177720317024160/

.

.

Mutirão RE- Restaurar RS

.

VEJA O CONVITE DO LEOBERTO AOS VOLUNTARIOS DO BRASIL TODO
https://www.instagram.com/reel/C7xfx2qNMl6/?utm_source=ig_web_copy_link&igsh=MzRlODBiNWFlZA==

RestauraR -RS Convite do Dr Leoberto Brancher de Parceiros do RS
Você, facilitador de Círculos de Construção de Paz é nosso convidado para fazer parte do mutirão RestauraR-RS!

Nosso propósito é levar os círculos para acolher, fortalecer e ajudar a superar o trauma das equipes de trabalho e comunidades atingidas pela catástrofe climática

Estamos abrindo a inscrição para facilitadores voluntários para atuarem em Frentes de Trabalho que levarão os círculos a diversos Espaços de Cuidado, com prioridade para abrigos e escolas.

“Nós somos aqueles por quem muitos estão esperando”

Bem-vinda, bem-vindo!
Junte-se à nós nesse mutirão e venha atuar como Voluntário pela Paz!

Inscrições no link https://forms.gle/j3baun7VYUp6UNMi7

Como ajudar na Catástrofe do Rio Grande do Sul com a Justiça Restaurativa e os Círculos?

APRESENTAÇÃO DA PROPOSTA NO SITE CIRCULOS EM MOVIMENTO

https://www.circulosemmovimento.org.br/apresentacao

VEJA COMO FOI A – Vigília Restaurativa na catástrofe do RS – de 13 até 25 de maio
PLANEJAMENTO DAS AÇÕES
FORAM VÁRIAS LIVES NO INSTRAGRAM DO LEOBERTO

Lives pelo Instagram @leobrancher

Instagram

Uma reflexão e um planejamento para uma ação com pessoas que estão pensando em como podem e devem contribuir com esta grande tragédia em tempos eventos climáticos extremos advindos do aquecimento climático.

DE 13 a 17 de maio de 2024. Lives pelo Instagram @leobrancher
(as Lives estão permanecendo gravadas )

SEGUNDA 13 Práticas Restaurativas em Situações de Tragédias – Aprendizado do Vale do Taquari em 2023

TERÇA 14 Superação de Traumas e Justiça Restaurativa – No limiar entre os Círculos de Paz e a Psicologia

QUARTA 15 Círculo de Integração de Esquipes, de Tomadas de Decisão, de Acolhimento e Superação, e de Construção de Comunidade – Reflexões sobre Roteiro

QUINTA 16 Como reparar o irreparável? Reflexões com a Kay Pranis sobre Justiça Restaurativa, Desastres, Comunidade e Meio Ambiente. (*) este será pelo Zoom e postado no You Tube.

SEXTA 17 Planos Emergenciais para a JR e Abrigos de Desalojados e Comunidades Escolares

APRESENTAÇÃO LEOBERTO BRANCHER

Movimento da Justiça Restaurativa na ajuda ao Rio Grande do Sul
VEJA como ajudar com PIX
https://londrinapazeando.org.br/movimento-da-justica-restaurativa-na-ajuda-ao-rio-grande-do-sul/

Criada a Governança da Justiça Restaurativa de Londrina

A primeira reunião de trabalho do grupo foi no dia 22 de setembro 2023 na sede da Secretaria Municipal de Educação de Londrina na Rua Humaitá, 900

O consultor do SEBRAE Heverson Feliciano apresentou o que é uma governança, qual o seu papel, quem são os atores que podem e devem integrar o processo, e trouxe a informação de como já funcionam as 11 governanças da cidade de Londrina, e ainda nos ajudou a constituir um grupo de trabalho, para realizarmos o nosso primeiro Planejamento Estratégico, sendo nosso consultor e coordenador do Plano.

[x] Ecossistema de Inovação de Londrina agora é Estação 43.
O Estação 43 é formado por 11 Governanças setoriais, de agronegócio, audiovisual, construção civil, eletrometalmecânico, instituições de ensino superior, químico e materiais, saúde, TIC, turismo e de Cidades Inteligentes. (VEJA Blog Prefeitura)
VEJA vídeo do Lançamento da Estação 43 https://www.youtube.com/watch?v=9btnku52S-g

.

O Planejamento Estratégico, realizado pela SEBRAE, terminou em 12 de abril de 2024 na sede do SEBRAE de Londrina.

Visão de Futuro
“Ser a cidade brasileira mais impactada pelas relações justas, pacíficas e solidárias, construídas a partir do entendimento e vivência da Justiça Restaurativa.”

Missão
“Criar e estimular as práticas restaurativas.”

Objetivos Estratégicos:
1- Ter uma estrutura e um sistema de gestão com processo desenhado e indicadores de resultados;
2- Propor o tema da Justiça Restaurativa como disciplina e/ou temática para extensão curricular nas comunidades do município;
3- Desenvolver metodologias replicáveis e/ou escaláveis do tema Justiça Restaurativa para aplicação diferentes ambientes, secretariais com aplicação de tecnologias;
4- Fomentar a aplicação das metodologias da justiça restaurativa em toda rede de Educação formal do município;
5-Articular apoio político e legal, em âmbito Municipal e Estadual, para manutenção e ampliação da aplicação da justiça restaurativa.

Ações Priorizadas
1- Convidar candidatos a Prefeito para apresentar governança JR;
1.1. Reunião com candidatos a prefeito para divulgar as práticas existentes e necessidade de ampliá-las;
2- Definir as regras básicas para a Governança;
3- Criar site da GOV.JR;
3.1. Criar drive governança;
4.  Realizar mapeamento de práticas restaurativas;
5.  Curso de formação de facilitadores;
6.  Elaborar cartilha sobre JR;
7.  Apresentar a governança JR ao Núcleo Estadual de Educação;
8.  Criação de um grupo de profissionais (núcleo?) (ong?) (empresa?) capacitados    para práticas restaurativas;
9.  Apresentar a Governança JR na CML.

A Primeira Reunião da Governança

Em 26 de abril fizemos a primeira reunião da Governança da Justiça Restaurativa de Londrina, discutimos o modelo de acordo de convivência,  trazido de outras Governanças da cidade e adaptado aos nossos objetivos. O acordo de convivência da governança da Justiça Restaurativa de Londrina, foi enviado para todos e previamente lido antes da reunião. Ainda estamos nos detalhes, mas já deixamos aprovado a Coordenação Executiva e suas atribuições, e elegemos a primeira Coordenação Executiva Gestão 2 anos de abril 2024 até abril 2026

Presidente: Luis Cláudio Galhardi,
Vice-presidente: Carla Cordeiro,
1a Secretária: Cláudia Bilachi
2a Secretária: Gabriela Zonta;

Presentes a Reunião:
Luis Cláudio Galhardi,
Cláudia Bilachi,
Maria Aparecida Pereira,
Soldado PM Gabriela Zonta,
Melissa Arantes Pereira,
Carolina Ramos Sodré,
Eduardo Nagib Matni.
Carla Cordeiro (justificou e aceitou ser vice-presidente)

Outras publicações sobre a Governança da Justiça Restaurativa

[x] 22/setembro/2023 – Primeira Notícia sobre o Planejamento com vídeo do primeiro encontro
https://londrinapazeando.org.br/governanca-da-justica-restaurativa-de-londrina-2023/

[x] 11/novembro/2023 – Segunda Notícia Mapeamento dos convidados para colaborarem no Planejamento Estratégico e definição de um calendário de reuniões
https://londrinapazeando.org.br/planejamento-da-governanca-da-justica-restaurativa-em-londrina/

[x] 08/abril/2021 – Na Elaboração da Carteira Final de Projetos Estratégicos, do MasterPlan de Londrina, somos entre os 79 listados, o Projeto 49: Londrina Cidade Educadora para a Cultura de Paz
https://londrinapazeando.org.br/macroplan-faz-oficina-de-trabalho-com-compaz/

Você sabia que o Museu de Arte de Londrina vai completar 31 anos de inauguração?

Venha participar conosco do ABRAÇO em comemoração a essa trajetória!

  • 1° Abraço pela Paz do Museu de Arte
  • Data: 13 de maio de 2024, das 10h às 11h
  • Local: Museu de Arte de Londrina, Rua Sergipe, nº 640

O Abraço no Museu de Arte integra as atividades da 22ª Semana Nacional de Museus e conta com o apoio do Conselho Municipal de Cultura de Paz e do Movimento pela Paz e Não-Violência “Londrina Pazeando”; do Museu Histórico de Londrina Padre Carlos Weiss e do Núcleo de Documentação e Pesquisa Histórica, ambos ligados à UEL, do Sesc Londrina Cadeião e do Museu da Sociedade Rural do Paraná.

Foto do cartaz: Luciano Pascoal
#museudeartedelondrina
#abraçonomuseu
#22semananacionaldemuseus
#secretariadecultura

FOTOS DO EVENTO
https://www.flickr.com/photos/luis_pazeando/albums/72177720316997500/with/53724375850

VEJA BLOG DA PREFEITURA: https://blog.londrina.pr.gov.br/?p=176821

Secretaria de Cultura realiza Abraço da Paz no Museu de Arte na segunda-feira (13)
O evento comemora a trajetória de 31 anos do Museu e integra a 22ª Semana Nacional dos Museus

Foto: Emerson Dias/NCom

.

Londrina e a 3° Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência 2024

2024 Site oficial da 3° Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência
www.theworldmarch.org/

[2009 – 2019] Site oficial história da Marcha Mundial da Paz
www.marchamundial.org/

2019 Site da Marcha Mundial Publica os Trabalhos de Cultura de Paz de Londrina
www.theworldmarch.org/londrina-educa-para-paz/  (SITE ESPANHOL)

2019 2° Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência passa por Londrina – Programação
www.londrinapazeando.org.br/2-marcha-mundial-pela-paz-e-nao-violencia/

2021 Marcha Latino-Americana pela Não-Violência
www.londrinapazeando.org.br/marcha-latino-americana-pela-nao-violencia-2021/

2024 – Londrina e a 3° Marcha Latino-Americana pela Não-Violência
www.londrinapazeando.org.br/2024-londrina-e-a-3marcha-mundial-pela-paz-e-nao-violencia/ 

Programação da 3° Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência em Londrina
Conexão Londrina com a 3° Marcha 2024

16° Abraço no Lago pela Paz
– DATA: 22 SETEMBRO 2024
– HORA: 9 horas
– LOCAL: Lago Igapó (terá transmissão ao Vivo para quem é de fora de Londrina)
– VEJA no site
www.londrinapazeando.org.br/abraco-no-lago/

11º Manifesto Pela Paz e Pelo Desarmamento Infantil
– DATA: 10 OUTUBRO 2024
– HORA: 9 às 11 horas
– LOCAL: no calçadão – Av. Paraná, 340 na Praça Gabriel Martins em frente ao Móveis Brasília
– VEJA no site
www.londrinapazeando.org.br/na-semana-da-crianca-em-2024-tem-destruicao-de-armas-de-brinquedos/

* * EVENTOS EM NOVEMBRO 2024


7° Semana Municipal da Justiça Restaurativa
Dentro da Semana a Entrega do
12ª Selo Arma não é Brinquedo aos Lojistas
(Prefeitura e Câmara de Londrina) – VEJA como foi em 2023
www.londrinapazeando.org.br/20-anos-da-lei-arma-nao-e-brinquedo-em-londrina/
De 18 a 22 de novembro 2024 a Semana da JR
www.londrinapazeando.org.br/programacao-da-7-semana-municipal-da-justica-restaurativa-2024/


Participação no Londrina Mais
MAIOR EVENTO DA EDUCAÇAO DE LONDRINA
– DATA: 28, 29 e 30 NOVEMBRO 2024
– HORA: (dia todo – em breve horário preciso)
– LOCAL: Parque de Exposição Nei Braga de Londrina
– VEJA como foi ano passado
www.londrinapazeando.org.br/paulo-moratelli-no-londrina-mais-2023/

PARA FAZER ADESÃO DAS ATIVIDADES EM LONDRINA
Ligar e ou passar um WhatsApp para Luis 43.9.9996-1283

ADESÃO AO GRUPO NO BRASIL FALAR COM RICARDO e pedir para entrar no Grupo que está organizando evento no BRASIL e que tem participado das REUNIÕES NO MUNDO
WhatsApp 21.9.8819-7490
FICHA DE ADESÃO
https://docs.google.com/forms/d/1i4IN-JWdzDZ9PwBUJvJXjVCFXzAdBUKsE6Y-gV5GE1U/viewform?edit_requested=true
.
.
BLOG COM NOTICIAS REGIONAIS (em construção)
https://3mmbr.blogspot.com/p/links-uteis.html

.

VEJA LONDRINENSES SE MANIFESTANDO ALBUM NO FLICKR
https://www.flickr.com/photos/luis_pazeando/albums/72177720315144839/

.
IMPRIMA SEU CARTAZ E MANIFESTE-SE (CARTANHO EM PDF)

.
Manifesto da 3ª Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência

Quatorze anos depois da Primeira Marcha Mundial pela Paz e pela Não-Violência, as razões pelas quais nos motivaram, longe de serem reduzidas, foram fortalecidas. Hoje, a 3ª Marcha Mundial pela Paz e a não-violência é mais necessária do que nunca.

Vivemos em um mundo em que a desumanização está a crescer, onde nem sequer as Nações Unidas já são mais referência na resolução de conflitos internacionais. Um mundo que sangra em dezenas de guerras, onde o choque de “placas geopolíticas” entre as potências dominantes e emergentes estão a afetar primeiro as populações civis.

Com milhões de migrantes, refugiados e pessoas ambientalmente deslocadas a serem empurrados para desafiar fronteiras cheias de injustiça e morte. Onde eles tentam justificar guerras e massacres devido a disputas por recursos cada vez mais escassos.

Um mundo em que a concentração do poder econômico em poucas mãos anula, mesmo nos países desenvolvidos, qualquer expectativa de uma sociedade de bem-estar. Em suma, um mundo em que a justificação da violência, em nome da “segurança”, fez aumentar o número de guerras em proporções incontroláveis.

Por tudo isto os participantes da 3ª Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência “nós, os povos deste planeta”, queremos levantar um grande clamor global para:

Apelarmos aos nossos governos para que assinem o Tratado sobre a Proibição de Armas Nucleares, eliminando assim a possibilidade de catástrofe planetária e libertando recursos para resolver necessidades básicas da humanidade.

Solicitar a refundação das Nações Unidas, dando participação à sociedade civil, democratizar o Conselho de Segurança para transformá-lo num Conselho autêntico de Paz Mundial. e a criação de um Conselho de Segurança Ambiental e Econômica, que reforcem as cinco prioridades: alimentação, água, saúde, meio ambiente e educação.

Solicitar a incorporação da Carta da Terra na “Agenda Internacional” dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), para enfrentar eficazmente as alterações climáticas e outras frentes de insustentabilidade ambiental.

Promover a Não-Violência Ativa em todas as áreas, especialmente na área da educação, para que esta se torne a verdadeira força transformadora do mundo, para passar da cultura da imposição, violência e guerra para uma cultura de paz, diálogo, colaboração e solidariedade em cada localidade, país e região em uma perspectiva global.

Reivindicar o direito à objeção de consciência para não colaborar com qualquer forma de violência.

Incentivar em todos os espaços as declarações de um compromisso ético, no qual se assuma publicamente nunca usar o conhecimento recebido ou os aprendizados futuros para oprimir, explorar, discriminar ou prejudicar outros seres humanos, mas sim para usá-los para sua libertação.

Projetar um futuro onde a vida de cada ser humano tenha sentido em harmonia consigo mesmo, com outros seres humanos e com a natureza, em um mundo sem guerras e sem violência para finalmente deixar a pré-história.

“Estamos no final de um período histórico sombrio e nada será como antes. Pouco a pouco o amanhecer de um novo dia logo começará a nascer; as culturas começarão a compreender-se;

Os povos experimentarão um desejo crescente de progresso para todos, compreendendo que o progresso de alguns termina no progresso de ninguém. Sim, haverá paz e por necessidade se compreenderá que uma nação humana universal está começando a emergir.

Enquanto isso, aqueles de nós que não são ouvidos trabalharão a partir de hoje em todas as partes do mundo para pressionar aqueles que decidem, para divulgar os ideais de paz baseados na metodologia de não-violência, para preparar o caminho para novos tempos”.

Silo (2004)

PORQUE ALGO DEVE SER FEITO!!!

Comprometo-me a apoiar da melhor maneira possível e de maneira voluntária a 3ª Marcha Mundial pela Paz e Não-Violência que deixará a Costa Rica em 2 de outubro de 2024 e depois de circundar o planeta também terminará em San José da Costa Rica no dia 4 janeiro de 2025, buscando visibilizar e empoderar esses movimentos, comunidades e organizações, numa convergência global de esforços em prol destes objetivos.

Eu assino: Londrina Pazeando (em Londrina)