CEEBJA Professor Manoel Machado
Endereço: Rua Maria da Glória Barroso Casarin, nº 100
Bairro: Jardim Del Rey  CEP: 86045 130  fone: (43) 3315 7676                 
Nome do Diretora: Ivoneide Aparecida Parra
E-Mail: ldaceebjamanoelmachado@seed.pr.gov.br

Professor coordenador dos trabalhos
Anisia Vieira de Oliveira
Fone WhatsApp: (43)98829 1828  E-Mail: anisiaoliveira@seed.pr.gov.br

Membros da comissão julgadora
Maria de Lourdes Susigam Souza disciplina : ag. educacional ii
Fone WhatsApp  (43) 999924563 E-Mail: lourdessusigan@seed.pr.gov.br
Eliana Sermidi de Freitas disciplina: pedagoga
Fone WhatsApp (43) 991128427   E-Mail: elianageo@seed.pr.gov.br
Tania Regina Alves Sanchez    disciplina: fase i
Fone WhatsApp: (43) 991022135 E-Mail: tralves@seed.pr.gov.br
                                                                 

PEL II Desenho Equipe

Ronan Romeiro Vidigal Idade: 30 ano Série: EJA – Ensino Fundamental
Rogério Oliveira da Silva Idade: 26 anos Série: EJA – Ensino Fundamental
Fernando da Costa Pacheco Idade: 30 anos  Série: EJA – Ensino Fundamental
Sérgio Carlos dos Santos Idade: 50 anos  Série: EJA – Ensino Fundamental

Professor orientador Anisia Vieira de Oliveira
Fone WhatsApp: (43)98829 1828  E-Mail: anisiaoliveira@seed.pr.gov.br

PEL I Desenho Equipe

Adelson Francisco Idade: 62anos  Série: EJA – Ensino Fundamental
Vagner Rosa de Lima Idade: 34 anos    Série: EJA – Ensino Fundamental
Fabiano Paulino da Silva  Idade: 31 anos  Série: EJA – Ensino Fundamental
Erasmo Zambrin Idade: 33 anos  Série: EJA – Ensino Fundamental

Professor orientador Anisia Vieira de Oliveira
Fone WhatsApp: (43)98829 1828  E-Mail: anisiaoliveira@seed.pr.gov.br

Texto Equipe

Welington Freitas da Silva Idade:  31 anos Série: EJA – Ensino Fundamental
Adidir Nunes Pereira Idade: 60 anos  Série: EJA – Ensino Fundamental
Maikon Severiano Idade:  27 anos    Série: EJA – Ensino Fundamental
Roger Fernando Ribeiro de Lima Idade:  28 anos  Série: EJA – Ensino Fundamental

Professor orientador: Anisia Vieira de Oliveira
Fone WhatsApp: (43)98829 1828  E-Mail: anisiaoliveira@seed.pr.gov.br

Pazeando

Pazeando fala da globalização social em busca da paz, harmonia e das práticas restaurativas. Com base na justiça e proposta para trazer paz entre as comunidades escolares, com amor, solidariedade e respeito às diferenças, sejam elas quais forem. Igualdade social, alegria e esperança para jovens e crianças, e para todos aqueles que contribuem com a educação do nosso país e do mundo. Uma reconstrução através do carinho e da liberdade em promover ações para construir um mundo contrário à violência: social, racial, espiritual, sexual, moral e tantas outras. 
Com foco nos objetivos do desenvolvimento sustentável construiremos um mundo com mais aceitação às diferenças e culturas. Iremos nos tornar cidadãos pacifistas ajudando a estabelecer a paz e a harmonia em nossas comunidades e dentro das nossas escolas. Vamos pazear. Juntos buscaremos propostas para educarmos ainda mais os nossos alunos da rede pública e particular do município e estado.
Não devemos fechar os olhos diante das consequências sofridas. Há mortes e tragédias acontecendo neste exato momento por conta das diferenças e do preconceito, pela falta de ensinarmos com mais amor, integração e diálogo. Vamos em busca de igualdade social, pelo estudo ético que envolve o direito de ir e vir de todo cidadão, o direto de escolha e aceitação pelo que somos e o que as outras pessoas são.
Professores, pais, alunos e toda comunidade, vamos de mãos dadas e com responsabilidade ensinar a prática do respeito entre os povos e nações. Propostas como: lutar pelas causas justas e de direito, mais merendas, mais alunos nas escolas, mais jovens praticando esportes e cada vez menos crianças passando fome, desnutridas e menos jovens na criminalidade, enfim melhor qualidade de vida.
Diante disso, vamos pazear para que a arma em nossas mãos seja uma educação de qualidade e um planeta sustentável para restaurar a prática da harmonia e da paz. Vamos nos socializar, acreditar na força do diálogo. Quem se fecha ao diálogo luta contra seus próprios sentimentos. Temos o poder de mudarmos o mundo. É possível pensarmos em muitas soluções para definirmos o futuro. Devemos repensar. O problema pede mudanças. A vida pede respeito e o fim da violência. A vida pede por mais educação, integridade moral dos direitos humanos, desenvolvimento social, respeito e igualdade à diversidade entre homens e mulheres, mais liberdade de expressão. Vamos lutar contra o preconceito e buscar o respeito entre todos, a começar pela administração pública priorizando a construção de escolas e não de presídios. Solte sua voz! Busque a paz e a harmonia.