Pensamos na criação de uma Rede, informal, ou seja, que não precisasse de eleição, de pré-conferencias, de conferencias municipais, de posse de seus membros com publicações em diários municipal, ou seja sem burocracias para participar, como as Redes são, e ainda, que pudesse se relacionar com o COMPAZ Conselho Municipal de Cultura de Paz, sugerindo ações, participando de ações do conselho, subsidiando com ideias e experiências e principalmente compartilhando suas atividades em RedeÉ importante ressaltar que a formalidade do COMPAZ, ritos, tramites, oficialidade é também muito importante no processo de Construção de uma Cultura de Paz, e a Rede vem para SOMAR com o Conselho.